Pesquisar aqui

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Porquê usar CSS?

    Agora que começámos a estudar CSS, é relevante perguntar: Porquê estudar CSS? Quer dizer, embora seja desaconselhado, é possível estilizar em certa medida as páginas que criarmos apenas com HTML. Podemos mudar as cores, adicionar limites, tabelas, tamanhos... Pode não ficar muito desenvolvido mas será que vale a pena estar a aprender uma nova linguagem de raíz?
    Bem, a verdade é que as razões para aprender e utilizar CSS vão muito além de apenas permitir estilizar em maior medida. Atenção, eu não estou a menosprezar as enormes capacidades de personalização que CSS acarreta em relação a HTML. E é completamente inegável que um site bem trabalhado em CSS tem uma aparência muitíssimo melhor do que qualquer site que recorra exclusivamente a HTML. Contudo, eu penso que há mais aspetos que valem a pena realçar no que toca às vantagens de CSS. Entre destacam-se 3. Primeiro, evita-se duplicação. Recorrendo a CSS, sempre que quisermos formatar um certo elemento, basta chamar um ficheiro externo, resolvendo numa linha o que podia, potencialmente, ocupar muitas mais. Depois, torna a manutenção do código mais fácil. Se quisermos alterar alguma coisa, não precisamos de ir à procura de um elemento específico no meio de todos os que se encontram na página, para mudar uma cor ou uma parte do aspeto. Não, com CSS (em particular se recorrermos a ficheiros externos) o código encontra-se separado e assim cada parte é muito mais fácil de encontrar. Por fim, penso que vale a pena reiterar que devido à grande variedade de estilos disponíveis, é possível usar diferentes combinações para diferentes propósitos, e todas elas são facilmente acessíveis.
    Ora, eu penso que este pequeno texto mostra que, embora aprender CSS dê algum trabalho, ao longo prazo as vantagens superam este trabalho e por isso é indubitavelmente a melhor escolha a fazer para quem quer que tenha ambições de ser um web designer ou simplesmente queira criar sites melhores e mais bonitos.




Sem comentários:

Enviar um comentário

Comente de forma construtiva...