sábado, 16 de fevereiro de 2019

Captura de ecrã - 5 programas gratuitos

A captura de ecrã é uma ferramenta muito útil para fazer, por exemplo, vídeo tutoriais. Alguns sistemas operativos vêm com esta ferramenta built-in, no entanto existe software próprio para o fazer, sendo este mais poderoso que as ferramentas built-in.

Eis uma lista de 5 programas de captura de ecrã gratuitos para que possam escolher um e fazer download:
  • OBS Studio - captura em HD e dá a opção de fazer ligação em direto para plataformas como Twitch, não restringe o tempo de captura no entanto demora e dá algum trabalho a instalar e ajustar as definições
  • FlashBack Express - tem uma interface bem desenhada e amigável, conta com um editor de vídeo built-in e podemos exportar para variados tipos de ficheiro de vídeo.
  • Apowersoft Free Online Screen Recorder - não restringe o tempo de captura nem põe marca de água e dá imensas opções de exportação da captura no entanto não serve para a captura de jogos.
  • Debut Video Capture - permite agendar capturas e permite também gravar utilizando câmeras externas, no entanto a interface em um "look" antigo. 
  • ShareX - permite capturar como vídeo ou como GIF, dá imensas opções de exportação da captura e é ótimo para captura de ecrã estática (imagem), no entanto tem uma interface pouco intuitiva e não serve para capturar jogos.
No fim, o melhor programa é aquele que se adapta melhor às necessidades de um utilizador, e é ele o melhor juíz.


Consultei o site techradar.com dia 15/02/2019

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Dia internacional das mulheres e meninas nas ciências

Desde 2015 que o 11 de Fevereiro é o Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência, assinalado pela UNESCO e pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Imagem retirada de
 http://www.marvel616.com/2011/08/em-foco-quem-sao-as-mulheres-da-ciencia.html
Este dia foi instaurado de forma a promover a igualdade de géneros na ciência, visto que, segundo um estudo feito pela ONU em 14 países, em 2016, o índice de graduação das mulheres na área das ciências é de cerca de 50% do dos homens.
Além de promover e incitar as mulheres e raparigas a juntarem-se à comunidade científica, esta data celebra os feitos das mulheres na ciência que remontam ao início da própria.
Segundo as Nações Unidas, ciência e igualdade de géneros são vitais para alcançar a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. Nos últimos 15 anos, a comunidade global tem-se esforçado para inspirar e incentivar mulheres e meninas a seguir esta área, nomeadamente aumentando as oportunidades e, nos últimos 5 anos, comemorando este dia.


Fontes:
https://blog.science4you.pt/curiosidades/mulheres-na-ciencia/
https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2019/02/dia-internacional-das-mulheres-e-meninas-na-ciencia-o-que-elas-podem-comemorar.html

Este site gera automaticamente uma nova cara humana, nenhuma delas real

À primeira vista, as imagens exibidas no site ThisPersonDoesNotExist podem parecer retratos aleatórios do ensino médio ou headshots vagamente desaconselhados no LinkedIn. Mas todas as fotos no site foram criadas usando um tipo especial de algoritmo de inteligência artificial chamado GANs (Generative Advertrict Networks).
Todas as vezez que o site é atualizado, uma imagem chocantemente realista - mas totalmente falsa - do rosto de uma pessoa é exibida. O engenheiro de software da Uber, Phillip Wang, criou a página para demonstrar o que as GANs são capazes, e então postou no grupo público do Facebook “Artificial Intelligence & Deep Learning” na terça-feira.

Teaser image
Estas pessoas não são reais. Foram produzidas pelo gerador.


Link para o repositório GitHub.

Como funciona?


GANs diagram


No seu núcleo, as GANs consistem em duas redes: o gerador e o discriminador. Esses programas de computador competem entre si milhões a milhões de vezes para refinar suas habilidades de geração de imagens até que sejam bons o suficiente para criar as fotos completas.



Consultei o repositório do StyleGAN no GitHub e o site ThisPersonDoesNotExist no dia 15/02/2019.





 

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Robots Sociais

O que são? 

Resultado de imagem para robots sociaisOs robots sociais são feitos para comunicar com os seres humanos naturalmente, ajudando-os numa variedade de tarefas. O uso efetivo de gestos pode aumentar consideravelmente as interações entre robôs e humanos, permitindo que os robots comuniquem verbalmente e não verbalmente.

O design da maioria dos robots sociais é inspirado no corpo humano, pois isso facilita a imitação de gestos e comportamentos semelhantes aos humanos. No entanto, diferentes robots podem ter diferentes morfologias, o que lhes permite lidar melhor com as tarefas que foram projetadas para serem concluídas.

Desenvolvimentos

Pesquisadores da Vrije Universiteit Brussel, na Bélgica, introduziram recentemente uma nova abordagem baseada num método genérico de gestos para estudar a influência de diferentes aspectos do projeto. O artigo, publicado no International Journal of Social Robotics da Springer, apresenta uma estrutura que gera rapidamente gestos que correspondem a uma configuração específica do robot.

