sábado, 3 de março de 2018

Ficheiros AUP

Com a última publicação, há algo que também precisa de ser acrescentado: o Audacity tem um tipo próprio de projeto-ficheiro - AUP.

Este tipo de ficheiro contém informação e configurações sobre o projeto áudio e só pode ser aberto pelo Audacity.

Só há uma coisa que ainda não percebi: como é que eu abro este ficheiro em casa? Se alguém souber, por favor deixe nos comentários.

Resultado de imagem para aup file
Imagem 1
Consultei o seguinte site:_(http://whatis.techtarget.com/fileformat/AUP-Audacity-project-file)_no dia 27/02/18.


Audacity

Atualmente, em O.M.B., estamos a trabalhar com áudio. A ideia da coisa é fazer uma espécie de podcast sobre um tema à escolha do aluno do programa de História da Cultura e das Artes.

Pois… Já dá para perceber o ânimo em relação ao trabalho…

Mas pondo esse facto de lado e falando de coisas mais sérias, para editar as nossas gravações estamos a utilizar o programa Audacity, que é um sistema de edição áudio gratuito disponível para as plataformas Windows, Mac, Linux, e outros.

O programa é especialmente popular entre podcasters por ser uma aplicação aberta ao público, pelos seus recursos de edição [,] e a disponibilidade em várias plataformas.

(Desejem-me sorte!)

Imagem relacionada
Imagem 1

Consultei o seguinte site:_(https://pt.wikipedia.org/wiki/Audacity)_no dia 27/02/18.


Correção ortográfica e sintática: Anastasiia Kolesnyk.


Funcionalidades avançadas no Audacity

O Audacity é um software de gravações bastante utilizado pelo facto de ser gratuito e de simples utilização.

No entanto existem algumas funcionalidades do programas mais complexas, por exemplo:

  • A extracção e o formato do audio, que podem ser realizados em wav, mp3 ou OGG;
  • A insersão de efeitos e plug ins que, por mais simples que possam parecer, a escolha do efeito, reverb, delay, chorus, compressor, entre outros, para a parte certa da composição pode ser o mais difícil de todo o processo;
  • A montagem, mais especificamente utilizando partes soltas de vários audio, que, se feita de forma incorreta e descuidada pode tornar um grande protejo em algo medíocre.



Os melhores livros para quem quer estudar programação

Para todos aqueles que procuram levar a programação mais a sério aqui ficam algumas dicas dos melhores livros a comprar de modo a apreender melhor a programar. Esta lista de livros resulta de uma pesquisa feita de forma autodidacta. 

   1.Introdução à programação (Anita Lopes e Guto Garcia), este livro é mais aconselhado para todos os iniciantes no mundo da programação e para estudantes que estão com algumas dificuldades em apreender algoritmos da forma tradicional;
       
       Resultado de imagem

   2.Java como programar (Harvey M. Deitel), é um dos livros mais reconhecidos de programação em Javascript, o seu conteúdo é baseado na abordagem dos conceitos de classes e objectos;

      Resultado de imagem para Java como programar 
  
   3.Aprenda programação orientada a objetos em 21 dias (Anthony Sintes), este é um livro que permite dar ao leitor as ferramentas base na programação orientada a objectos;

     Resultado de imagem para aprenda programação orientada a objetos em 21 dias livro



Artigo publicado por: Francisco Manuel Rodrigues; nº:9; 12º ano; turma: 2ª;









Pixel Art

Embora já não estejamos a trabalhar em Photoshop eu acho sempre interessante utilizar o programa até mesmo que seja para gozo pessoal. Uma das minhas coisas favoritas de fazer no Photoshop é trabalhar em Pixel Art.
O que é Pixel Art?
 Pixel Art é uma forma de arte digital na qual as imagens são criadas ou editadas tendo como elemento básico os pixels.

Para quem está interessado em começar a criar coisas em pixel art aqui está um video para vos ajudar:

20 Truques de CSS

Para quem quiser melhorar as "skills" de CSS encontrei um website muito bom que possui uma lista com os truques básicos de CSS.  São 20 dicas de coisas essenciais que vão tornar o processo de criar um website menos repetitivo e também mais moderno.

