sábado, 24 de fevereiro de 2018

PT05: Iniciação à Programação em HTML

O início desta Proposta de Trabalho deu-se em sala de aula, com uma breve introdução a HTML feita pelo professor na qual ensinou o que é necessário para como começar a programar (por exemplo: utilizando as tags <html>,<head> e <body>), como inserir uma imagem, uma hiperligação, texto, um título, etc.

A realização deste trabalho exigiu bastante atenção e empenho nas tarefas a realizar, sendo que tudo se tornou mais fácil após ter concluído inicialmente o curso HTML do SoloLearn.
Diploma Final da finalização do dito curso:



Como já referi anteriormente, comecei o trabalho pela realização do curso online HTML e depois utilizei todas as informações para poder começar a construir a planta da sala de aula. 
Em primeiro lugar, construí a tabela e o número de colunas e filas que necessitava para pôr todos os alunos da turma. De seguida, procurei guardar todas as imagens das fotos de perfil e editá-las possuindo, deste modo, a imagem desejada (75 a 100 pixel na dimensão maior) e a grande. Por fim, adicionei as imagens no código HTML.

A minha maior dificuldade foi conseguir que o site criado em HTML possuísse as imagens que se encontravam na respectiva pasta no meu computador, ou seja, que não existissem quebras nas ligações ou células com erro na imagem.

Em suma, penso que concluí este trabalho com sucesso podendo ainda haver algumas coisas que podiam ser melhoradas com o auxílio de CSS mas, nunca antes tendo programado nesta linguagem de marcação. Site de domínio público: http://nrodrigues.ga

PT05: Iniciação à programação em HTML

  Este PT foi um desafio para mim, porque não tinha experiencia em HTML. Consegui supercar as minhas dificuldades através de várias pesquisas na net.
  Comecei por fazer a planta pela forma simples, adicionando os computadores, o aluno e as fotos. Era uma tabela bastante simples, so com uma borda preta. Após os alunos e as respetivas fotos estarem no local certo, comecei a editar a tabela, mudando a cor, as linhas e as células. Por fim mudei a cor da letras e adicionei o corridor.
  Quando coloquei a planta no online, inicialmente tive alguma dificuldades. Não conhecia o GitHub e então tive de procurar tuturias. Mesmo após por o projeto tive de realizer algumas alterações.
 No final realizei o curso da SoloLearn em que não foi tão difícil quanto isso.



 Deixo a link da planta para os curiosos: danserrano.tk

Vulnerabilidades mais críticas do HTML

O OWASP (Open Web Application Security Project), uma comunidade online que cria e disponibiliza de forma gratuita artigos, metodologias, documentação, ferramentas e tecnologias no campo da segurança de aplicações web, publicou uma lista com as 10 vulnerabilidades mais criticas das aplicações web de 2017.

Pode consultar a lista que se encontra no site da OWASP ou em outros sites.


Fonte: 
https://pt.wikipedia.org/wiki/OWASP 24/02/2018
https://www.owasp.org/images/7/72/OWASP_Top_10-2017_%28en%29.pdf.pdf 24/02/2018
https://www.guru99.com/web-security-vulnerabilities.html 24/02/2018

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Como é que os computadores geram números aleatórios?

Os computadores não conseguem escolher um número totalmente aleatório. Os computadores são previsíveis e seguem padrões lógicos o que é um problema pois a encriptação é baseada num número aleatório, o que significa que se se conseguir prever esses números será possível desencriptar ficheiros encriptados com facilidade.
Existem códigos que geram números suficientemente aleatórios para a maior parte dos casos, mas existem também empresas que geram números totalmente aleatórios através de câmaras que analisam eventos reais em tempo real, e a partir de um algoritmo geram os números aleatórios.


Fonte: https://youtu.be/1cUUfMeOijg 23/02/2018

Soundcloud

Souncloud, de acordo com o que andei a ver, é uma plataforma online para a publicação de áudio.