"Neste artigo, nós propomos uma nova metodologia para estudar a influência de diferentes aspectos do design baseados num método genérico de gestos", escreveram os pesquisadores no artigo. "O método do gesto foi desenvolvido para superar as dificuldades na transferência de gestos para diferentes robots, fornecendo uma solução para o problema de correspondência."

O método desenvolvido por esta equipe de pesquisadores poderia superar as dificuldades na transferência de gestos para robots de diferentes formas e configurações. Os utilizadores podem inserir informações morfológicas de um robot e a ferramenta usará esses dados para calcular os gestos desse robot.

"Um pequeno conjunto de informações morfológicas, introduzidas pelo utilizador, é usado para avaliar a estrutura genérica do software em tempo de execução", explicaram os pesquisadores. "Portanto, os gestos podem ser calculados rápida e facilmente para uma configuração desejada do robot. Ao gerar um conjunto de gestos para diferentes morfologias, a importância de articulações específicas e sua influência numa série de posturas e gestos pode ser estudada."

Para garantir que seu método fosse aplicável a diferentes tipos de robots, os pesquisadores inspiraram-se num modelo básico humano. Este modelo consiste em diferentes cadeias e blocos, que são usados ​​para modelar as várias possibilidades rotacionais dos seres humanos. Os pesquisadores atribuíram um referencial a cada bloco comum usando o modelo base humano como referência para construir a estrutura geral por trás do seu método.

**A new method to generate gestures for different social robots
"Para gerar gestos para um determinado modelo de robô, o método usa os parâmetros Denavit-Hartenberg (DH) da configuração como entrada, onde as diferentes articulações do robô são agrupadas em cadeias e blocos do modelo básico humano", explicaram os pesquisadores. em seu papel. "Em tempo de execução, o framework genérico do método é avaliado usando esta informação e, como tal, adaptado ao robô em consideração."

Como diferentes características são importantes para diferentes tipos de gestos, o método desenvolvido pelos pesquisadores é projetado para trabalhar em dois modos diferentes, a saber, o modo de bloqueio e o modo de efetivo final. O modo de bloqueio é usado para calcular gestos, como expressões emocionais, em instâncias em que o posicionamento geral do braço é crucial. O modo efetivo final, por outro lado, calcula gestos em situações em que a posição do efetor final é importante, como durante a manipulação ou apontamento de objeto.

"O método de gestos comprova sua utilidade no processo de design de robôs sociais, fornecendo uma impressão da quantidade necessária de complexidade necessária para uma tarefa específica, e pode fornecer informações interessantes na faixa de ângulo articular necessária", disseram os pesquisadores.

No seu estudo, os pesquisadores aplicaram seu método ao modelo virtual de um robô chamado Probo. Eles usaram esse exemplo para ilustrar como seu método poderia ajudar a estudar a colocação de diferentes articulações e intervalos de ângulo articular em gestos. No futuro, a sua abordagem poderia auxiliar o desenvolvimento de robôs sociais que possam executar gestos naturais adequados à sua morfologia e aplicação.

A Amazon já faz entregas utilizando o seu próprio robô.


Chamado Scout, robô ajuda a empresa a tornar entregas mais eficientes e sem gastos adicionais em compostos petrolíferos.

  •  A Amazon criou seu próprio robô de entregas, que está em fase de testes nos EU. Chamado Scout, tem seis rodas, tamanho reduzido e foi feito para deixar os objetos comprados no site à porta de casa dos consumidores. 
  • “Os aparelhos vão automaticamente seguir a rota de entrega, mas irão inicialmente ser acompanhados por um funcionário da Amazon”, informou a empresa: “Desenvolvemos o Amazon Scout no nosso laboratório de pesquisa e desenvolvimento, em Seattle, garantindo que o dispositivo possa andar em segurança e de forma eficiente perto de animais de estimação, pedestres ou qualquer coisa em no caminho”.
  • Seis unidades do Scout  já estão a trabalhar em Snohomish County, condado de Washington, de acordo com a empresa. Os robôs funcionam apenas durante o dia, em dias de semana.  
  • A solução não serve para substituir humanos efetivamente, mas sim para ser uma alternativa complementar para tornar o serviço de entregas mais eficiente.



Escola de programação

Sem aulas e de graça: assim é a escola de programação mais revolucionária do mundo.


