Pesquisar aqui

sábado, 11 de janeiro de 2020

AirPods Pro vs AirPods 2 (PARTE 2)

Hoje falarei dos tópicos a baixo:

Bateria:

Quanto à bateria, os vencedores são os AirPods 2, porém por uma diferença mínima.
Enquanto os AirPods 2 têm uma autonomia de 5 horas acrescentada de 19 horas proporcionadas pela caixa de carregamento, os AirPods Pro têm uma autonomia de 4,5 horas acrescentada de 19 horas proporcionadas pela caixa de carregamento. Ambos ao ficarem 5 minutos dentro da caixa passam a ter uma autonomia até cerca de 1 hora.


Design e encaixe do fone:

Teoricamente, os AirPods 2 são fones que encaixam em qualquer orelha graças ao que eles chamam de universal fit, embora isto nem sempre acontece. Os AirPods Pro permitem uma certa customização neste aspeto, sendo que a caixa traz em anexo 3 tamanhos diferentes das borrachas de silicone para o fone e a Apple disponibiliza um teste que ajuda o comprador a perceber qual usar. Para além de ter incorporado um sistema de equalização da pressão através do sistema de entrada e saída de ar que retira até certa parte a sensação de o fone estar bastante justo na orelha.




Conetividade: 

No que concerne à conetividade, tanto os AirPods Pro como os AirPods 2 tem introduzidos um processador Apple H1 e Bluetooth 5.0, o que permite que haja um emparelhamento rapidíssimo.




Em breve, falarei dos últimos tópicos.

Dactyl, o robô que consegue resolver um Rubik's Cube com uma mão

Chegou o nosso novo rei!

Image result for dactyl robot


A OpenAI divulgou imagens de uma mão robótica que pode resolver um Rubi's Cube. A organização, fundada por Elon Musk em 2015 para "colaborar livremente" com outros pesquisadores, publicando todas as suas patentes e outras obras, decidiu construir este robô, chamado Dactyl, porque os criadores acreditam que treinando uma mão robótica para fazer algo tão complicado é um passo para alcançar robôs de uso geral (como um cyborg, por exemplo).

Um dos grandes desafios da robótica é ensinar as máquinas a agarrar e segurar objetos, sem falar em completar tarefas complicadas, como manobrar um Rubik's Cube com uma mão. A manipulação com as mãos é frequentemente considerada uma das fronteiras finais para a introdução de robôs em ambientes domésticos ou médicos devido ao alto nível de destreza necessário para mover os dígitos individuais de uma mão robótica.


No entanto, esse desafio foi exatamente o que a OpenAI procurava concluir. Usando o que os pesquisadores disseram "0 automática de domínio", eles poderão criar infinitos ambientes. Cada um cada vez mais desafiador para o robô. Esse tipo de treino permite que os pesquisadores treinem o robô em simulação, enquanto encontram sucesso no mundo físico. Afinal, fatores como atrito, elasticidade e dinâmica são difíceis de modelar com precisão.

Razer Blackwidow Elite

Razer Blackwidow Elite

É um teclado mecânico gaming da marca Razer, reconhecida por construir dispositivos para gamers, neste caso possui teclas mecânicas da mesma marca. Além disso, cada tecla dispõe de iluminação própria, pelo que é possível realizar combinações de 16.8 milhões de cores. 
Este teclado destaca-se pela durabilidade, com uma vida útil que aguenta 80 milhões de cliques. Também com teclas que são totalmente programáveis, para além de dispor de um botão capaz de gravar macros. Dispõe ainda de 10 tecla de clique simultâneo (anti-ghosting).
Em relação ao design, tem materiais de qualidade, juntamente con o cabo de conexão USB coberto con pele, que o faz resistente a dobras.
É sem dúvida alguma, um dos melhores teclados de gaming qualidade preço que podes encontrar.

iOS 6 - v.6.0.2


iOS 6.0.2


  Esta versão do iOS 6 foi diferente das outras pois esta esteve exclusivamente disponível para dois dispositivos que foram o iPhone 5 e o iPad Mini, sendo lançada no dia 18 de dezembro de 2012.
  O que veio com esta atualização foi a  correção de um problema que podia afetar o Wi-Fi.


sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

Hiro-chan, o robô sem rosto


Resultado de imagem para hiro-chan robot

Este robô é Hiro-chan. É fabricado pela Vstone, uma empresa japonesa de robótica conhecida por produzir uma variedade de kits e peças de robótica educacional e de entretenimento. Hiro-chan não é o que chamaríamos um robô normal, pois não tem um rosto. Vstone chama Hiro-chan de "dispositivo de comunicação curativo" e, embora todo o aspecto sem rosto seja definitivamente estranho, há uma razão para isso.