Para ser honesta, nunca usei o Soundcloud - estou mais virada para o Spotify.

Algum de vocês que tenha usado esta plataforma?

Resultado de imagem para what is soundcloud
Imagem 1

Consultei o seguinte site:_(https://g.co/kgs/zBboMU)_no dia 06/02/18.


Correção ortográfica e sintática: Anastasiia Kolesnyk

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

PT05-Programação em HTML

No decorrer desta proposta de trabalho senti algumas dificuldades em realizar a tarefa pedida devido à falta de conhecimentos sobre a temática programação em HTML, no entanto ao realizar o curso sugerido pelo professor, consegui compreender os conceitos básicos da programação em HTML.

Considerei este trabalho do desenvolver a planta da sala de aula, como uma proposta interessante dado que permitiu-me "brincar" um pouco com as tags e códigos HTML, ajudando-me desse modo a compreender melhor a mecânica desta linguagem de programação.

Artigo publicado por: Francisco Manuel Rodrigues, nº:9, 12º ano, turma:2ª

PT05 - Planta da Sala de Aula

   Quando comecei este trabalho, tal como quase todos, se não todos, os outros, não tinha qualquer experiência em HTML. Contudo, depois de ultrapassar algumas dificuldades iniciais, penso que consegui aprender o suficiente sobre esta linguagem para ter uma base decente.
    Eu prossegui neste projeto um pouco na ordem contrária à indicada pelo professor, no sentido em que achei melhor começar pelo curso do SoloLearn (ponto número 9 no enunciado). Deste curso, posso apresentar o seguinte certificado de conclusão.


    Depois, comecei a fazer a planta propriamente dita, lendo ainda, um pouco da história e das introduções a HTML que o professor apresentava. A construção da tabela foi relativamente simples, era apenas um processo repetitivo e, embora fosse preciso ter cuidado para acertar as colunas e não fazer enganos, não era especialmente trabalhoso. Até a inserção das imagens e das hiperligações foi um processo fácil... a nível local, isto é!
    Sem dúvida alguma, o ponto em que tive mais dificuldade foi conseguir que o site on-line mostrasse as imagens, ao invés de ligações quebradas ou até mesmo células vazias. Finalmente, depois de várias tentativas, percebi que não tinha o caminho da imagem correto, pois na versão local tinha colocado o caminho absoluto. Este continha uma referência ao disco C:, disco esse que obviamente não existe no GitHub. Ora, o que era preciso era escrever um caminho relativo à pasta em que nos encontrávamos, excluindo a necessidade de chamar o disco C:. Depois de me aperceber disso, foi apenas uma questão de atualizar todas as ligações e pôr o site a funcionar propriamente.
   Contudo, penso que não importa quão aprofundadamente eu descreva o funcionamente e aspeto do site, a melhor forma é permitir que o leitor avalie por si mesmo. Assim sendo, aqui se encontra a ligação: www.tsfeith.tk.

Audacity

Resultado de imagem para audacity
Audacity é um software livre de edição digital de áudio disponível principalmente nas plataformas: WindowsLinux e Mac e ainda em outros Sistemas Operacionais. O código fonte do Audacity está sob a licença GNU General Public License. A sua interface gráfica foi produzida utilizando-se de bibliotecas do wxWidgets.
O Audacity é muito popular entre os podcasters pelos seus recursos de edição, sua grande disponibilidade em múltiplas plataformas, suporte e licença aberta que permite ao programa ser gratuito 
Resultado de imagem para audacity

Podcast?

Alguém sabe ou alguma vez usou um Podcast? Eu nunca, acho eu…

Mas, aparentemente, é um meio de publicação de ficheiros áudio na Internet que permite aos utilizadores acompanhar a sua atualização.

Resultado de imagem para podcast
Imagem 1

Consultei o seguinte site:_(https://g.co/kgs/aE7W64)_no dia 06/02/18


Correção ortográfica e sintática: Anastasiia Kolesnyk

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Foley

 
 
Nem sempre o som é dado como importante nas produções, algumas vezes o chamado “Som direto” é utilizado como desculpa por muitos produtores com o fim de conseguirem encurtar os valores dos orçamentos.
A diferença entre os dois mundos pesa no resultado final.