  • 50.000 pessoas inscrevem-se todos os anos para entrar na 42, uma escola vanguardista de Paris. De vista parece ser como outras universidades tecnológicas: poucas mulheres.
  • A 42 é uma fundação privada sem fins lucrativos, sustentada principalmente pelo magnata francês da tecnologia Xavier Niel, coproprietário do Le Monde (e dos direitos de My Way de Sinatra) e, além disso, incentivador do que será a maior incubadora do mundo, a também parisiense Station F. O modelo acadêmico foi concebido pelo próprio Niel e por Nicolas Sadirac, fundador e ex-diretor executivo da rede de escolas particulares de código Epitech, de excelente reputação no cenário tecnológico francês, mas com preços a partir dos 7.000 euros anuais. Ambos acreditam que a genialidade não surge somente entre os que podem pagar uma instituição desse tipo, e pensam que a universidade pública se asfixia por seu próprio tamanho e falha na hora de proporcionar o salto entre a formação e a empresa. Criaram uma escola que qualquer um “nascido para o código” (o lema da escola) possa ter acesso, em permanente contacto com o ambiente empresarial e com um conceito pedagógico que faz da gamificação a sua essência.


OpenShot - Funcionalidades

O OpenShot é um NLE (um editor de vídeo não destrutivo) bastante conhecido já que é gratuito, e muito simples de utilizar.

Podem fazer download ou saber mais acerca do OpenShot a partir da hiperligação.
Estas são as funcionalidades deste editor de vídeo gratuito:
  •  Compatível com Windows, macOS e Linux - este programa é bastante acessível já que corre nos sistemas operativos mias utilizados.
  • Adição de títulos - a incorporação de títulos no vídeo é feita de forma muito simples.
  • Cortar vídeo - o OpenShot permite cortar pedaços de vídeo não desejados no produto final
  • Efeitos de vídeo - podemos adicionar ao vídeo efeitos como inverter as cores, ajustar o brilho e muito mais.
  • Animações 3D - é possível adicionar animações em 3D como títulos 3D ou mesmo neve.
  • Animações entre clips - o programa tem uma vasta livraria de animações como fade e deslocar o clip de vídeo.
  • Gráficos de áudio - podemos visualizar o áudio em gráficos de intensidade.
  • Câmera Lenta e Timelapse - é nos possível aumentar ou diminuir a velocidade dos clips de vídeo.
  • Interface Simples - a interface do OpenShot foi desenvolvida para o fácil e rápido entendimento do programa.
  • Disponível em mais de 70 línguas - o OpenShot está disponível em muitas línguas e pode ser traduzido com o LaunchPad.


Consultei o site openshot.org no dia 13/02/2019

A atualização do Chrome para eliminar os AdBlockers afetará outros plug-ins




File:Google Chrome icon (September 2014).svgUma atualização para o Chrome que parece ter o objetivo de eliminar o uso de plug-ins de blocos de anúncios afetará as extensões em outras categorias. 

A alteração restringiria os recursos de bloqueio de script do Chrome à nova API DeclarativeNetRequest, em vez da antiga API webRequest.
Raymond Hill, autor do uBlock Origin e dos bloqueadores de anúncios da uMatrix, disse em um relatório de bug: "Se esta (bastante limitada) API DeclarativeNetRequest acaba por ser a única maneira de os bloqueadores de conteúdo cumprirem seus deveres, isso essencialmente significa que dois bloqueadores de conteúdo que eu mantive por anos, uBlock Origin ("uBO") e uMatrix, não podem mais existir."


Pode decidir se a mudança é mais comercial ou orientada para a segurança. Eu acho que é orientada para fazer mais lucro...
Desenvolvedores de extensões em outras categorias informaram-se sobre como a mudança afetará os seus plugins - mais notavelmente, o software anti-malware destinado a impedir que os usuários acessem sites maliciosos e baixem arquivos infectados. Jouni Korte, engenheiro de software sénior da F-Secure disse: "Além do bloqueio de anúncios, isso parece afetar também os softwares de segurança que dependem de recursos de extensão para bloquear dinamicamente o tráfego de https classificado como malicioso ou prejudicial para o usuário. Isso inclui páginas que espalham mal / spy / whateverware, mas também, por exemplo, o tipo de controle parental de funções, ou seja, proteger o usuário (filho) do conteúdo categorizado como nocivo / indesejado para ele / ela."





Consultei o site LatestHackingNews e AllTop no dia 14/02/2019.









terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

As linguagens de programação mais populares


  Com o desenvolvimento tecnológico várias linguagens de programação foram criadas procurando facilitar a comunicação de instruções para um computador.
  A primeira linguagem de programação de alto nível amplamente usada foi Fortran, em 1954.
  Atualmente, existem mais de 100 linguagens, nos entanto as 5 mais conhecidas e mais usadas são, Java, C, C++, Python e Visual Basic.NET.

  No entanto o uso destas vai variando de ano para ano.

Esta segunda imagem contém os resultados de popularidade em Janeiro de 2019.



NLE - 5 programas gratuitos

NLE,  sistemas"Non-linear Editing", são programas que ao contrário do "Linear Editing" editam vídeo ou aúdio de uma forma não destrutiva. 

