quinta-feira, 26 de maio de 2016

MIT criou robot origami para engolir

O robot poderá servir para tratar ferimentos internos ou resgatar objetos engolidos por descuido. O aparelho é feito com intestino de porco e controlado com ímanes.

tek robot

Uma equipa de investigadores do MIT desenvolveu um robot origami que pode ser ingerido. O objetivo desta criação é tornar mais eficientes e menos invasivos os procedimentos necessários para tratar feridas internas ou remover objetos acidentalmente engolidos por pacientes.

O protótipo desenvolvido foi construído com intestino seco de porco e ímanes que podem ser controlados à distância através da influência dos seus campos magnéticos.

Tanto o tamanho quanto a flexibilidade do robot, permitem que a sua ingestão seja feita tal qual um comprimido. No vídeo disponibilizado pelo MIT, é possível assistir a um teste num sistema digestivo artificial onde o aparelho entra no corpo humano dentro de uma cápsula de gelo que acaba por se dissolver no estômago, onde liberta o robot.

Daniela Rus, diretora do laboratório de Inteligência artificial do MIT, vê um futuro promissor para esta tecnologia mas reconhece que há alterações essenciais a fazer para que o robot funcione na plenitude dentro do corpo humano. "É realmente difícil controlar e colocar um robot dentro do corpo humano se o robot estiver ligado a algum tipo de corrente [magnética, neste caso]".

Sem comentários:

Enviar um comentário