terça-feira, 23 de maio de 2017

O melhor upgrade para um computador? Uma Drive SSD

Se há vantagem que um computador ainda tem é a possibilidade de fazer upgrade ao seu hardware. Isto aplica-se não só a computadores de secretária mas também a portáteis, embora essa seja uma possibilidade cada vez mais restrita, mas ainda assim continua a ser possível trocar de disco rígido.

Um upgrade é, geralmente, motivado por alguma lentidão no desempenho do computador e há várias vertentes que podem ser melhoradas. Se ainda tiver um disco mecânico, então esse é o primeiro ponto a melhorar.



Motherboard, processador, memória, placa gráfica e disco rígido constituem o hardware base que pode ser atualizado periodicamente num computador, evitando que fique obsoleto. Se ainda tem o sistema operativo a correr num disco mecânico, então está mais que na altura de fazer valer as vantagens de uma Drive SSD: tempos de acesso muito baixos e grandes velocidades de leitura e escrita.

É claro que num computador portátil tem muitas mais restrições, onde geralmente pode apenas mudar (ou adicionar) memória RAM, trocar de disco e de placa de rede.

Uma Drive SSD está atualmente a um preço muito interessante face aos discos mecânicos típicos, embora o preço por Gigabyte continue a ser mais elevado. A opção ideal continua a ser a utilização da Drive SSD unicamente para o sistema operativo e aplicações mais pesadas, e o disco mecânico para armazenamento de dados. Dessa forma conseguirá arrancar o sistema em cerca de 15 segundos, abrir as aplicações quase instanteneamente e evitar assim todos os transtornos dos discos mecânicos.


KingDian, uma opção económica e robusta


Há muitas opções no mercado para Drives SSD e a KingDian é uma opção muito económica a ter em conta. Tem no seu portefólio diversos tipos de Drives, entre SSD e M.2, e também alguns acessórios.


Quanto às Drives KingDian, existem 3 gamas, S180, S400 e S280, onde a última é a mais rápida, conseguindo velocidades na ordem dos 560 MB/s em leitura e 380 MB/s em escrita.

A interface é SATA 3.1 (retrocompatível com SATA 1 e 2, suportam SMART, EEC BCH 66-bits / 1KB, têm uma retenção de dados de 10 anos e uma MTBF (tempo médio entre falhas) de 1 500 000 horas, algo como 171 anos.

A estrutura física das Drives SSD 2,5″ é em alumínio.

Data: 23/05/2017
Fonte: https://pplware.sapo.pt/gadgets/hardware/o-melhor-upgrade-para-um-computador-uma-drive-ssd/

Sem comentários:

Enviar um comentário