Link do website: https://www.webdesignerdepot.com/2016/10/20-essential-css-tricks-every-designer-should-know/


Fonte: https://www.webdesignerdepot.com/2016/10/20-essential-css-tricks-every-designer-should-know/
Imagem: https://sites.google.com/a/aebenfica.org/bdimagens_rodrigo_valerio/imagens-blogue/CSS.png

Aprender CSS

    Existem dezenas de sites pela Internet fora dedicados a ensinar pessoas. Contudo, não se pode dizer que a qualidade seja constante por todos eles. Aliás, com tanta escolha, pode ser fácil perdermo-nos e gastarmos tempo valioso em sites que não são muito bons, ou até maus. Assim, no site que se encontra em baixo, está uma lista com 20 sites para aprender CSS. Se fizerem todos eles irão tornar-se peritos em CSS e, talvez, fazer coisas incríveis com esta linguagem de estilo!

 

sexta-feira, 2 de março de 2018

Funcionalidades básicas do Audacity

O audacity é um programa de gravação e tratamento de audio.

O programa apresenta algumas funcionalidades mais complexas e algumas mais simples.

Aqui ficam algumas das funcionalidades mais básicas do Audacity
  • Regulação de níveis, de mais ou menos ganho
  • Selecção da saída do audio, mono ou stereo;
  • Corte e colagem de pedaços da gravação;
  • Gravação e selecção da pista de audio.




Hello World! - Javascript

Para criar o famoso programa "Hello World" em javascript precisa de primeiro criar o ficheiro index.html com a estrutura básica do html.
 1
 2
 3
 4
 5
 6
 7
 8
 9
10
<!DOCTYPE HTML>
<html>

 <head>
 </head>

 <body>
 </body>

</html>

De seguida adicione a tag <script> no body, que diz ao browser para executar o código javascript entre <script> e </script>. Existem várias maneiras de colocar o texto "Hello World" a partir do javascript, eu optei por usar a funcão alert() que irá mostrar um pop-up ao usuário com o argumento da função alert.
 1
 2
 3
 4
 5
 6
 7
 8
 9
10
11
12
13
<!DOCTYPE HTML>
<html>

 <head>
 </head>

 <body>
    <script>
       alert('Hello World!');
    </script>
 </body>

</html>

Resultado final:

Fonte: https://javascript.info/hello-world 02/03/2018

Melhores sites com CSS

    Por vezes, quando se aprende algo, é bom ver o expoente máximo dessa coisa, para nos motivar a atingir esse grau de grandiosidade. Desse modo, no link que se encontra abaixo, irão encontrar 11 sites que recorrem a CSS para fazer coisas incríveis. Até mesmo quem apenas queira saber o básico e ficar por aí penso que ficará impressionado e a duvidar a sua escolha quando vir as coisas fantásicas que consegue fazer!

 

quinta-feira, 1 de março de 2018

A primeira coisa que fiz quando o professor me apresentou o enunciado foi fazer o curso do SoloLearn sobre HTML onde consegui o seguinte diploma:

Depois de completar o curso comecei a programar logo a planta da turma.
Depois de ter acabado criei o meu site publico: acampanico.tk
Depois pus o meu trabalho no github e associei-o ao site publico


quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Crash Course: Uma maneira de aprender vendo


    Desde 2012, a equipa constituida por John Green (autor de "A Culpa é das Estrelas"), Hank Green (seu irmão), entre outros, têm publicado no YouTube videos com cerca de 10 minutos, nos quais explicam tudo, desde os princípios da Física à história mundial, passado pela Economia, Literatura e a Química.
     Na aula de Física, o professor mostrou-nos um video deste canal e a matéria estava tão bem resumida e explicada que, em casa, procurei o canal e percebi que sempre que uma dúvida surgisse, quase de certeza que podia ser esclarecida por um dos 816 vídeos presentes no canal.
    Agora, na aula de Aplicações Informáticas, estamos a falar sobre linguagens de programação e eu pensei que seria boa ideia ver se eles tinham algo que nos pudesse ajudar, não só a mim mas a todos vós.
    Uma das "aulas" que encontrei tem o título de: "Programming Basics: Statements & Functions: Crash Course Computer Science #12". Nela fala-se sobre conceitos básicos da programação, o que poderá ser útil.
    Para além deste, tens uma série de outros videos sobre "Computer Science", 41 no total,  à tua disposição.
    Atenção, todos os vídeos são em inglês.

