Pesquisar aqui

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Algoritmos de ordenação - o que são e quando usá-los

    Algoritmos de ordenação muitas vezes já vêm incorporados com a maioria das linguagens. No entanto, mesmo já os tendo acessíveis, é saber útil diversas técnicas de ordenação, não só para poder usar sempre que for preciso mas também porque a ferramenta de ordenação genérica fornecida pela linguagem para não ser a melhor para algum caso específico.
    Ora, o que é então um algoritmo de ordenação? Bem, como o nome indica, perante um conjunto de dados aleatórios, não necessariamente numéricos, um algoritmo deste género altera a ordem em que eles se encontram de forma a corresponder a um certo critério por nós fornecido (para números pode ser crescente/decrescente; para palavras pode ser alfabético;...). Para fazer isto, existem diversos métodos de ordenação, cada um especializado numa tarefa em particular. Portanto, saber só um algoritmo de ordenação não chegam, convém saber vários e as situações em que cada um é melhor. Características destas dão versatilidade a um programador. Os principais algoritmos de ordenação são: Insertion sort, Selection sort, Bubble sort, Comb sort, Quick sort, Merge sort, Heap sort e Shell sort, sendo que os primeiros dois são os mais simples e os mais utilizados.
    Para uma explicação detalhada dos algoritmos, e quais as situações em que cada um se especializa, encontra-se aqui o site consultado para a escrita desta entrada:  



Consultei os seguintes sites:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comente de forma construtiva...