Existem muitos NLEs, assim escolhi uma lista de 5 programas gratuitos para que possam editar vídeos.
  • LightWorks - corre em Windows, macOS e Linux. É desta lista o programa mais completo, conta com funcionalidades gratuitas e pagas e foi utilizado para produzir filmes como LA Confidential, Pulp Fiction, Hugo e The Wolf of Wall Street.
  • iMovie - este software da Apple só corre em macOS e iOS e é uma ótima escolha para aqueles que utilizam estes sistemas operativos e até para aqueles que querem editar vídeo em sistemas mobile.
  • Avidemux - corre em Windows, macOS e Linux. É um programa open-source, simples e rápido, é no entanto também bastante capaz.
  • ShotCut - corre em Windows, macOS e Linux. Edita quase todos os formatos de vídeo e é perfeito para quem procura um programa simples e muito compatível.
  • Hitfilm Express - corre em Windows e macOS. É um software com muitas ferramentas, facilitando a introdução de efeitos especiais como os efeitos do Star Wars por exemplo. Conta também com bastantes tutoriais e ajudas para entender o funcionamento do programa.

Consultei digitaltrends.com dia 12/02/2019

Programação- A habilidade essencial do futuro





Mark Zuckerberg, Steve Jobs, Elon Musk: Os modelos de negócios de hoje são aqueles que criaram produtos de tecnologia que definem e moldam o comportamento de milhões - o iPhone, o Facebook, a Tesla, o PayPal. E nenhum deles poderia ter chegado onde estavam sem programação.Por exemplo Elon Musk - ele escreveu o seu primeiro jogo de computador com 12 anos e venceu com sucesso por US $ 500.
Programação é agora uma habilidade básica
Elon provavelmente não programa muito mais, ele tem funcionários para fazer isso por ele - mas os princípios e as habilidades que ele aprendeu são essenciais para gerenciar seus funcionários, criar novas idéias de negócios e administrar sua empresa.

E é por isso que codificar é tão essencial. Mesmo que você não programe no dia-a-dia, provavelmente estará supervisionando programadores ou trabalhando com eles de alguma forma.
Metade de todas as aberturas de programação não estão na indústria de "tecnologia". Em vez disso, eles estão em finanças, ciência, engenharia, saúde e muito mais.
A codificação não é mais uma habilidade especializada; é uma habilidade essencial


Vejamos um exemplo - a indústria da moda. A tecnologia wearable hoje em dia significa pulseiras e relógios inteligentes, mas dentro de alguns anos haverá roupas inteligentes que podem fazer tudo o que seu telefone faz hoje e muito mais. Roupas de ginástica que acompanham o seu desempenho, camisas que podem chamar um táxi no final de sua noite, roupas íntimas que monitorizam sua saúde: as possibilidades são quase infinitas. Diante desse futuro, que estudante de moda é mais empregadora: O Estudante A com apenas uma licenciatura de moda, ou o Estudante B, que tem uma licenciatura de moda, mas também aprendeu a codificar? Eu sei qual eu contrataria. O aluno B poderá entender e se comunicar com os especialistas criando a tecnologia com facilidade e exigirá um treinamento significativamente menor. As tendências futuras são centradas na tecnologia Dizem que as crianças de hoje terão até sete empregos diferentes, e cinco deles ainda não foram inventados. Isso pode ser verdade, mas olhando para tecnologias novas e disruptivas começando a entrar em cena hoje, podemos ver que haverá uma alta demanda por habilidades de codificação: Big Data, Inteligência Artificial, Internet das Coisas (IoT), Tecnologia Vestível, Realidade Virtual; quase todas as tendências futuras exigirão habilidades de codificação. Enquanto isso, os empregos tradicionais - manufatura, transporte e até negociação financeira - correm risco com a inteligência artificial. Até mesmo a lei, um trabalho tradicionalmente "seguro", com boas perspectivas, corre o risco de se contrair, à medida que a inteligência artificial aprende a fazer grande parte do trabalho pesado que compõe o trabalho do advogado no dia-a-dia. Agora ainda mais preocupado com suas perspectivas futuras de carreira? Não esteja. Você tem tempo para aprender a programar, se quiser, e há ferramentas que permitem que você se ensine gratuitamente. Seja qual for o setor escolhido, aprender a programar pode ser uma das melhores escolhas de carreira que você faz.