Fontes (28 de fevereiro de 2018):

Quem inventou o CSS?


    Agora que começamos a estudar e a trabalhar com CSS, é altura para fazer uma pequena introdução ao homem que inventou esta linguagem que permite melhorar e, na verdade, criar um o estilo para qualquer documento na web, isto é, um documento HTML.
    O CSS ou Cascading Style Sheets, tem como função descrever a maneira pela qual os elementos nessa página web devem estar posicionados, podendo alterar a sua cor, local, rotação, margens, fonte do texto, etc... Aparece pela primeira vez, em 1994, no mesmo local em que o HTML é desenvolvido, no CERN.
    Håkon Wium Lie nasceu em 1965, na Noruega. Quanto aos estudos, frequenta três universidades diferentes, incluindo o MIT, acabando com um mestrado em "Visual Studies". É este homem que, enquanto trabalhava com Tim Berners-Lee, inventa este modo de alterar e melhorar o aspeto de qualquer documento HTML.
    Em 1999, começou a trabalhar para a Opera Software e ganha um prémio, atribuído pelo MIT, que o põe entre os 100 melhores inventores abaixo dos 35 anos.
    Na atualidade, para além de se manter na Opera Software, vive em Oslo e tem como passatempos criar objetos feitos de madeira e andar de barco.
    
Fontes (dia 28 de fevereiro):

Porquê usar CSS?

    Agora que começámos a estudar CSS, é relevante perguntar: Porquê estudar CSS? Quer dizer, embora seja desaconselhado, é possível estilizar em certa medida as páginas que criarmos apenas com HTML. Podemos mudar as cores, adicionar limites, tabelas, tamanhos... Pode não ficar muito desenvolvido mas será que vale a pena estar a aprender uma nova linguagem de raíz?
    Bem, a verdade é que as razões para aprender e utilizar CSS vão muito além de apenas permitir estilizar em maior medida. Atenção, eu não estou a menosprezar as enormes capacidades de personalização que CSS acarreta em relação a HTML. E é completamente inegável que um site bem trabalhado em CSS tem uma aparência muitíssimo melhor do que qualquer site que recorra exclusivamente a HTML. Contudo, eu penso que há mais aspetos que valem a pena realçar no que toca às vantagens de CSS. Entre destacam-se 3. Primeiro, evita-se duplicação. Recorrendo a CSS, sempre que quisermos formatar um certo elemento, basta chamar um ficheiro externo, resolvendo numa linha o que podia, potencialmente, ocupar muitas mais. Depois, torna a manutenção do código mais fácil. Se quisermos alterar alguma coisa, não precisamos de ir à procura de um elemento específico no meio de todos os que se encontram na página, para mudar uma cor ou uma parte do aspeto. Não, com CSS (em particular se recorrermos a ficheiros externos) o código encontra-se separado e assim cada parte é muito mais fácil de encontrar. Por fim, penso que vale a pena reiterar que devido à grande variedade de estilos disponíveis, é possível usar diferentes combinações para diferentes propósitos, e todas elas são facilmente acessíveis.
    Ora, eu penso que este pequeno texto mostra que, embora aprender CSS dê algum trabalho, ao longo prazo as vantagens superam este trabalho e por isso é indubitavelmente a melhor escolha a fazer para quem quer que tenha ambições de ser um web designer ou simplesmente queira criar sites melhores e mais bonitos.




Memoria Descritiva:

Com este trabalho foi possível desenvolver as minhas capacidades de programação em HTML, linguagem esta que aprendi nas aulas de Aplicações Informáticas B. Teve como objetivo criar a planta da sala de aula através de uma tabela com imagens de perfil e respectiva legenda para cada aluno. Em seguida criei um perfil no github e no freenom para fazer o upload da minha página (passando a ser acessível por todos) e associei-a a um domínio publico samueltvaz.ga. Apenas ficaram a faltar as fotos dos alunos que faltaram à aula em que fizemos a sessão fotográfica.