Quando não temos alternativa para uma boa captação direta, devemos optar por técnicas de ADR (
Automated Dialogue Replacement ou Additional Dialogue Recording), foley e livraria como ferramentas para um bom design de som.

A reprodução e gravação de efeitos para filmes ficaram conhecidos como foley graças ao primeiro artista Jack Donovan Foley, que fora responsável por muitas das técnicas ainda utilizadas nos dias de hoje.
Jack Foley começou a trabalhar essas técnicas em 1914 em plena era do cinema mudo, só em 1927, com a produção do
filme The Jazz Singer, o seu primeiro trabalho como artista de foley essas técnicas foram reconhecidas e logo o termo foley foi adotado pelos estúdios de gravações.
Basicamente a técnica consiste em gravar ruídos para enriquecer os filmes e vídeos, ruídos esses que não seriam captados devido a proximidade plano x câmara, ou seja, se o plano é demasiado aberto e não podemos utilizar microfones lapela, a melhor forma de ter som na ação é gravar o ruído posteriormente.
Os ruídos mais comuns são explosões, passos, sons metálicos como espadas e cavalos a cavalgar.
Os profissionais que fazem todo o trabalho de reprodução de ruído em estúdio são conhecidos como artistas de foley, cabe a eles auxiliados por um engenheiro de som enriquecer as produções em questão.
 
 
 



Ficheiros WAV

OK. VAMOS A ISTO!




Os ficheiros WAV são o formato standart dos formatos de áudio. Normalmente não são comprimidos, mas essa opção também é possível.

São vistos maioritariamente em computadores Windows.

Ok, eu ainda não tenho muita experiência com este tipo de ficheiros, mas estou para ver o que vai sair daqui e deste trabalho de áudio.

(Por enquanto, não está a correr assim lá muito bem...)



Consultei o seguinte site:_(https://www.lifewire.com/wav-wave-files-2622395)_no dia 18/02/18




Correção ortográfica e sintática: Anastasiia Kolesnyk

Incompatibilidades nos browsers (e como evitá-las)

    Quando se cria uma página Web, tem de ser ter cuidado com os comandos que se usa. É verdade que atualmente a maioria dos browsers fazem atualizações constantes para garantir que têm o máximo possível de tags possíveis. Contudo, se por acaso utilizarmos um comando que o navegador desconhece, aparece uma compatibilidade, e pode impossibilitá-lo de mostrar a página (as tags antigas não originam problemas, porque a maioria tem navegadores tem retroatividade, ou seja, suporta versões anteriores de HTML, mas uma tag nova pode ainda não estar incluída, o que suscita problemas).
    Assim, vem a questão: O que faço para garantir que não causo incompatibilidades? Bem, uma solução é verificar se os principais browsers lêem o comando que queremos utilizar. Mas, francamente, isso pode tornar-se muito fastidioso. Uma maneira mais fácil é recorrer a prefixos dos browsers. Estes redirecionam o comando para evitar quaisquer incompatibilidades entre o código e o browser. Ora, isto é muito mais simples do que estar a verificar comando a comando quais os que se pode utilizar. É claro que estas são apenas duas formas, e há certamente de haver muitas outras de evitar este problema, mas isso agora deixo para vocês.



terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Ficheiros MP3

Ok todos nós sabemos o que é um ficheiro MP3. É o formato das nossas músicas, pronto.

Mas o que é importante saber é que este formato é diferente dos outros formatos de som por uma razão: comprime os dados, permitindo-nos guardar um maior número de músicas nos nossos cartões de memória.

Nota: Não se preocupem, como já devem ter notado, as falhas criadas por essa compressão são impercetíveis ao ouvido humano, por isso as nossas músicas soam-nos lindamente!