C++

O C++ é uma linguagem de programação de nível médio, baseada na linguagem C. O desenvolvimento da linguagem começou na década de 80, por Bjarne Stroustrup. O objetivo do desenvolvimento desta linguagem era melhorar uma versão do núcleo Unix. Para desenvolver a linguagem, foram acrescentados elementos de outras linguagens de vários níveis, na tentativa de criar uma linguagem com elementos novos, para revolucionar a programação. No inicio do desenvolvimento, a linguagem usava um pré-processador, mais Stroustrup criou um compilador próprio, com novas caracteristicas.
A primeira versão oficial do C++ apareceu em 1985, juntamente com o livro “The C++ Programming Language”, que esclareceu vários pontos sobre o C++. Em 1989 foi lançada uma segunda versão da linguagem, com acréscimo das caracteristicas: Herança múltipla, classes abstratas, métodos estáticos, métodos constantes e membros protegidos, acrescentando também um suporte de orientação a objeto. Um ano depois foi lançado o livro “The Annotated C++ Reference Manual”, que se tornou uma base.
O C++ tem uma enorme variedade de códigos, pois alem de seus códigos, pode contar com vários da linguagem C. Esta variedade possibilita a programação em alto e baixo níveis. O C++ apresenta grande flexibilidade, embora seja bom, este fcato faz com que a programação seja muito mais cuidadosa para não terem erros.
Alguns factos sobre o C++:
  • O C++ é uma linguagem criada para ser tão eficiente quanto o C, porém com novas funções.
  • É uma linguagem que suporta múltiplos paradigmas
  • A linguagem da liberdade para o programador escolher as opções, mesmo sendo a opção errada.
  • Muitos códigos podem ser transferidos para C facilmente, pois o C++ foi criado para ter compatibilidade com o C.
  • A linguagem não tem privilégios para alguns grupos de programadores, os comandos são feitos para todas as especialidades de programadores
  • Não é necessário um ambiente de desenvolvimento muito potente para o desenvolvimento de C++.
Alguns dos programas mais conhecidos são feitos em C++, ou parte dos seus códigos são nessa linguagem.  Alguns deles são: Adobe Photoshop, MySQL, Mozilla Firefox, Internet Explorer, Microsoft Windows, entre outros.
A linguagem C é mais complicada, e tem de se ter mais atenção a erros de lógica, porem é mais fácil corrigir os erros que em C++, pois muitas das sintaxes do C++ são sutis, e quando se erra alguma coisa mínima, o código simplesmente não funciona, ou em caso de erros menores, o código passa a apresentar problemas muito difíceis de identificar.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Google Chrome cada vez mais rápido




Google apresenta o seu novo modo "Never Slow"

Sendo um dos browsers mais utilizados pelos consumidores, Google Chrome que é um dos browsers mais rápidos, introduzirá um novo modo "Never Slow" que irá ser mais consistente, estável e rápido.

Como?

Como se sabe, hoje em dia, a "lentidão" com que as páginas carregam deve-se ao seu "peso" em scripts, imagens, anúncios e outros mais. Assim sendo o novo modo "Never Slow" que é ativável, permitirá ao utilizador limitar o consumo de recursos e não permitirá que qualquer elemento (scripts, iamgens ou outros) que demore mais do que 200 milissegundos a carregar, seja carregado.

Para que isto aconteça, os parâmetros iniciais a serem considerados como máximos são:
  • Valor máximo por imagem – 1 MiB
  • Limite máximo para imagens – 2 MiB
  • Valor máximo por formulário – 100 KiB
  • Limite máximo para formulários – 200 KiB
  • Valor máximo por script – 50 KiB
Será isto compensador?

Se o utilitário em questão quiser usufruir de uma navegação rápida e sem bugs, este é o modo indicado. Além disso, pessoas que utilizam o smartphone e dados móveis para navegar, poderão usar menos dados para visitar as páginas. O lado negativo é que os conteúdos das páginas não serão mostrados se forem demasiado grandes. 

domingo, 10 de fevereiro de 2019

JavaScript: O que é uma função e como funciona?

As funções são uma parte importante do JavaScript, sendo blocos de código utilizados para desempenhar funções específicas.

Uma função no JavaScript é definida através da palavra reservada function seguida do seu nome e de parêntesis. Os nomes das funções podem conter letras, dígitos, underscores, e cifrões (as mesmas regras que as variáveis).
Os parâmetros para a função são listados dentro dos parêntesis. 

Quando uma função é invocada, esta devolve aquilo que é programada para fazer com os parâmetros que lhe são atribuídos, por exemplo, um produto, uma soma, uma conversão, à semelhança de uma função matemática: entram os parâmetros e é devolvido um produto.

Imagem retirada de https://www.wwp.northeastern.edu/outreach/seminars/xslt_2011-06/presentations/xslt/mdh_javascript-for-xhtml-intro_10.xhtml
Fontes:
https://www.w3schools.com/js/js_functions.asp

As 3 principais linguagens de programação do mundo no ínicio de 2019

1.JavaScript

 É impossível ser um programador de software hoje em dia sem usar o Javascript. Primeiro na lista é Javascript, é impossível imaginar o desenvolvimento do software sem Javascript.
 Vendo os dados de 2018, o Javascript é a língua mais popular entre programadores já há 6 anos. 
Primeiramente, o Javascript é facil de aprender e interpretar e em jogos tem um papel importatíssimo. Mesmo algumas das plataformas sociais principais dos meios acreditam que o Javascript fornece uma maneira fácil de criar Web pages interativos e tem muita importância no mercado de emprego.
O Javascript também é preferido por causa da sua compatibilidade com todos os browsers mais populares.