Por fim, este é o meu certificado do curso de HTML da Solo Learn:

FBI pode "hackar" qualquer Iphone con iOS11

 Os Iphones embora tenham uma grande política de segurança e privacidade, existem terceiros a compromete-lo.
 Se até agora a dificuldade de acesso a um iPhone bloqueado era acrescida, a Cellebrite veio equilibrar o jogo e garantir que consegue desbloquear qualquer smartphone com iOS 11.
 O caso do bombista de São Bernardino, no ano passado, é um dos melhores exemplos dessa política. Este foi um caso que opôs o FBI à Apple e que obrigou a organização governamental a uma grande despesa para conseguir aceder aos dados do iPhone resgatado.

Noticia completa aqui.

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

PT05: Iniciação à Programação em HTML

Memória descritiva:

Quando o professor nos apresentou esta proposta de trabalho a primeira coisa que fiz foi o curso online do SoloLearn obtendo o meu certificado.














Após isso comecei por criar as pastas necessárias para o trabalho e de seguida criei o index.html.
Offline o trabalho tinha corrido,apresentando as imagens no sítio certo e os nomes mas quando fiz upload dos ficheiro para o Github maior parte da imagens não apareciam e havia problemas com o domain, fiquei horas a tentar descobrir o erro sem sucesso.
Apesar disso acho que a proposta de trabalho foi bastante interessante e ajudou me bastante para aprender como escrever em HTML.

PT05: Iniciação à programação em HTML

Memória  descritiva:

Para a realização deste trabalho, foi nos dada uma tarefa inicial que iria se tornar muito util no decorrer desta proposta de trabalho, o curso de HTML da SoloLearn, no qual eu fui capaz de obter o certificado com nenhuma dificuldade.

Com base em informações que obtive no decorrer do curso, dei inicio a "construção" das tabelas que seriam usadas posteriormente para a organização da planta da sala de aula, foi uma tarefa cansativa devido a sua extensa repetição de códigos, visto que era necessário criar diversas tabelas (no meu caso), e foi este passo que não foi do meu agrado.
De seguida, comecei a criar os meus sites de apoio, que seriam utilizados para exibir a planta da sala de aula, alguns testes com CSS e também com JavaScript.
Para a criação destes sites de apoio, foi necessário a utilização dos serviços do freenom.com, utilizado para redirecionar o nosso URL do GitHub, utilizei o domínio pedrofonseca.ga.
A planta nao ficou como eu esperava, devido ao facto de algumas restriçoes existirem no enunciado, como por exemplo, as tabelas centrais ficaram desalinhadas com o restante, coisa que o CSS resolveria.
Para acessar a minha planta da sala de aula digital, acesse o meu dominio: pedrofonseca.ga





   

PT05: Iniciação à Programação em HTML



















Na proposta de trabalho 5 foi pedido que, a partir do Notepad ++, que criássemos a planta da sala de aula ,do ano letivo 2017/2018 na disciplina de Aplicações Informática B (AIB) na Escola Secundária José Gomes Ferreira,.
Para além da planta da sala de aula teve de se fazer um curso do Sololearn sobre HTML. Com este curso foi mais fácil de aprender a programar em HTML. No fim deste curso recebe-se um diploma que vai ser mostrado um Printscreen do diploma.
Após ter acabado este curso o trabalho para preencher as linhas de código. Apesar de ter tido dificuldades em colocar as fotos nas linhas de código. Mas acabei por conseguir acabar as linhas de código e ficou com o seguinte aspeto:
Clique no seguinte link para ir para a página com a planta:

Jamendo

Olá Malta!!!
Até há bem pouco tempo, eu própria, não sabia o que era o Jamendo. Comecei por questionar o professor de Multimédia como poderia pôr músicas sem CopyRights no meu trabalho de edição de áudio porque através do YouTube era tudo com Direitos de Autor. Foi, então, que o professor me mostrou este site onde se pode descarregar as músicas sem estar a violar nenhum termo de plágio. 





Dicas de Edição de Áudio no Audacity

Olá malta!!!
Como todos sabem, ou se não, eu digo. O Audacity é um programa gratuito de edição de música, onde podemos fazer a junção de vários sons. Mas como não nascemos ensinados deixo aqui um vídeo explicativo com algumas dicas fundamentais para a edição de áudio. 

Divirtam-se!!!