A existência inteira de Hiro-chan parece se basear na transição de triste para feliz em resposta a abraços. Se deixada em paz, o humor de Hiro-chan piorará gradualmente e começará a chorar. Se você pegá-la e abraçá-la, um acelerômetro detectará o movimento e o humor de Hiro-chan que melhorara até começar a rir. Essa é a extensão da interação, mas você ficará feliz em saber que o robô tem acesso a mais de 100 variações de expressões coletadas de bebês reais para garantir que as mudanças de humor sejam fluidas e sem problemas.

De acordo com o blog japonês RobotStart, o público-alvo para Hiro-chan é o idoso, embora seja bastante simples em operação que praticamente qualquer pessoa possa escolher um e descobrir o que deve fazer com ele. O objetivo final é o "efeito de cura" (um sentimento de realização, eu acho?) Que você obteria ao fazer o robô se sentir melhor.

Vstone espera que Hiro-chan possa ser útil com idosos em casas de repouso.
Então, por que o robô não tem rosto? Como a funcionalidade do robô depende de você passar do triste para o feliz, Vstone diz que dar uma cara ao robô (e uma expressão fixa) tornaria isso muito menos convincente e emocionalmente gratificante - o robô teria a expressão "errada" metade do tempo. Em vez disso, o utilizador pode ouvir as dicas de áudio de Hiro-chan e imaginar um rosto. Ou não. De qualquer maneira, o efeito Uncanny Valley é evitado (que eu já falei noutra noticia). Fofo ou assustador, qualquer seja a tua reação, este robô é interessante e demonstra o que uma simples tecnologia pode fazer.

AirPods Pro vs AirPods 2


Uma imagem com parede, interior

Descrição gerada automaticamente


Hoje vou fazer uma comparação sobre estes dois fabulosos fones de ouvido wireless da marca da maçã. Os AirPods Pro foram lançados depois dos AirPods 2º geração, a estes, para evitar confusões, irei apenas tratá-los por AirPods 2. Com esta comparação espero que vos consiga ajudar a decidir qual deles é o mais adequado de acordo com os vossos gostos. Para isso, irei falar de cada um, relativamente aos diferentes tópicos:


- Cancelamento do ruído
- Bateria
- Design e encaixe do fone
- Conectividade
- Controlos e gestos
- Qualidade Sonora
- Preço


Cancelamento de ruído:

Relativamente ao cancelamento ativo e passivo do ruído, os pontos vão todos para os AirPods Pro. No que concerne ao cancelamento ativo do ruído, os AirPods Pro têm esta tecnologia, que permite através de microfones exteriores ao fone, monitorizar o barulho ambiente (como por exemplo: o barulho que o autocarro faz, ventiladores, motores, etc.) e criar uma espécie de sistema antirruídos a partir de ondas sonoras criadas pelo próprio aparelho. Essas ondas agem como espelhos das ondas sonoras externas e cancelam-nas. No que diz respeito ao cancelamento passivo do ruído, os AirPods Pro têm um design que permite cancelar melhor o ruído que nos AirPods 2 e disponibilizam um modo de transparência (modo que através dos microfones exteriores, permite que a pessoa continue a ouvir a sua música e ao mesmo tempo ouvir o exterior, funciona com o objetivo de permitir ouvir alguém sem parar a música).

Em breve, falarei dos outros tópicos.

Melhor smart home tech CES 2019 (parte 3)

Esta é a continuação dos produtos de samrt home presentes na CES 2019 que mais agradaram o público, por serem mais inovadores, interessantes, úteis, etc,...