2.Python

O Python é uma língua de programação de uso geral e user-friendly. Como o Java, a sintaxe do Python é desobstruída, intuitiva e quase igual à língua inglesa. O subconjunto "object-based" do Python é similar ao Javascript.
Sendo tão popular nas áreas como no computar científico, e na aprendizagem para utilizar em máquinas e na engenharia, Python suporta um estilo de programação que usa funções e variáveis simples.

3.Java

Java tem uma alta compatibilidade entre plataformas ou pode ser independente de uma só plataforma. Pode-se codificar em qualquer lugar (em todos os dispositivos), compile o código de baixo nível, e finalmente, execute em toda a plataforma usando JVM - a máquina virtual do Java (que é dependente da plataforma).Java também pode ser operado em Android.

JavaScript: Vantagens

O JavaScript é uma linguagem de programação com muitas vantagens sendo uma das linguagens mais usadas no mundo. Aqui ficam algumas vantagens do JavaScript.


O JavaScript é uma linguagem Client-side, ou seja, corre a partir do computador que está a abrir o programa e não no servidor. Esta linguagem é interpretada, sendo utilizada em conjunto com HTML.

Com esta linguagem também é possível controlar o comportamento do navegador, visto que o navegador consegue interpretar o JavaScript, sendo possível como criar janelas pop-up, apresentar mensagens ao utilizador, alterar as dimensões do navegador, interferir na barra de status, retirar menús, fechar e abrir janelas, etc.

Esta linguagem permite que sejam executadas ações com base nas respostas do usuário, através da programação impondo condições no programa.

A popularidade do JavaScript também se deve ao facto de esta ser fácil de aprender, sendo uma das linguagens de eleição dos principiantes, especialmente pois, sendo programado diretamente no browser, este dá um sentimento de gratificação imediata ao seu programador.

Fontes:
https://www.cpt.com.br/cursos-informatica-desenvolvimentodesoftwares/artigos/linguagem-de-programacao-javascript-as-principais-vantagens
https://pt.wikipedia.org/wiki/JavaScript

API, o que é?

A sigla API significa Application Programming Interface, em Português, Interface de Programação de Aplicações.
Esta permite a integração de sistemas, apresentando vantagens como a proteção e segurança dos dados, otimização da performance da plataforma, automatização dos processos, facilidade na troca de informação entre sistemas com diferentes linguagens de programação e a própria monetização da API 
Esta interface agrega um conjunto de padrões, de rotinas e de funções de programação definidos por intermédio de um software que possibilita o uso das funcionalidades das aplicações para uso dos serviços, sem necessidade da sua participação em processos demasiado complexos de implementação.
Resumidamente, uma API é um conector/interface que faz a interligação entre diferentes aplicações/sistemas com linguagens de programação distintas, de forma rápida e com toda a segurança necessária. Estas podem ser utilizadas nos mais diversificados tipos de negócio e nos mais diferenciados contextos.

Vantagens e Exemplos do uso das API

  • Segurança: Proporcionam uma troca de informações muito fiável e segura. No seu desenvolvimento, os programadores implementam todos os mecanismos necessários para assegurar a segurança a informações sensíveis. 
  • Websites: No desenvolvimento de um website ou de uma loja online é necessário implementar determinadas funcionalidades para as quais precisará de recorrer a APIs.
    • Google Recaptcha;
    • Google Maps;
    • Google Shopping ;
    • Integração dos Métodos de Pagamento;
    • A Google disponibiliza uma biblioteca de APIs  que poderão ser bastante úteis para implementar nos seus projetos.
  • Social Login: Ao aceder a determinados websites ou aplicações já se deparou com a possibilidade de efetuar o login, por exemplo via Facebook  ou Gmail.  Essa possibilidade é conseguida através de uma API implementada para o efeito, permitindo a otimização e a personalização da experiência do utilizador nos diferentes ambientes digitais.

Mulheres são uma minoria nas áreas de engenharia e ciências da computação

Apenas 28% dos investigadores do mundo são mulheres; situação é melhor na América Latina, onde a agência da ONU destaca que a paridade está próxima de ser alcançada; em Moçambique, três entre 10 engenheiros são mulheres.


A Unesco lançou um relatório esta quinta-feira alertando que as mulheres representam apenas 28% dos pesquisadores do mundo. Elas também são minoria nas áreas de engenharia e de ciências da computação.
Os dados globais mostram que existem muitas variações em cada região do mundo. Por exemplo, nas Filipinas e na Tailândia, 52% dos pesquisadores são mulheres, enquanto no Japão, elas representam apenas 15% no país, conhecido pela sua alta sofisticação tecnológica.

América Latina 
A situação da América Latina é um pouco melhor: a Unesco explica que a região está prestes a alcançar a paridade entre homens e mulheres nas ciências, já que elas representam 44% dos pesquisadores.
A estudante brasileira Maria Eduarda Rossi está cursando o último ano da faculdade de engenharia de produção. De São Bernardo do Campo, ela contou à ONU News suas expectativas em relação à carreira e como é ser mulher em um mercado dominado por homens.