Imagem 1

Consultei o seguinte site:_(https://www.lhifewire.com/mp3-file-2622780)_no dia 18/02/18


Correção ortográfica e sintática: Anastasiia Kolesnyk

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

PT05 - Iniciação à Programação em HTML

Comecei este trabalho pouco confiante pois não tinha quaisquer bases de programação em HTML mas, assim que comecei mostrou-se ser mais fácil do que pensava. Encontrei algumas dificuldades em coisas mais complexas que queria experimentar mas rapidamente as superei pesquisando na internet por respostas ou pedindo ajuda aos meus colegas.Uma delas foi, por exemplo, a mudança de cor das letras das legendas, que foi das primeiras coisas que fiz e nunca tinha feito nada parecido.


                         

URL do domínio público do site: mariaines.ml ou https://mines16.github.io/PT05PlantadaSala/ 


Achei o curso do SoloLearn bastante fácil devido ás explicações antes das perguntas. Aqui estão alguns prints do processo:


















Aqui tinha terminado o HTML Basics.
















                             Aqui tinha terminado os challenges.





Finalmente, este print mostra o certificado que recebi ao acabar o curso.



Achei este trabalho muitíssimo útil e educativo pois nos fez puxar por nós próprios para tirarmos as nossas próprias dúvidas e para encontrarmos os nossos erros.
Para além de ter aprendido muito achei bastante interessante a quantidade de tags que existem e de ações que se podem fazer a partir de um código.



Microsoft está a perturbar a segurança dos patches através de links inseguros de HTTP


A Microsoft usa links inseguros de HTTP nos botões de download, de modo a que os descontos do Catálogo de Atualização estejam sujeitos a problemas de segurança.

Stefan Kanthak, pesquisador de segurança, afirma que mesmo que procuremos "Microsoft Update Catalog" os links dos downloads publicados são todos de HTTP.
Afirma também que podem haver links não HTTP no Catálogo de Atualização no entanto ainda não encontrou nenhum.


Fontes:

HTML Mobile

    Agora que começámos a aprender HTML, vem a questão óbvia: O que faço com isto? E penso que há uma resposta ainda mais óbvia para essa pergunta: aplicações. É algo interessante, prático, e pode ser extremamente útil! Melhor ainda seria fazer aplicações para o telemóvel para fazer coisas que nós queremos, personalizadas, para as quais não conseguimos encontrar um equivalente na loja de aplicações do nosso sistema operativo. 
    Infelizmente, apenas com HTML a aplicação terá um aspeto muito básico, pouco dinâmica e possivelmente visualmente desinteressante. Contudo, se não deixarmos que isso nos desmotive, isto pode ser um excelente ponto de partida. E, quem sabe, pode ser que nos leve a aprender outras linguagens como CSS ou JavaScript para melhorar as nossas aplicações.
    Mas primeiro é preciso saber onde fazer estas aplicações. Deste modo, em baixo encontra-se um link para um site que indica os 10 melhores frameworks para construir aplicações mobile.



 

PT05: Iniciação à Programação em HTML



1. Memória Descritiva do Trabalho:

Este trabalho foi uma ótima primeira experiência para programar em HTML, não senti grandes dificuldades ao longo do trabalho e as dificuldades com as quais me deparei ultrapassei-as facilmente com a ajuda de vários tutoriais e pesquisa, fiquei bastante satisfeito com o resultado final tendo em conta o facto de ter sido apenas a primeira vez em contacto com esta linguagem.


Neste passo, fui deparado com a construção de uma tabela que iria posteriormente utilizar como legenda para a planta da sala de aula.

Neste passo, estaria a descarregar para o GitHub as alterações que fui fazendo no código ao longo do trabalho. 




Este será o resultado final para a planta de sala de aula.


2. Indicação do URL do domínio publico com o site criado



3. Finalização do curso HTML

             
Resposta Correta a uma      Curso completamente feito.   Certificado após completo o 
 das perguntas do teste.                                                                      curso.



domingo, 18 de fevereiro de 2018

Como ter de volta o botão para ver imagens na pesquisa do Google

A decisão da Google de remover o botão de visualização de imagens na sua pesquisa não foi compreendida por muitos que a usavam todos os dias, tendo surgido queixas devido a tal.