DEEBOT Ozmo 960:

Este aspirador robô é considerado pelos especialistas o futuro dos robôs de limpeza. Pois, para além das funções normais de um robô que aspira, como a criação de um mapa da casa através de um sensor de infra-vermelhos, este robô possui também uma câmara que utiliza a tecnologia AIVI (Artificial intelligence and visual interpretation), que permite ao dispositivo deter objetos demasiado pequenos para os sensores de infra-vermelhos e demasiado leves para o sensor de colisão, impedindo que este não só esbarre contra cabos, meias ou dejetos de animais, como também nos os transporte de empurrão pela casa. Retirando assim a necessidade de uma arrumação antes da utilização do robô. Isto é algo extremamente inovador e promissor nesta indústria. É também de ressaltar que o robô possui uma aplicação para samrtphone que permiti definir as nossas preferências, e até colocar zonas na nossa casa para as quais este não pode ir. Muito útil, quem me dera poder oferecer um à minha mãe. 




Smart hubs:

Estou a referir-me à generalidade dos smart hubs, porque nesta edição do CES foi quando os mesmos tiveram o seu pico de popularidade. Estes aparelhos desenhados para serem os conectores de todos os dispositivos inteligentes de uma casa estão cada vez mais úteis e completos. Os destaques vão para o Amazon Echo, Google Home e Samsung smartThings. Existe também a possibilidade de uso, de um híbrido (um aparelho que não seja um smart hub, mas que consiga minimamente ser utilizado como tal), exemplo disso é a Apple Tv.


imagens:

  • URL1
  • URL2
  • consultadas no dia 02/01/2020


fontes:

C++ - Break/Continue

No C++, existe o break e o continue.

São palavras-chave (keywords) usadas para manipular os loops (while e for).

Break
O break para e termina o loop completamente.

int i = 0;

while(true){
    if(i == 20){
        break;
    }
    i++;
}

O loop supostamente é infinito, dado que a condição "true" é sempre verdadeira.
Porém apenas acontece 20 vezes, dado que temos um i sendo incrementado a cada ciclo e ao fim de 20 temos um break que termina o loop.



Continue
O continue ignora o resto do código do ciclo, passando para o próximo.

for(int i = 0; i < 12; i++){
    cout << "Hey" << endl;
    continue;
    cout << "Man" << endl;
}

Como temos um continue, em vez de em cada ciclo ser feito o print de "Hey", e "Man", apenas é feito o print de "Hey", e "Man", como está depois do continue, é ignorado.


Programa exemplo
int main()
{
    for(int i = 0; i < 10; i++){
        cout << i << endl;
        
        if(i <= 4){
            continue;
        }
        
        if(i > 5){
            break;
        }
        
        i++;
    }
}
  1. Faz-se print do i.
  2. Enquanto i for menor ou igual a 4, ignora-se o resto do código do ciclo (continue).
  3. Quando i for maior que 5, o loop termina.
  4. Adiciona-se mais 1 a i.

Output:
0
1
2
3
4
5
7


Referências - 3/12/2019


Python - Função 'Range'

NESTA PUBLICAÇÃO IREI FALAR COM DETALHE UMA DAS FUNÇÕES MAIS USADAS E ÚTEIS EM PYTHON, A FUNÇÃO RANGE.


A função range gera meio que uma sequência de números inteiros sequenciais, e pode ser escrita de três maneiras diferentes:
  • range(n) - valores inteiros de 0 até n-1 inclusive:
Nota: o número final que colocamos entre parêntesis nunca será o último número da função que irá apenas até n-1, assim normalmente temos de colocar o valor final como n+1 para obtermos o valor n pretendido, como por exemplo:

>>> range(5)
[0, 1, 2, 3, 4]
  • range(i, n) - valores inteiros de i até n-1 inclusive; seguindo o exemplo:
>>> range(5, 11)
[5, 6, 7, 8 , 9, 10]
  • range(i, n, d) - valores inteiros de i, i+d, i+2d, i+3d, ..., inferiores a n; por exemplo:

>>> range(0, 20, 4)
[0, 4, 8, 12, 16]


E assim termino esta publicação sobre a função range que nos vai ser bastante útil em vários programas futuros!