PT05: Iniciação à Programação em HTML‎

  Memória descritiva:
    Para fazer este trabalho, tive de primeiro visualizar mentalmente a tabela que queria criar em HTML. Após isto fiz o curso do SoloLearn, onde aprendi várias técnicas para desenvolver tabelas, e obti o seguinte certificado:
    Com este novos conhecimentos fui capaz de começar a fazer o meu projeto, começando por criar duas tabelas com o número de células necessárias para introduzir as fotos e os nomes dos aluno, e o número dos computadores.
    De seguida, preenchi a tabela com os dados e os endereços para as imagens.
    Para adicionar as imagens à tabela tive que as recortar em massa, de modo a obter um formato em que a altura é superior à largura, usando o Irfanview, e em seguida redimensioná-las para um tamanho pequeno e um grande.
    Para finalizar este projeto, carreguei as pastas imagens, js, css e o ficheiro index.html para o meu repositório este0859.github.io no GitHub, e adquiri um domínio gratuito, festeves.ga, que redireciona para a página que contém a tabela criada por mim.
    Houve alguns contratempos durante a realização desta proposta de trabalho, tendo sido o mais difícil o facto de as imagens terem a extensão .JPG e não .jpg, o que não dá para alterar facilmente no Windows, por isso tive de usar um programa que se chama Free Commander.
    A parte que eu achei mais interessante deste trabalho foi foi o recorte e redimensionamento das imagens em massa, que é uma técnica bastante útil, que pode ser utilizada em vários contextos.
     Para concluir, penso que esta proposta de trabalho correu bastante bem, mas, como só era permitido o uso de HTML, e não de CSS, não foi possível criar a tabela que eu tinha idealizado exatamente.
  Aqui está o link para a minha planta da sala de aula: festeves.ga

Podcasts

Olá malta!!!
Para quem não sabe um Podcasting é (e passo a transcrever a Wikipédia): "Podcasting é uma forma de publicação de ficheiros multimédia (áudio, vídeo, foto, PPS, etc…) na Internet, através de um feed RSS, que permite aos utilizadores acompanhar a sua atualização. O utilizador pode, assim, meramente acompanhar, ou até mesmo a descarregar automaticamente o conteúdo de um podcast."

Mas não é do significado que venho falar hoje, porque a maioria deve saber o que é, para quem não sabia apenas deixei uma pequena explicação para ganhar interesse. 
Há vários sites pelo mundo da Internet de Podcasts sobre os mais diversos temas para todos os gostos e feitios, como se costuma dizer. Deixo-vos os da RTP https://www.rtp.pt/play/podcasts.

Divirtam-se a ouvir e quem sabe a saber mais acerca de algum assunto enquanto, por exemplo, cozinham!



Memoria descritiva do trabalho - André Costa 12º4 nº2


 Comecei este trabalho apenas por fazer o curso online da SoloLearn o que me deu uma vantagem enquanto escrevia em html. Como não utilizámos CSS a parte do curso de uma versão mais antiga da linguagem foi mais útil, não só por incorporar formatação mas também por ser mais simples e acessível.

Aqui está o certificado da SoloLearn:



  O projeto em si foi bastante fluído pois foi simples e repetitivo, não sendo necessário muito raciocínio a cada alteração que realizava.
  O problema foi quando quis disponibilizar o site online. Várias complicações com o github e mais algumas impediram-me de o fazer. Foi apenas com a ajuda do meu colega Fábio Franco que me apercebi do erro que fiz. O proble era que a localização de cada imagen teria que ser:

"imagens\nomedoficheiro.jpg" 
e não 
"C:\localizaçãodapasta\imagens\nomedoficheiro.jpg".
  
Um erro de principiante que de certeza não voltarei a cometer.

Link para o site final: andrecostapt5.tk



Digitalização sem Digitalizadora?

Os smartphones hoje em dia são vitais para o nosso dia a dia para solver problemas, desde os mais dificeis, daí recorremos sempre para os APPS. Neste caso, se necessitarmos de digitalizar uma foto, uma pagina ou um desenho, já podemos fazê-lo apartir do nosso telemovel com a ajuda deste app CamScanner.
O CamScaner é um app gratuito, no qual apenas através de uma foto, e um pequeno ajuste manual, é capaz de digitalizar qualquer folha. Este app depois converte-o em PDF (pré definido) mas também é possivel depois convertê-lo a jpeg se necessário.
O app está disponivel em ambos android e IOS, e é gratuito, porisso descarrega já ! :)




Tácticas para melhorar a dicção em apenas 5 minutos

É normal para nós, pessoas, sentirmo-nos nervosos ou ansiosos quando estamos a falar em público, ou a fazer alguma gravação de voz, por isso é que devemos estar sempre preparados, de modo a que estes incidentes não aconteçam e que o risco para o erro seja diminuído. Irei mostrar 3 pontos essenciais para melhorar a nossa dicção.