Fraca representação 
“Antes de eu entrar na faculdade, eu sentia um preconceito maior do que eu vejo hoje. Dentro da minha sala de aula é muito equilibrado tanto de meninas quanto de homens que fazem este curso. Mas dentro da multinacional onde eu faço estágio, na gerência tem muito mais gerentes (engenheiros) homens do que gerentes mulheres. Muito pouca mulher que é uma gerente sênior do que os homens.”
Segundo a agência da ONU, as mulheres são bem pouco representadas no sector de engenharia. Israel tem apenas 14% de mulheres engenheiras e no Japão o índice é ainda menor, de apenas 5%.
A situação na América Latina também preocupa a Unesco devido à fraca participação feminina no campo das ciências da computação: o número de graduadas caiu até 13% nos últimos 17 anos.

África 
Por outro lado, a Unesco informa que o total de graduadas na área de ciências agrícolas está aumentando desde 2000. Na África Subsaariana, por exemplo, oito países tem 40% ou mais de mulheres no setor, incluindo Moçambique, África do Sul e Serra Leoa.
Moçambique também ganha destaque no relatório por ter 34% engenheiras mulheres, assim como Tunísia, com 41% e Brunei Darussalam, com 42%.
O relatório é lançado às vésperas do Dia Internacional das Mulheres e das Meninas nas Ciências, celebrado no dia 11 de fevereiro.

Sites consultados:

Primeira aplicação de smartphone que detecta uma overdose de opióides e os seus precursores

Pelo menos 115 pessoas morrem todos os dias nos EUA após uma overdose de opióides, de acordo com o Instituto Nacional sobre Abuso de Drogas.

Em 2016, os opióides injectáveis ​​ilegais tornaram-se a droga mais comum envolvida em mortes relacionadas à overdose. Os opióides são drogas que actuam no sistema nervoso para aliviar a dor. O uso indevido e contínuo pode levar à dependência física e estes são distribuídos em comprimidos, cápsulas ou na forma líquida. Este aumento de consumo levou a uma crise nacional de saúde pública e epidemia. 

Durante uma overdose, uma pessoa respira mais lentamente ou pára de respirar completamente. Estes sintomas são reversíveis com o fármaco naloxona, se for detectado a tempo, mas as pessoas que usam opióides sozinhas não têm como pedir ajuda em caso de overdose.

Investigadores da Universidade de Washington desenvolveram uma aplicação para telemóvel, chamada Second Chance, que usa um sonar para monitorizar o ritmo respiratório de alguém e sentir quando uma overdose de opióide está a ocorrer. A aplicação detecta com precisão sintomas relacionados à overdose em cerca de 90% do tempo e pode rastrear a respiração de alguém a até um metro de distância.

"O objectivo é que as pessoas possam usar a aplicação durante o uso de opióidios para que, se entrarem overdose, o telefone possa conectá-lo a um amigo ou a um serviço de emergência para fornecer naloxona", disse o autor correspondente Shyam Gollakota, professor associado da Universidade de Washington. Paul G. Allen Escola de Ciência da Computação e Engenharia diz "Criámos um algoritmo para smartphone que é capaz de detectar overdoses, monitorizando como a respiração de alguém muda antes e depois do uso de opióides."

O aplicativo Second Chance envia ondas sonoras inaudíveis do telefone para o peito das pessoas e verifica a maneira como as ondas sonoras retornam ao telefone para procurar padrões respiratórios específicos.

"Estamos a procurar por dois precursores principais da overdose de opióides: quando a pessoa pára de respirar, ou quando o ritmo respiratório de uma pessoa é de sete respirações por minuto ou menos", disse o Dr. Jacob Sunshine, professor assistente de anestesiologia e medicina da dor na Escola de Medicina da UW. "Menos de oito respirações por minuto é um ponto de corte comum em um hospital que levaria as pessoas a irem ao leito e garantir que o paciente está bem." Além de verificar a respiração, o Second Chance também tem atenção à maneira como as pessoas se movimentam.

"As pessoas nem sempre estão perfeitamente paradas enquanto injectam drogas, então queremos continuar a rastrear a sua respiração enquanto se movimentam", disse o principal autor do estudo, Rajalakshmi Nandakumar, um estudante de doutorado da Allen School. "Também podemos procurar movimentos característicos durante a overdose de opióides, como o descair da cabeça."

Para podermos usar dados do mundo real para projectar e testar o algoritmo por trás do aplicativo, os investigadores fizeram uma parceria com a instalação de injecção supervisionada Insite em Vancouver, no Canadá. O Insite é o primeiro site de consumo supervisionado legal na América do Norte. Como parte do estudo, os participantes da Insite usavam monitores nos seus cofres que também controlavam as taxas de respiração.

"Pedimos aos participantes que preparassem as suas drogas como normalmente fariam, mas monitorizamos as suas acções durante o minuto anterior à injecção, para que o algoritmo pudesse obter um valor de referência para a taxa de respiração", disse Nandakumar. "Depois de obtermos uma linha de base, continuamos a verificar os dados durante a injecção e os cinco minutos posteriores, porque essa é a altura em que os sintomas de overdose ocorrem."

Dos 94 participantes que testaram o algoritmo, 47 tiveram uma taxa de respiração de sete respirações por minuto ou mais lenta, 49 pararam de respirar por um período significativo e duas pessoas tiveram um evento de overdose que exigiu tratamento com oxigénio, ventilação e naloxona. Em média, o algoritmo identificou correctamente problemas respiratórios que prenunciam uma overdose com yma taxa de 90%.

Os investigadores também queriam ter certeza de que o algoritmo poderia detectar eventos reais de overdose, porque eles ocorrem com pouca frequência no Insite. Os pesquisadores trabalharam com equipes de anestesiologia no UW Medical Center para "simular" overdoses em uma sala de cirurgia, permitindo que o aplicativo monitorize as pessoas e detecte quando elas param de respirar.

"Quando os pacientes são anestesiados, eles experimentam grande parte da mesma fisiologia que as pessoas experimentam quando estão tendo uma overdose", disse Sunshine. "Nada acontece quando as pessoas experimentam este evento na sala de cirurgia porque estão recebendo oxigénio e estão sob os cuidados de uma equipe de anestesiologia. Mas este é um ambiente único para capturar dados difíceis para ajudar a refinar ainda mais os algoritmos para o que parece quando alguém tem uma overdose aguda".

Para a simulação, a equipe recrutou participantes saudáveis ​​submetidos a cirurgias electivas previamente agendadas. Depois de fornecer o consentimento informado, os pacientes receberam medicações anestésicas padrão que levaram a 30 segundos de respiração mais lenta ou ausente, e esses eventos foram capturados pelo dispositivo. O algoritmo previu correctamente 19 das 20 overdoses simuladas. No caso em que estava errado, a taxa de respiração do paciente estava logo acima do limiar do algoritmo.

Agora, a Second Chance está apenas a vigiar as pessoas que o usam. A equipa gostaria que a aplicação interagisse mais com os sujeitos.

"Quando a aplicação detecta respiração reduzida ou ausente, gostaríamos que ele enviasse um alarme pedindo à pessoa que interaja com ele", disse Gollakota. "Então, se a pessoa não conseguir interagir com ela, é quando dizemos: 'OK, esta é a altura em que precisamos alertar alguém', e o telefone pode contactar alguém com naloxona".

"Estamos a viver uma epidemia sem precedentes de mortes por uso de opióides e é lamentável, porque essas overdoses são fenómenos completamente reversíveis se forem detectadas a tempo", disse Sunshine. "O objectivo deste projecto é tentar conectar as pessoas que estão a experienciar overdoses sozinhas a terapias conhecidas que podem salvar as suas vidas. Esperamos que, ao manter as pessoas mais seguras, elas possam eventualmente aceder ao tratamento de longo prazo".


istock-moussa81-859090900.jpg



Sites consultados:

Arduino

Arduino Uno - R3.jpg
Arduino Uno SMD R3
O Arduino é uma empresa de hardware e software de código aberto, projecto e comunidade de utilizadores que projectam e fabricam microcontroladores de placa única e kits de microcontroladores para a construção de dispositivos digitais e objectos interactivos que podem detectar e controlar física e digitalmente. As placas Arduino estão disponíveis comercialmente em forma pré-montada ou como kits "Faça você mesmo" (DIY).

Os projetos da placa Arduino usam uma variedade de microprocessadores e controladores. Os microcontroladores são tipicamente programados usando um conjunto de recursos das linguagens de programação C e C++. Além de usar os tradicionais porta-ferramentas do compilador, o projecto Arduino fornece um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE) baseado no projecto de linguagem Processing (Processing é uma biblioteca gráfica de fonte aberta e um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE) construído para as artes electrónicas, novos media e comunidades de design visual com o objectivo de ensinar aos não-programadores os fundamentos da programação de computadores num contexto visual).

O projeto Arduino começou em 2003 como um programa para estudantes do Instituto de Design de Interação Ivrea em Ivrea, Itália, com o intuito de fornecer uma maneira fácil e de baixo custo para novatos e profissionais criarem dispositivos que interagem com o seu ambiente usando sensores e atuadores. Exemplos comuns de tais dispositivos destinados a iniciantes incluem robots simples, termostatos e detectores de movimento.

O nome Arduino vem de um bar em Ivrea, na Itália, onde alguns dos fundadores do projeto costumavam encontrar-se. O bar foi baptizado em homenagem a Arduíno de Ivrea, que foi o líder da Marcha de Ivrea e Rei da Itália de 1002 a 1014.

Mensagem em destaque

Python - News

NESTA PUBLICAÇÃO NÃO IREI ENSINAR NENHUM CONCEITO NOVO EM PYTHON, MAS SIM ACTUALIZAR OS MEUS LEITORES SOBRE UMA NOVIDADE RECENTE! O G...