Referências:


quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

10 bons programas de edição de fotografia gratuitos

Numa época em que existem programas de computador em abundância, o mundo da edição de fotografia também se insere nessa regra, existindo vários programas, sendo eles pagos ou gratuitos, bons ou maus.
Hoje apresento uma lista com 10 desses programas, que são bons e gratuitos:

1. Adobe Photoshop Express                                                      Fotografia do programa GIMP
2. GIMP
3. Paint.NET
4. Pixlr
5. Pixlr X
6. PhotoScape X
7. Fotor
8. Photos Pos Pro
9. InPixio
10.BeFunky

iOS 6 - v.6.0.1


iOS 6.0.1

  Hoje vou passar para as atualizações do sistema operativo do iOS 6.
  Esta versão do sistema operativo foi lançada no dia 1 de novembro de 2012 e esteve disponível para o iPhone 3GS e posterior, iPod Touch de 4ª geração e posteriores e para o iPad 2 e posteriores. 
  As únicas informações que são dadas é que esta versão incluía correções de bugs.

Filmes 2020

Filmes 2020

Está na altura... a altura em que vamos conhecer os filmes mais promissores que vamos poder assistir este ano.

Para os amantes de super-heróis teremos Black Widow, da Marvel.
James Bond: No Time to Die será um filme que, na minha opinião nos vai surpreender pela positiva, Rami Malek (Freddie Mercury em Bohemian Rhapsody e Elliot em Mr Robot) será o novo vilão desta estreia.
Niki Caro irá representar Mulan no filme "com pessoas" da Disney.
A Marvel não vai ser a única a apresentar-nos um novo filme mas também a DC Comics irá ser tópico de conversa com o novo filme Birds of Prey.
No entanto a DC não se fica só com um mas sim com dois filmes este ano, este denominado... Wonder Woman 1984.
Este ano será um competição Marvel Vs DC, Marvel apresenta-nos mais um título, sendo este Eternals.
Denis Villeneuv, diretor de Arrival, traz nos este ano Dune, um filme de ficção científica.
Onward será o novo filme de animação da Disney para este ano assim como Artemis Fowl.
Will Smith chega-nos com o tão esperado Bad Boys For Life onde Thomas Brag do canal de YouTube "Yes Theory" se estreou no mundo do cinema como empregado de mesa.
Como já seria de esperar a Marvel aparece com um novo filme da trilogia de X-Men, The New Mutants.
Ghostbusters: Afterlife chegará também este ano às salas de cinema.
Para os fãs de Terror, poderão contar este ano com A Quiet Place: Part II.
Sonic, o filme que mais foi criticado e adorado com um simples lançamento de um trailer vai estrear finalmente este ano, esperemos que valha a pena o tempo que esperámos.
Keanu Reeves irá aparecer este ano num cenário de comédia em Bill & Ted Face the Music.
Death on the Nile de Agatha Christie vai ser exibido este ano em cinema, pessoalmente estou curioso por este filme.
Por falar em pessoalmente, sim, eu sei, ainda não publiquei a minha lista de filmes preferidos, mas posso vos dizer quais os filmes pelos quais mais espero que vão estrear este ano.
Primeiramente Fast and Furious 9, o ano passado (2019) vimos Hobbs and Shaw mas este ano a saga continua com o tão adorado Dominic Torretto (Vin Diesel). Questiono-me se a avanço da tecnologia e da inteligência artificial nos vão permitir ver novamente nas salas de cinema o falecido e amado Paul Walker...
Coming 2 America é uma sequela do original Coming to America de 1988 com o fantástico Eddie Murphy no papel de Akeem e Arsenio Hall como o seu fiel mordomo Semmi, se nunca viram o original aconselho vivamente a assistirem a esta obra de arte no mundo da Comédia.
E, por último mas não menos importante, pessoalmente o filme pelo qual espero há já 2 anos e que esperava já ter visto o ano passado pela altura em que estreará este ano (Junho). Este é uma sequela do original de 1986, um filme que mudou modas de vestir, apaixonou rapazes pelos aviões e raparigas pelo amor, esse filme é claro Top Gun, este ano, para minha grande felicidade visto que está no meu Top 2 de filmes favoritos de sempre, vai estrear Top Gun: Maverick. Espero não me desiludir.

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Melhor smart home tech CES 2019 (parte 2)

Esta é a continuação dos produtos de samrt home presentes na CES 2019 que mais agradaram o público, por serem mais inovadores, interessantes, úteis, etc,...