Para contornar este problema, e para todos os que não conseguiram encontrar uma forma rápida de lhes aceder, surgiu uma extensão para o Chrome: o View Image está disponível e pode rapidamente resolver este problema.
Disponível na web store do Chrome, o View Image só precisa de ser instalado, carregando o utilizador apenas no botão Adicionar ao Chrome. Após instalado, basta aceder novamente ao Google Imagens e escolher o botão Ver imagem.
Fontes:

Invideo for Youtube

O YouTube é hoje um dos canais de comunicação mais fortes, para algumas gerações até bem mais forte que a própria televisão. Como resposta à necessidade de voltar a ouvir uma determinada parte de um vídeo, existe uma extensão para o Chrome que poderá ajudar a encontrá-la de forma mais rápida, através de uma simples pesquisa por texto, chamada Invideo.
Invideo for YouTube adiciona um botão ao YouTube, em frente ao título do vídeo que, ao ser ativado, abre uma caixa de pesquisa de texto.


Fontes:

Google Chrome vai começar a bloquear anúncios intrusivos



A Google, conjuntamente com o grupo que faz parte, compromete-se a elevar os padrões nos anúncios publicitários apresentados online. Assim, a empresa pretende “limpar” aquilo que considera de anúncios intrusivos e que incluem anúncios animados com flashes e vídeos que começam a produzir som automaticamente. Onde numa primeira fase, a Google promete avaliar os sites que não cumpram estes padrões onde, caso os anúncios continuem online, o browser vai começar a bloqueá-los.
O Chrome 64, na versão desktop, vai começar a notificar os utilizadores de que está a bloquear determinados anúncios, enquanto na versão Android vai aparecer uma barra no fundo do ecrã a dar a opção do utilizador para permitir mostrar os anúncios ou não, noticia o The Next Web.

Imagem relacionada

Fontes:

Memória descritiva PT05 - Iniciação à Programação em HTML

Este trabalho inicialmente parecia me difícil e por momentos pensei que não tinha capacidades de o executar. No entanto quando comecei a pegar no trabalho reparei que não era assim não difícil.
Tive algumas dificuldades ao longo do trabalho e uma das principais começou logo no início com as imagens pois não estavam a carregar mas depois pedi ajuda a vários colegas e consegui resolver o erro.
Apesar de não saber quase nada de HTML e CSS tentei sempre pesquisar o que não sabia de modo a aprender mais e o curso da SoloLearn ajudou bastante
Inspirei me um bocado no meu colega Rodrigo, pois eu vi que ele percebia o que estava a fazer e vi que o trabalho dele estava bem feito e tentei aprender com ele
O que menos gostei neste trabalho foi o facto de se tornar um bocado repetitivo pois depois de fazer as primeiras linhas de código as restantes são praticamente iguais e foi algo que me aborreceu
Concluindo, eu gostei do trabalho pois deu-me algumas bases para futuros trabalhos que eu tenha ou até mesmo para projetos que eu queria fazer sozinho
Site

O Audacity


Dizem que a música acalma as feras, mas qualquer um pode ter um ataque de fúria ao ver o preço de software profissional para edição de áudio. Felizmente para quem não está disposto a hipotecar a casa só parar poder gravar um podcast tem como opção o Audacity.

O Audacity é um software de edição digital de áudio disponível para varios sistemas operativos incluindo Windows, Linux e Mac, sendo muito popular entre os podcasters tendo em conta que este programa é gratuito e oferece excelentes recursos ao utilizador.