1- A primeira dica para quem quer saber como melhorar a dicção é gravar a si mesmo lendo um texto aleatório. Esta acção irá ajudar a memorizar pontos que precisam ser melhorados, ouvir quais sílabas nós temos mais dificuldade em pronunciar e os trechos que ficaram menos compreendidos.
Quanto mais opções testarmos, mais conhecimento teremos da nossa voz e dos pontos a melhorar.
2 - Para que nós tenhamos uma fala clara e limpa, é essencial trabalhar exercícios para a voz. Em momentos de nervosismo, como em um discurso público, por exemplo, é normal que a nossa voz trave ou acelere, fazendo com que as palavras saiam atropeladas, prejudicando a qualidade e a credibilidade da oratória. Além de respirar fundo e tentar se acalmar, faça um treino de nasalização para relaxar a voz. A vibração emitida pelo som ajuda a relaxar as cordas vocais.
3- O ritmo é fundamental para definir a nossa melhor dicção. Falar sempre ao nosso tempo, concentrar na melhor forma de pronunciar cada sílaba. Com calma, conseguimos comunicar e ler  melhor e com mais clareza. Para ter um bom parâmetro de como está a nossa clareza,devemos recorrer às gravações, tanto durante a prática de discursos, quanto durante os exercícios que estiver a ler. Caso detectarmos sons específicos em que nossa dicção esteja má, devemos procurar mais exercícios e continuar a trabalhar em cada detalhe.


Gravador de voz sem necessitar de gastar nada

Os apps hoje em dia, são sem duvida uma forma de nos ajudar em varias situações, e por vezes a zero custo, como este App Smart Recorder.
Através deste App, somos capazes de gravar a nossa voz sem necessitar de um equipamento profissional, e muitas das vezes fora do orçamento de vários estudantes. Este programa grava as nossas vozes em alta qualidade seja numa reunião, durante uma aula ou uma musica, porém ainda é necessário estar numa sala sem ruídos para que este app funcione a 100%.
Este App está disponivel no Android e IOS livre de custo, apenas necessitas de um Smartphone :)



https://play.google.com/store/apps/details?id=com.andrwq.recorder&hl=pt_PT

Como, facilmente, criar caricaturas

As caricaturas são uma forma e expressão de arte complicada, na qual tenta-se retratar a cara de uma pessoa, mas exagerando os seus defeitos ou qualidades, mas para bem não sabe manusear bem o Photoshop, ou tem uma dificuldade no desenho existem alternativas.
Este APP MomentCam é capaz de criar caricaturas com uma simples foto da nossa cara, e depois editá-la ao nosso gosto.
Este App está disponivel em ambos Android e IOS e é gratuito com algumas opções exclusivas pagas.



https://play.google.com/store/apps/details?id=com.manboker.headportrait&hl=pt_PT

domingo, 25 de fevereiro de 2018

PT05: Iniciação à Programação em HTML

O início deste trabalho teve como base o curso de HTML da SoloLearn. Este é um curso bastante útil para quem está a começar a trabalhar com HTML pois é bastante intuitivo. Após a conclusão deste curso, já tinha as bases todas para realizar o trabalho e fazer a planta da sala de aula.
Aqui está o diploma de finalização do curso:


Durante a realização do trabalho surgiram algumas dúvidas, que acabei por conseguir ultrapassar pesquisando ou com ajuda de colegas e amigos. Uma dessas dúvidas foi a ligação do domínio criado no Freenom com a página do Github. Outra dúvida que também tive foi como poderia deixar uma linha da tabela em branco mas com uma altura específica para deixar um espaço e "puxar" a tabela para baixo.

No inicio tinha feito o trabalho misturando bastante CSS, o que não era o pretendido. Por isso apaguei as partes do código relativas a CSS e baseei o meu trabalho simplesmente em HTML, ficando a achar que a planta podia ser visualmente mais apelativa recorrendo ao uso de CSS.

Link para a planta: http://fabiofranco.ga/

PT05: Planta da Sala de Aula

     Neste PT05, foi nos pedido para realizarmos uma planta da sala de aula em HTML, onde tinha imagens de cada aluno e legendas.
    Eu pouco percebia sobre programação em HTML, por isso realizei o curso no SoloLearn, que em poucas horas aprendi bastante sobre HTML.



Depois disto, o trabalho ficou muito mais fácil, com a construção de tabelas e filas onde bastava por a informação com um código, que na minha opinião, era bastante fácil de entender.



PT05-Introdução ao HTML

Este trabalho teve inicio com o curso do site SoloLearn de HTML. Após concluir o curso, que foi muito intuitivo e fácil de entender, ascendi para um novo nível que possui um diploma, algo que me deixou muito orgulhoso e contente comigo próprio.

Tive várias duvidas durante a realização do trabalho, que esclareci por tentativas, ajuda de amigos e também com a consulta da Internet.
  • Um dos momentos mais marcantes, devido ao tédio que induziu em mim, foi a redimensionamento das imagens para terem a escala desejada (100x100 px) 
  • Outro momento muito marcante na realização deste trabalho foi mesmo a conclusão. Após concluir e dar uma segunda olhada para o script e velo a tomar forma foi muito gratificante. 
Por fim, penso que este trabalho foi bastante stressante mas muito recompensador.
Para quem quiser ver a minha planta da sala pode ver aqui

Dicção - Dicas para a Melhorar

Como posso melhorar a minha dicção?

A voz é um elemento importantíssimo para a comunicação, e comunicar é essencial à vida, é através dela que nos expressamos e damos a conhecer ao outro os nossos pensamentos, ideias, sentimentos, etc.
Podemos nos comunicar de forma não verbal, através de gestos e da postura, dos sons, das cores, por exemplo. Verbalmente, através da escrita e especialmente através da fala.
Falar de forma adequada e eficaz requer clareza e objectividade para que sejamos entendidos pelo ouvinte.  Um elemento chave deste processo é a voz.
A importância da boa dicção:
A dicção é a pronúncia do som das palavras, das sílabas e das letras na fala. Para sermos entendidos precisamos de uma dicção clara e precisa. A dicção pode e deve ser trabalhada,de forma a aperfeiçoarmos o nosso discurso.
Três fatores que contribuem em muito para um bom discurso são relaxar, respirar corretamente e articular adequadamente as palavras.
A seguir deixo enumeradas algumas dicas para melhorar a dicção:
1. Gravar e ouvir a própria voz:
Uma boa técnica é gravar a leitura de um texto aleatório. Assim conseguimos perceber os pontos que precisam ser melhorados, ouvir quais sílabas em que temos mais dificuldade em pronunciar e as partes que se percebem pior.
2. Escolher o ritmo ideal para a fala
O ritmo é fundamental para definir a sua melhor dicção. É necessário falar num tempo próprio, com calma e pausadamente. Assim podemos concentrar-nos na melhor pronunciação de cada sílaba. 
3. Trabalhar o relaxamento da voz
Para ter uma fala clara e limpa, é essencial trabalhar exercícios para a voz, podendo ser orientados por um fonoaudiólogo. Em momentos de nervosismo, como em um discurso público, por exemplo, é normal que a nossa voz trave ou acelere, fazendo com que as palavras saiam atropeladas, prejudicando a qualidade e a credibilidade da oratória. Para contrariar isto devemos tentar respirar fundo e acalmar, tentando esquecer os nervos, podemos também fazer um treino de nasalização para relaxar a voz:
Primeiro, bloquear a entrada de ar, fechar as narinas com os dedos, depois pronunciar o som “hummmm” com a boca fechada, por mais ou menos um minuto. 
A vibração emitida pelo som ajuda a relaxar as cordas vocais.



Memória descritiva - PT05: Iniciação à Programação em HTML

  • Para a realização deste trabalho foi necessário instalar o notepad++ para editar o código html. Optei também por instalar o GitHub Desktop o que facilitou o processo de upload dos ficheiros para o github.
  • Comecei por criar uma versão da planta da sala de aula com html + css (LINK), infelizmente não era permitido a utilização do css e tive que fazer várias modificações ao código.
  • Neste trabalho o passo mais interessante foi a criação da tabelas, pois foi desafiante encontrar a melhor forma de organizar os dados. O passo que deu mais trabalho foi a implementação das imagens e dos links das imagens, porque apesar de ser fácil era bastante trabalhoso (redimensionar a imagem, mudar o nome da imagem, inserir a localização da imagem no código...).
  • Eu nunca tinha programado em html, e tive algumas dificuldades. A maioria dos problemas conseguia resolver rapidamente através do debugging. Consultei também alguns sites para obter ajuda, principalmente o w3schools.
  • Para este trabalho inspirei-me no design da planta disponibilizada pelo professor. Decidi usar duas tabelas, uma para as filas da esquerda e outra para as filas da direita, como base do trabalho.
  • Tendo em conta que apenas era permitida a utilização de html, estou satisfeito com o meu trabalho, é claro que certas coisas podiam ser melhoradas, mas não quis complicar demasiado o código. Neste trabalho aprendi muito sobre html e também css.
  • Decidi criar um website (LINK) que contém o link para o site com html + css e o link do site com apenas html.

Planta do professor
Site com o link para ambos os websites
1º Website,  contém css
Website final, apenas html
Certificado SoloLearn



Reyna Biddy - Prosa e Poesia Faladas


Reyna Mays, conhecida por "Reyna Biddy", é uma escritora de poesia e prosa faladas. Com apenas 22 anos a autora é conhecida pelas suas mensagens positivas sobre auto-ajuda.  

Em pequenos versos, brutalmente honestos, os poemas de Reyna Biddy exploram a dor, o caos emocional e o poder do amor próprio, despertando no ouvinte uma certa empatia.

A escritora tem já dois livros publicados I Love My Love e  A Psalm for Us

O mais interessante nesta autora e o que, na minha opinião a torna única, são as versões lidas das suas obras (disponíveis no youtube), em que através da sua voz conseguimos relacionar-nos e aprender algo com ela.

Deixo-vos com algumas das minhas obras favoritas:



A Message to Women


OK for now



Memorial


 No dia 25/02/18 ás 18.00

Codecadamy ou SoloLearn?




    No que toca a aprender qualquer que seja a coisa online, é um dado mais que adquirido que há muito por onde escolher. E esta situação não é diferente em relação a aprender a programar nos diversos tipos de linguagem.
    Existem vários sites que possibilitam uma aprendizagem, mas aqui irei falar do Codecademy e o SoloLearn.
    A Codecademy foi fundada em 2011 e tem ganho popularidade ao longo dos anos. De gratuito acesso, tem os cursos em diferentes língua, como inglês, português, francês e espanhol. Chegou mesmo, em 2014, a ter mais de 24 milhões de usuários ativos a completarem 100 milhões de atividades (exercícios propostos).
    O SoloLearn foi fundado em 2014, por isso mais recente que o Codecademy, e tem à disposição 13 cursos diferentes todos sobre programação. Também é gratuito, contudo, a única língua disponível é o inglês.
    Agora tomando atenção à opinião dos utilizadores, é dito em grande percentagem dos casos que o Codecademy é melhor que o SoloLearn nos cursos que oferecem, mas por não ter uma aplicação móvel como o SoloLearn tem, perde aí alguns pontos. Para além disso, a comunidade no SoloLearn é melhor e mais interativa.
    A meu ver, cada um tem os seus prós e os seus contras, mas por causa da proposta de trabalho 5 que realizamos, fiquei muito satisfeita com o SoloLearn.
    Em suma, somos todos diferentes e temos todos opiniões diferentes. Para sabermos o que é melhor para nós não há nada com experimentar. E ao experimentar estes dois ou outros não referidos, aprendemos mais, até por que o saber não ocupa lugar.



Fontes (todas consultados no dia 25 de fevereiro de 2018):

Mensagem em destaque

Python - News

NESTA PUBLICAÇÃO NÃO IREI ENSINAR NENHUM CONCEITO NOVO EM PYTHON, MAS SIM ACTUALIZAR OS MEUS LEITORES SOBRE UMA NOVIDADE RECENTE! O G...