Whirlpool Oven:

Já aqui falei de outro dispositivo da Whirlpool, também de cozinha, o KitchenAid. Neste caso o Oven é, como o nome indica, um forno, porém, é apenas um conceito e não um produto que já esteja disponível no mercado. Este forno ajuda o utilizar a cozinhar os seus alimentos recorrendo a uma tela tátil que está incorporada no vidro do forno, este utiliza também realidade aumentada para o utilizador entender melhor as suas indicações. Um dispositivo que mostra o que o futuro nos reserva. Que grande futuro.

TP-Link light strips:

Esta fita de leds possui uma particularidade, que é o facto de ser possível alterar a cor e a luminosidade de secções da fita ao mesmo tempo, ao contrário das fitas comuns, em que é possível apenas alterar a fita inteira. Esta particularidade permiti efetuar efeitos muito interessantes, tendo milhares de possibilidades com as suas cores RGBW (que permiti todas as cores do espetro, incluindo brancos quentes e frios). A fita começa em 2 metros e pode ser estendida até aos 10 metros.




Temi robot:


Este robô, ao contrário do que é habitual, tem intuito prático. Possui Alexa embutida (a assistente virtual da Amazon), sendo basicamente um Amazon Echo com rodas. Possui diversos sensores e câmaras para facilitar a sua navegação, podendo inclusive seguir o utilizador se este o desejar. Para além disso, possui um display tátil, sendo capaz de reproduzir qualquer conteúdo multimédia desejado. Está disponível para compra por 1500€.

imagens:
  • printscreen do vídeo que usei de fonte (7:03)
  • URL2
  • URL3
  • consultadas no dia 02/01/2020

fonte:

C++ - Int e char (ASCII)

Se ainda não tinham reparado, é possível "converter" facilmente uma variável de tipo char para tipo int (nem sempre, vamos ver) e vice-versa.

int number = 52;
char character = number;
Possível e não acontece nenhum erro.

Isto porque os carácteres são também números inteiros, entre 0 e 127.
O C++ usa carácteres ASCII, que são 128 (entre 0 e 127), assim como podemos ver nesta tabela:



Ou seja, o char também vale como um int.
Porém, se dissermos que um char é igual a um número superior a 127, não vai ser nenhum dos carácteres da tabela, podendo tomar a forma de um carácter , o replacement character, que é usado para substituir um carácter desconhecido.

Os menores que 32 (0 - 31) não tomam nenhum valor.


Referências - 5/12/2019

Python - Dicionários (Parte 2)

ESTA É A SEGUNDA PARTE DA PUBLICAÇÃO SOBRE A TERCEIRA VARIÁVEL COMPOSTA QUE ESTOU A ABORDAR EM PYTHON, DICIONÁRIOS! DEVES LER A PARTE 1 ANTES DESTA PUBLICAÇÃO!
Na última publicação falei como criar e adicionar chaves a dicionários, agora irei ensinar alguns comandos que vos podem ser úteis:
  • Clear: este comando é bastante simples e como o nome indica, 'limpa', ou seja, apaga todos os elementos de um dicionário:
  • dic = {"joao" : 941123456, "ze" : 912345678}
    print(dic.clear())
Assim o output seria:

{"joao" : 941123456, "ze" : 912345678}

  • Copy: este comando permite nos copiar os elementos de outro dicionário para outro, e sempre que se atualizar o dicionário 'original', o copiado também é atualizado:
  • dic1 = {"joao" : 941123456, "ze" : 912345678}
    dic2 = dic1.copy()
    print(dic2)
    
Assim, o output do programa seria igual ao apresentado acima no método 'clear'.


  • Get: este método permite-nos procurar o valor associado a uma chave, caso a chave não exista, não dá erro mas o valor apresentado é 'None', ou seja, nenhum:

dic = {"joao" : 941123456, "ze" : 912345678}
print(dic.get(joao))
print(dic.get(bruna))

Assim o output será:


941123456
None

  • Has_key: este comando verifica se uma chave específica se encontra no dicionário, originando um valor booleano True se sim, e False se não:
dic = {"joao" : 941123456, "ze" : 912345678}
print(dic.has_key("joao"))
print(dic.has_key("bruna"))

assim, como joao existe e bruna não, o output será:

True
False

  • Items, keys, values: o comando items, apresenta todos os elementos do dicionário, o comando keys apresenta todas as chaves da lista e o comando values apresenta, como o nome indica, todos os valores do dicionário:
dic = {"joao" : 941123456, "ze" : 912345678}
print(dic.items())
print(dic.keys())
print(dic.values())

cujo output será:


[("joao", 941123456), ("ze", 912345678)]
["joao", "ze"]
[941123456, 912345678]

  • Pop: este método apresenta o valor correspondente a uma certa chave e depois remove essa chave e esse valor  do dicionário:
  • dic = {"joao" : 941123456, "ze" : 912345678}
    print(dic.pop("joao"))
    print(dic)
    
em que o resultado será:

941123456
{'ze': 912345678}


  • Update: este comando atualiza um dicionário com elementos do outro, ou seja, adiciona os elementos que ainda não se encontram no dicionário que se pretende atualizar, se ambos tiverem elementos com a mesma chave, o valor passa a ser o do dicionário que é usado para atualização:
dic1 = {"joao" : 941123456, "ze" : 912345678}
dic2 = {"nyck" : 901234567}
dic1.update(dic2)
print(dic1)

o output será:


{'joao': 941123456, 'ze': 912345678, 'nyck': 901234567}

Assim termina a publicação sobre dicionários no Python, um tipo de de variável muito útil e interessante!


Referências:



terça-feira, 7 de janeiro de 2020

Melhor microfone em auscultadores para os jogadores. 




Ao longo dos anos os famosos auscultadores para gaming foram sendo desenvolvidos para melhorar em diversas características, como o conforto, a qualidade da reprodução do som e a qualidade de gravação de som. 
É claro que existem diversas marcas e produtos que dedicam-se mais numa caraterística ou noutra, mas os auscultadores Logitech Pro X levam a qualidade de microfone para outro nível. 
Com a tecnologia no microfone da BLUE VO!CE tens a possibilidade de utilizar uma vasta seleção de filtros de voz em tempo real para reduzir o ruído, adicionar compressão e eliminar os assobios. Além disso também garante que a tua voz soe mais rica limpa e profissional. Comunica uma voz no jogo exímia e consistente e com a qualidade de estúdio com BLUE VO!CE pelo software de gaming G HUB.

Mais informação no website da Logitech 



2020 Golden Globes

2020 Golden Globes

Bem Vindos a 2020, espero que tenham tido um bom Natal e uma exelente passagem de ano, que tudo vos corra bem neste novo ano e nesta nova década!

E, para começarmos bem mas de forma mais leve vamos falar da 77ª edição dos Golden Globes.

Para Melhor Série Drama de TV ganhou Succession criada por Jesse Armstrong. Estreou em junho de 2018 na HBO e gira em torno da família de Roy dona de umm império de mídia global e que lutam entre si pelo controlo da empresa.

Para Melhor Ator Secundário ganhou Brad Pitt devido à sua presença no filme Once Upon a Time in Hollywood.

Awkwafina ganhou o prémio de Melhor Atriz em Comédia ou Musical no filme Farewell.

Taron Egerton conquistou o Globo de Ouro para Melhor Ator em Comédia ou Musical no filme que conta a história de Elton John, Rocketman (recomendo bastante).

O Globo de Ouro para a Melhor Atriz em filme Dramático foi para Renée Zellweger no filme Judy no papel de Judy Garland.

Como seria de esperar, pelo estrondoso aplauso de 8 minutos que marcou o Venice Film Festival 2019 Joker  voltou a ser palco de aplauso pelo globo entregue a Joaquin Phoenix que interpreta o papel de Joker para o prémio de Melhor Ator em filme Dramático.

O Prémio de Melhor Atriz em Série Dramática foi entregue a Olivia Colman pelo seu papel em The Crown. O de Melhor Ator foi para Brian Cox em Succession.

O filme 1917 ganhou o Globo de Ouro para Melhor Filme Dramático, este filme conta uma história inspirada num acontecimento da Primeira Guerra Mundial na qual dois soldados britânicos terão de atravessar território inimigo para entregar uma mensagem importantíssima.

Once Upon a Time in Hollywood ganhou, como seria de esperar o Globo para Melhor Filme Cómico ou Musical. Este filme conta-nos a história de duas celebridades televisivas que tentam acompanhar o seu crescimento como tal no final da década de 1960.

Joker levou para casa mais um prémio, desta vez o de Melhor Banda Sonora.