Google cria o seu próprio adblock

Após estabelecer um conduta, Google decidiu criar o seu próprio adblock de modo a eliminar as publicidades mais chatas e fazer com que os proprietários dos sites deixem de as usar. Apesar de não planear eliminar todos os anúncios, o objectivo é impedir as publicidades que estão constantemente a violar a conduta estabelecida. Anúncios de pagina inteira, anúncios que tocam sons ou vídeos automaticamente e anúncios com luzes que piscam são o alvo deste novo adblock.

Equipamentos tecnológicos baratos para entusiastas!

A comunidade ''Gaming'' tem aumentado em popularidade nos últimos anos mas existem muitos veteranos. Este video é dedicado a essas pessoas. Aqui encontra-se um conjunto de gadgets para reanimar sentimentos de nostalgia.

AMD oferece APU's gratis?

Após o lançamento da nova linha de APU's (Accelerated Processing Unit) incluído com os novos processadores Ryzen, compradores relatam problemas de compatibilidade entre a placa-mãe e o processador impedindo o computador de dar 'boot'. Em relação a estas reclamações, AMD emitiu um comunicado respondendo ao problema e oferecendo soluções para o mesmo. Este problema deu-se devido a um erro nas novas placas-mãe que tinha uma versão da BIOS antiga efectivamente impedindo a utilização de novos processadores devido a um erro de compatibilidade. A solução dada pela AMD requeria o preenchimento de um formulário no qual se especificava o problema e, desde que o problema não tivesse outra solução, a AMD iria enviar um APU compatível com a BIOS antiga sem custo adicional. Esta resposta foi apoiada pela comunidade e visto como um ato exemplar da empresa

Fontes: https://www.extremetech.com/computing/264097-amd-shipping-free-processors-customers-address-apu-firmware-update-issue
https://support.amd.com/en-us/kb-articles/Pages/2Gen-Ryzen-AM4-System-Bootup.aspx

Melhores sites para aprender programação

    Com a enorme quantidade de informação disponível na Internet pode ser difícil escolher o que é relevante do que é acessório. Especialmente, no que toca a aprender, a qualidade do ensino pode variar bastante de site para site. Assim, é importante saber quais são os melhores, para obter o melhor ensino possível. Como nos estamos agora a focar em programação, no site indicado abaixo encontra-se uma lista com os melhores sites para aprender programação. Bom estudo!


Robôs da Boston Dynamic já conseguem abrir portas e lavar a loiça

  Os robôs da Boston Dynamic estão já um passo mais perto de poderem conquistar o mundo, porque conseguem agora abrir portas e tratar de uma das tarefas domésticas mais aborrecidas, limpar a loiça. Esperemos só que ninguém tenha a ideia de dar a estes robôs arrepiantes inteligência artificial mais sofisticada.
  Aqui estão dois vídeos, que não são da minha autoria, a demonstrar estas novas habilidades, destes robôs de um braço:



Fontes:
  • https://www.theverge.com/tldr/2018/2/12/17005060/boston-dynamics-robot-dog-open-door


A Google remove o botão "ver imagem" nas pesquisas de imagens

  A Google removeu recentemente o famoso botão "ver imagem " nas pesquisas de imagens, de modo a fazer com que seja mais difícil de as roubar e quebrar as leis de direitos de autor, e que os utilizadores tenham de visitar os sites onde estão as imagens para terem de ver anùncios, e assim contribuir para os seus autores.



Fontes:

Imagens que flutuam no ar

  Investigadores na Universidade Brigham Young no Reino Unido conseguiram, através de um projetor especial, projetar imagens movendo partículas de pó muito rapidamente, iluminadas com uma cor específica. Com esta tecnologia pode vir a ser possível no futuro ter ecrãs flutuantes, e realizar progressos na medicina.
  Para mais informações deve-se ver o vídeo nesta página, que não é da minha autoria:
http://www.bbc.com/news/av/technology-42991942/the-3d-projections-that-float-in-the-air


Fontes:


Mensagem em destaque

Impacto da IoT nas Smart cities (parte 02)

Governo inteligente: Analisar reclamações e preocupações apresentadas pelos cidadãos devido a melhores capacidades sensorial ajuda a res...