Dentro do mesmo tema, a melhor Canção Original foi para (I'm Gonna) Love Me Again de Elton John e Taron Egerton.

O Prémio de Melhor Diretor foi para Sam Mendes devido à sua grande Direção no filme 1917.

O Melhor Filme de Animação foi ganho pelo filme Mr. Link .


O Prémio Cecil B. DeMille é uma distinção honorária dada anualmente pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood na cerimónia anual dos Prémios Globo de Ouro. É atribuído individualmente a quem contribuiu de forma significativa ao longo da sua carreira no mundo do entretenimento. Este ano Tom Hanks foi eleito a receber este prémio que, na minha opinião é bem entregue.

Na próxima publicação ainda na próxima quinta feira irá ser sobre os filmes com os quais podemos contar neste novo ano. Até já!



O que é a inteligência artificial

A inteligência artificial é a capacidade de um mecanismo ou software de avaliar o ambiente à sua volta e agir de modo a ter uma maior chance de sucesso em qualquer acção.
O principal objetivo dos sistemas de IA, é executar funções que, no caso de ser humano a executar, seriam consideradas inteligentes.
A IA, nas mais diversas áreas, realiza apenas tarefas específicas ao contexto em que é aplicada. Cada sistema criado é limitado a um conjunto de atividades de cada finalidade: um bot. (diminutivo de robot) de atendimento vai trabalhar com ofertas de produtos, responder a dúvidas, negociar dívidas mas esse mesmo bot. não vai conseguir jogar xadrez ou guiar um veículo autonomamente, por exemplo, já que não consegue elaborar estratégias funcionais e sim apenas executar comandos com base em alguma análise de dados relativa à sua função

iOS 5 - v.5.1.1


iOS 5.1.1

  Esta versão do sistema saiu no dia 7 de maio de 2012 e esteve disponível para os seguintes dispositivos: iPhone 3GS, iPhone 4, iPhone 4s, iPod Touch de 3ª e 4ª geração e para do iPad de 1ª, 2ª e 3ª geração. 
  Com esta versão do sistema operativo foram feitas as seguintes melhorias: correção de erros que não deixavam que o iPad muda-se de 2G para 3G e vice-versa, correção de erros que afetavam os videos transmitidos por via AirPlay, sincronização entre os favoritos do Safari e da Lista de Leitura, correções ao nível das compras nos serviços da Apple que eram aparecer um aviso a dizer "Não foi possível comprar" quando as compras tinham sido feitas com sucesso.

segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

Melhor smart home tech CES 2019 (parte 1)

Está quase a começar a edição da CES 2020 (07/01/2020 a 10/01/2020), sendo esta talvez a conferência tecnológica mais relevante a nível global, achei interessante fazer uma semana especial apenas dedicada a este evento. Por isso, nos próximos três posts irei mostrar algumas das tecnologias smart home (usam IoT) que os críticos, jornalistas e o público que atendeu ao evento considerou mais interessante.

Nanoleaf Hexagon:

Estes painéis iluminados tornaram-se extremamente populares entre os influenciadores digitais, principalmente os youtubers tecnológicos, sendo comum encontrá-los em vários setups. A sua popularidade não é sem mérito, apesar de não possuírem um uso prático muito grande, estas luzes decorativas são táteis, alterando a cor ou realizando padrões conforme os input do utilizador. É possível alterar as suas cores através do smartphone e até dá para jogar alguns mini jogos como o típico "whack a mole" (bater na toupeira). Esta não é a única forma fabricada pela Nanoleaf, havendo também quadrados e triângulos. Preparem-se porque esta poderá ser a decoração das casas do futuro, uma decoração tecnológica e interativa




Samsung:

Aqui coloquei uma marca e não um produto porque os vários produtos apresentados pela mesma foram muito bem aceites. Desde o sensor smart vision (que é o sensor de movimento que permiti distinguir animais de pessoas), passando pelas suas câmara e luzes inteligentes até ao seu termostáto inteligente. Todos estes produtos podem ser conectados ao hub de smartThings da samsung de forma a ser controlado através de uma app de forma fácil e cómoda.

Whirlpool KitchenAid:

Este dispositivo está equipado com um ecrã tátil, coluna e google assistant (a assistente inteligente da google). Tal como o nome indica o seu propósito é ajudar na cozinha, para tal, não só mostra as receitas no ecrã, como também as lê através da voz da google assistant. Para além disso, o ecrã mostra também temporizadores de determinadas tarefas como tempo de cozedura, ir ao forno, etc... Sendo um dispositivo com o propósito de estar na bancada da cozinha, é resistente à água, até mesmo com detergente. Posso dizer que, sendo eu um noob da cozinha, este é provavelmente dos dispositivos que vou mostrar, o meu favorito.


Imagens:

fontes:

C++ - Bibliotecas


As bibliotecas (também chamadas de livrarias, libraries em inglês) são conjuntos de código pré-escritos com o objetivo de serem implementados em múltiplos códigos futuros.

O C++ herdou a biblioteca padrão do C, e todas as suas funções podem ser usadas em C++.

Para incluir, ou importar uma biblioteca num código de C++, temos de escrever "#include", seguido do nome do header específico que queremos da biblioteca entre < > (ou "").
Por enquanto, digamos que os headers são os ficheiros que contêm código e a biblioteca é o conjunto destes headers.

Por exemplo, para incluir o iostream (que faz parte da biblioteca padrão):
#include <iostream>


Biblioteca padrão (standard)
A biblioteca padrão do C++  tem vários headers.

Temos os de input e output, notoriamente:

  • <iostream> - Input/Output Stream - Fundamentos. Input e output através da consola.
  • <fstream> - File Stream - Input e output através de ficheiros.
  • <iomanip> - Input/Output Manipulation - Manipulação da formatação do output.

E outros, como:
  • <algorithm> - Algoritmos.
  • <chrono> - Tempo, relógios.
  • <memory> - Gestão da memória.
  • <string> - A string.
Entre outros presentes aqui: Wikipedia - C++ Standard Library

Outras bibliotecas
Além da padrão, existem outra bibliotecas exteriores que podemos transferir e utilizar:
  • SFML (Simple and Fast Multimedia Library) - É muito útil para fazer aplicações 2D, incluindo jogos.Vou falar desta mais especificamente no futuro.
  • SDL (Simple DirectMedia Layer) - Da mesma forma que o SFML, dá-nos ferramentas multimédia. Talvez seja mais difícil de aprender.
  • Qt - Poderosa e muito utilizado mundialmente de forma profissional para criar aplicações.
Entre muitas outras. Aqui têm uma boa lista das várias bibliotecas mais utilizadas: StackOverflow - Bibliotecas que eu devia ter em mãos

Referências - 5/12/2019


Python - Dicionários (Parte 1)

JÁ FIZ PUBLICAÇÕES SOBRE 2 TIPOS DE VARIÁVEL COMPOSTA, LISTAS E TUPLAS, AGORA VOU FALAR DE DICIONÁRIOS, QUE É MAIS OU MENOS PARECIDO COM OS QUE USAMOS EM PORTUGUÊS, SÓ QUE EM VEZ DE ATRIBUIR-MOS UM SIGNIFICADO A UMA PALAVRA, ATRIBUÍMOS UM VALOR A UMA 'CHAVE'!

Um dicionário (do inglês 'dictionary'), é uma estrutura de dados que usa mapeamento, ou seja, associação de pares de valores, em que o primeiro é denominado 'chave' e o segundo 'conteúdo'.
Os dicionários são criados da seguinte forma:

dic = {chave1 : conteudo1, chave2 : conteudo2, ...}
Para mais informações oficiais sobre dicionários: docs.python.org/3/tutorial/datastructures.html

Por exemplo, quando queremos adicionar um número de telemóvel aos contactos, temos de associar um número a um nome, assim quando procuramos pelo nome e ligamos para ele, estamos a ligar para o número que está associado a ele, seguindo o exemplo:

dic = {"bruna" : 961845123, "nyck" : 930741258}

Assim se quisermos procurar pelo número da bruna basta executar:

dic["bruna"]

E o output do programa será:

961845123

Se quisermos, por exemplo, adicionar outro número ao dicionário, basta usar:

dic["gustavo"] = 969696420

Como existem ainda alguns comandos para trabalhar com dicionários, tive de dividir em dois esta publicação, assim a segunda parte sairá no dia 8 de Janeiro, até lá, lá têm umas bases!


Referências: