sexta-feira, 12 de maio de 2017

Atualmente, há muitos editores de vídeo disponíveis para os computadores com Windows, e muitos deles são bem mais simples do que a grande maioria imagina. É claro que também há funções profissionais e complexas, criadas para fazer com que os editores consigam dominar qualquer transição, efeito ou corte de câmera.



1. Avidemux
    Quem já precisou fazer ajustes e edições simples em vídeos baixados ou gravados certamente já pensou se existe algum aplicativo simples e com funcionalidades voltadas aos iniciantes. Felizmente, esses softwares realmente existem, e uma excelente opção disponível atualmente é o Avidemux —voltado para quem deseja fazer pequenas correções de cor e brilho em clipes de qualquer formato.
    Além disso, o software garante fáceis ajustes de subtítulos, inserção de logos e vários outros recursos similares. Vale dizer também que o Avidemux é conhecido por sua leveza e estabilidade, permitindo que até mesmo usuários com computadores menos poderosos possam utilizá-lo sem problemas.


Figura 1



2. Windows Movie Maker
    Outra opção descomplicada e excelente para edições simples, o Windows Movie Maker pode até sofrer um pouco de preconceito, mas é uma grande mão na roda. Se você precisa de uma ferramenta para unir dois vídeos criados com uma GoPro, por exemplo, não precisa de mais do que vai encontrar na ferramenta da Microsoft. Ele também é bem competente para a criação de transições e outros ajustes simples.

Figura 2



3. Lightworks
    Existem duas versões do Lightworks, mas hoje vamos nos dedicar a falar sobre a gratuita. O software é uma ótima ferramenta para quem precisa editar vídeos de um modo rápido e descomplicado — uma vez que o grande diferencial dele está justamente na otimização para o aumento de velocidade, desde a aplicação de filtros e efeitos até a renderização dos conteúdos criados ali.

Figura 3



4. Shotcut
    Mais um software simples e eficaz, o Shotcut garante que os consumidores possam fazer uma série de ajustes bem legais em seus vídeos. Com o aplicativo, é possível fazer a adição de filtros especiais (como borrões, balanço de cores, modificação de brilho e modificação de saturação), utilização de recortes e muito mais.

Figura 4


5. Jahshaka
    Esta é uma das ferramentas mais completas para quem procura um software gratuito e de código livre — podendo ele ser considerado o GIMP dos vídeos. Estamos falando do Jahshaka, um editor que traz diversos recursos e efeitos capazes de transformar os filmes, músicas e animações em arquivos profissionais.

Figura 5



6. Wondershare Filmora
   Com a interface bem bonita e leve, o Filmora é um editor de vídeos que une ferramentas avançadas e filtros modernos e simples de serem usados. Também há a possibilidade de adicionar stickers aos materiais produzidos no aplicativo, sendo portanto uma excelente opção para quem precisa de ajuda em edições caseiras.

Figura 6



7. VSDC Free Video Editor
   Outra opção simples e intuitiva, o VSDC Free Video Editor traz vários recursos bem legais para os usuários que querem mais do que apenas slideshows com suas fotografias. Este aplicativo conta com recursos qualificados e uma grande variedade de efeitos e filtros predefinidos, os quais podem ser aplicados a uma gravação ou montagem com um simples clique.

Figura 7

Fátima 2017: Papa Francisco chegou a Portugal

Celebração do centenário e canonização 
dos pastorinhos Francisco e Jacinta.

Monte Real, 12 mai 2017 (Ecclesia) - O Papa Francisco chegou hoje a Portugal, para visitar pela primeira vez o Santuário de Fátima, em peregrinação, por ocasião do Centenário das Aparições, ocasião em que vai também canonizar os pastorinhos Francisco e Jacinta Marto.

O voo papal aterrou na Base Aérea de Monte Real, no Concelho de Leiria, onde o Papa vai ser recebido pelo presidente da República Portuguesa, os responsáveis da Conferência Episcopal e do Santuário de Fátima e outras autoridades civis.

Figura 1

No local estão cerca de mil pessoas, militares e funcionários civis da base com as suas famílias.
Francisco é o terceiro Papa a usar a base área, depois de Paulo VI (1967, vindo de Roma) e João Paulo II (1991, vindo do Funchal).

Após os cumprimentos de diferentes individualidades, Francisco encontra-se com o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, numa audiência privada.





Como editar vídeos através do app do YouTube para iOS ou Android





A plataforma de streaming mais popular da atualidade permite não apenas o upload de vídeos, mas oferece apoio, também, à captura de vídeos a partir de seu próprio app (disponível para Android e iOS). E usuários que desejam adicionar efeitos simples ou cortes aos clipes compartilhados não precisam sequer de baixar ferramentas adicionais.

É que, agora, a versão do YouTube para telemóveis conta com recursos que permitem a edição rápida de vídeos. É importante observar que as ferramentas são destinadas a modificações simples – não é possível, por exemplo, adicionar transições elaboradas ou animações às cenas.

Adicione faixas ao seu vídeo antes de fazer o upload, faça cortes e até mesmo deixe seus registos em preto e branco sem que apps adicionais tenham de ser usados.

Fonte: https://www.tecmundo.com.br/edicao-de-video/101930-editar-videos-app-do-youtube-ios-android.htm

Google Fotos agora tem recurso de estabilização de vídeos



A Google acaba de revelar uma novidade para a sua aplicação de edição e organização de conteúdos multimédia. A partir de agora, é possível usar o Google Fotos para fazer com que vídeos gravados no seu telemóvel fiquem mais estáveis - mesmo que tenham sido gravados com smartphones que não possuem estabilização.

É claro que não se trata de uma estabilização como a conseguida por peças mecânicas ou recursos eletrónicos em smartphones topo de linha, mas a Google promete que isso vai deixar os vídeos mais bonitos - principalmente aqueles que foram gravados com muitos tremores.

A novidade já está disponível na versão 2.13 do Google Fotos. Ela já começou a ser liberada em vários locais e deve chegar também aos nossos smartphones em breve. Será que veremos bons resultados com esse novo recurso?









Fonte do vídeo: https://youtu.be/XIQ0BoLLKVg

Fonte do texto: https://www.tecmundo.com.br/google-fotos/115848-tremedeira-google-fotos-tem-recurso-estabilizacao-videos.htm

‘Sexta-Feira 13’ ganha curta-metragem assustador feito por fã

Filmes de terror filmados com apenas uma câmera de mão, no formato amador, fazem sucesso desde o lançamento de ‘A Bruxa de Blair’, em 1999.
O reboot de ‘Sexta-feira 13’ ia seguir o mesmo padrão, adotando o gênero found footage para contextualizar a narrativa. No entanto, o projeto foi completamente descartado do calendário de produções da Paramount Pictures e o tão aguardado retorno do clássico iniciado nos 80 acabou sendo arquivado.
Mas um Youtuber, chamado Magnus Mefisto, decidiu trazer à vida a ideia, com um curta-metragem, aos moldes da found footage, de quase quatro minutos.


Intitulado ‘Trágica Exploração no Bosque’, o curta traz Magnus fazendo uma viagem ao abandonado Crystal Lake, até que ele esbarra em uma evidência que parece provar que Jason Voorhees realmente existe. O material visto teria sido encontrado nos bosques de Nova Jersey:


Consultado a 12 de maio de 2017

Storyboard

Um storyboard é um guia visual que narra as principais cenas de uma obra audiovisual, sendo, no geral, apresentado por desenhos rápidos e objetivos com poucos detalhes.

É uma técnica indispensável: a criação de uma obra audiovisual deve ser feita partir do respetivo storyboard, previamente elaborado, uma vez que este ajuda a organizar e a planear o filme, permitindo ao autor experimentar diferentes enredos e partilhar e visualizar a sua ideia. No storyboard, além de se definir a ação da obra, definem-se também outras características importantes como planos de filmagem e modos de filmagem das várias cenas do filme.




Storyboard No Country For Old Men


Storyboard  Star Wars

quinta-feira, 11 de maio de 2017

CTT testa drones para entrega de correio

Os CTT – Correios de Portugal realizou, durante três dias, testes para entrega de correio por drone. A experiência, organizada pela startup Connect Robotics, foi testada num percurso de 3km, feito em cerca de 7 minutos.
O Centro de Distribuições dos CTT foi o ponto de partida da operação, que terminou na sede da empresa, no Parque das Nações. Por se tratar de uma área controlada pelo Aeroporto Humberto Delgado, o voo teve apenas uma altitude de 30 metros.
Os ensaios com o drone, desenvolvido pela empresa portuguesa SleekLab, contaram com a autorização da Autoridade Nacional de Aviação Civil.
Incubada no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, a Connect Robotics já recebeu apoio do Centro de Incubação de Empresas da Agência Espacial Europeia (ESA BIC Portugal) e do projecto europeu FIWARE (através aceleradora SOUL-FI).
via PCguia

Fotógrafa de guerra capta o momento da própria morte



Foi há quase quatro anos que uma violenta explosão de um tubo de argamassa tirou a vida a Hilda Clayton, fotógrafa de combate do Exército norte-americano, que se encontrava no Afeganistão a testemunhar exercicíos de tiro. De câmara na mão, Hilda Clayton tirou uma última fotografia, segundos antes de morrer. Agora a edição bimensal da revista do Exército dos Estados Unidos, de maio e junho, a ‘Military Review’, divulga as fotos inéditas e oferece uma visão assombrosa sobre os momentos finais da jovem.

De acordo com o jornal norte-americano ‘The Washington Post’, Hilda Clayton tinha apenas 22 anos e tinha sido destacada há menos de uma ano para cobrir os desenvolvimentos no Afeganistão, numa altura em que o Exército afegão se aliava às forças norte-americanas para pôr fim a um conflito que durava há quase quinze anos. Num breve artigo sobre o incidente, a ‘Military Review’ elogia os serviços prestados por Hilda Clayton, afirmando que ela morreu a documentar uma “conjuntura histórica crítica” da Guerra.





Consultado a 11 de maio de 2017

Pixilação

A nossa mais recente proposta de trabalho foi criar em grupos uma animação utilizando a técnica da pixilação, e como em muitos trabalhos realiza-se uma pesquisa como tal procurei alguns exemplos no Youtube e decidir partilha-los neste post.
Ver o seguinte post para mais vídeos de inspiração.








Texto da minha autoria e vídeos retirados do youtube (os vídeos colocados neste post não me pertecem).


quarta-feira, 10 de maio de 2017

Alta Definição

Hoje partilho convosco uma entrevista feita a José Cid por um programa televisivo, Alta Definição, que as partilha semanalmente.




Samsung Galaxy S8 vs Huawei P10

Durante umas horas levamos o Huawei P10 e o Samsung Galaxy S8 a passear no centro de lisboa tirando algumas fotografias pelo caminho, para nos ajudar a perceber qual camara se ajusta a cada estilo.


                                     Huawei p10                                           samsung p10

A foto do samsung apresenta cores mais saturadas  que tornam a imagem mais vibrante e com mais contraste. O huawei captou uma imagem com talvez demasiada exposição, mas que aparentemente apresentam uma representação mais fiel da realidade.


Ambos os smartphones estao equipados com sensores distintos com prós e contras para ambos os lados por isso produzem também imagens distintas. Acaba por se tornar difícil declarar um vencedor, a maior conclusão que tiramos é que a escolha acaba por defender do estilo do utilizador.
Se  objectivo é obter imagens vibrantes o Samsung é a escolha mais acertada. Para fotografias com mais detalhe e menos saturação o Huawei é o candidato ideal.




Consultado a 10 de maio de 2017

Premiere CC vai receber ferramentas para a edição de vídeo a 360 graus

A Adobe vai disponibilizar uma nova versão do suite Creative Cloud que inclui uma versão actualizada do Premiere CC com ferramentas para a edição de conteúdos em vídeo em 360 graus.
A nova versão do Creative Cloud, que vai ser lançada no próximo Verão, irá também oferecer ao utilizador a capacidade para iniciar a edição de ficheiros de vídeo e de áudio durante o processo de importação assim como facilitar a edição de conteúdos em 8K, HDR e HFR.
A Adobe já fez saber que irá adicionar o painel Essential Sound, que permite ajustar os níveis de áudio, ao Audition CC.
via Tom's Hardware


"Amélia & Duarte"

Cinemax exibe "Amélia & Duarte", uma curta metragem premiada com o Sophia na categoria de animação e com os prémios das competições nacionais da MONSTRA e do Cinanima.

A primeira curta metragem de Alice Guimarães e Mónica Santos funde os géneros da ficção e da animação narrando a história amorosa de um par que lida com o final de uma relação.




A curta metragem tem um estilo cativante e original, tendo sido realizada através do recurso as técnicas de pixilação e stopmotion.



Consultei o seguinte site no dia 8 de Maio de 2017.

Diretor de arte de “A Guerra dos Tronos” Paul Ghirardani dá conferência em Lisboa

O diretor de arte da série "A Guerra dos Tronos", Paul Ghirardani, vai estar no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, a 17 de maio, para dar uma conferência, anunciou a organização.




A conferência, sobre os bastidores das cidades da série, que cruzam realidade e ficção, acontece no âmbito da Trienal de Arquitetura de Lisboa.

Após esta conferência da 3.ª edição do ciclo “Distância Crítica”, Paul Ghirardani conversará com o arquiteto português Manuel Graça Dias, respondendo também a questões do público.


“A Guerra dos Tronos” é uma série de televisão criada por David Benioff e D. B. Weiss com base na série de livros A Song of Ice and Fire, de George R. R. Martin, e tem sido rodada no Canadá, na Croácia, na Islândia, na Malta, em Marrocos, em Espanha, no Reino Unido, nos Estados Unidos e na República da Irlanda.

A primeira temporada da série estreou-se em 17 de abril de 2011, tendo sido já exibidas seis temporadas, com grande sucesso, estando o primeiro episódio da sétima previsto para 16 de julho, com transmissão em Portugal no dia seguinte, no canal Syfy.

Diplomado em Design Tridimensional pela Kingston School of Arts no Reino Unido, Paul Ghirardani trabalha desde 1998 em cinema e televisão tendo conquistado cinco Primetime Emmys e dois America Awards.

O objetivo das conferências “Distância Crítica” é, segundo a organização, proporcionar um espaço de diálogo entre o público e os arquitetos convidados, e nesta terceira edição foram alargados os temas de debate “para além da arquitetura dita real, abrindo-se agora espaço para os que operam no campo ficcional através da cenografia e ensaios de alta tecnologia”.

Neste novo ciclo, que se realiza entre 2017 e 2019, a Trienal aponta que foram selecionados autores cuja prática e a consistência de uma longa carreira são reconhecidas pela crítica, tornando-se referências do pensamento e prática no panorama mundial da arquitetura.



Site Consultado (8/5/2017): http://observador.pt/2017/05/08/diretor-de-arte-de-a-guerra-dos-tronos-paul-ghirardani-da-conferencia-em-lisboa/

terça-feira, 9 de maio de 2017

Exportar no Premiere

Visto que tive alguma dificuldade em exportar o trabalho de pixilação que montei com a ajuda do Adobe Premier CC 2017 deixo aqui um vídeo que ajuda a compreender como se faz:





Adobe Premiere Pro 11.1.1 update impede que o NLE apague os ficheiros media

Notícia da News Shooter

Exposição de Fotografia de Luís Reina patente no Espaço PT Tenente Valadim

Luís Reina, nascido no Porto, habitante de Vila Nova da Telha, é um viajante do mundo. Por onde passa, traz consigo pedaços de lugares, gravados em fotografias, cuja técnica aperfeiçoou em diversos cursos, alguns temáticos, como o de “Fotografia arqueológica”, no Museu Nacional de Arqueologia. 



«O género de fotografia analógica que faço - Fotografia de Viagem - é consequência da minha paixão em viajar, e procuro transmitir com esta Arte o fascínio de um mundo muitas vezes desconhecido. Fotografar, para mim, é a sensibilidade de captar um determinado momento».
“Palmira, Rainha do Deserto” surge de uma viagem à Síria, há cerca de 10 anos, em que visita as ruínas da cidade de Palmira, Património Arqueológico da Humanidade, palco do melhor e do pior do que a Humanidade é capaz. Segundo o autor, nunca este palco foi tão emblemático dos dramas dos nossos dias, como tem sido nos tempos mais recentes. “Palmira, Rainha do Deserto”, é assim fotografia de viagem: no espaço, no tempo, mas também na cabeça e no coração dos Homens. Para ver até final deste mês.



Site Consultado: (8/5/2017): http://www.maiahoje.pt/noticias/ler-noticia.php?noticia=1760#.WRChueXyvIU

Sony Alpha 9

A Sony apresentou a sua nova máquina mirrorless full frame. A Alpha9 é a mais completa, veloz e potente mirrorless da marca e tem com principal objetivo competir com as outras máquinas SLR presentes no mercado.

A empresa disse que a máquina é "tecnologicamente mais avançada e inovadora" que alguma vez criaram, e veio com uma forte tentativa de ameaçar máquinas como a Canon1DX Mark II e a Nikon D5.

A Sony Alpha9 tem uma capacidade fotográfica de 20fps, possui um sensor de 24MP com uma obturação até 1/32000 e ISO 100-52000, é também capaz de gravar a 4K e focar a 60fps, acompanhado por um LCD com 1.4MP. O sensor desta máquina é estabelizado em 5 eixos e possui 693 pontos de foco.




Consultei o seguinte site no dia 8 de Maio de 2017.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Sony Alpha 9

A nova Sony Alpha 9 chega com uma grande responsabilidade: os seus criadores descrevem-na como um marco no universo da fotografia profissional. E a revolução chega através do seu novíssimo sensor Exmor RS e do processador Bionz X.

Apresentada oficialmente no passado dia 19 de Abril, em Londres, a nova câmara traz ainda o valor simbólico de ser o mais significante produto lançado após o terramoto de Kumamoto, no Japão, em Abril de 2016, que afectou profundamente a companhia e os seus resultados. A Sony aposta na sua Alpha 9 não só para a retoma do seu crescimento como para ultrapassar os resultados assinalados com a Sony Alpha 7 RII, os melhores da sua história no terreno da fotografia digital.

Pensada para o uso profissional, a Sony Alpha 9 está vocacionada para congelar o tempo com alta precisão, fazendo-o de forma rápida, silenciosa e com estabilidade. Pensada para capacitar o fotógrafo para registar o momento de maior emoção de cada acontecimento e o que até agora era, em muitos casos, impossível (ou proibido). É o caso do serviço dos tenistas, do mergulho nas competições de natação, das tacadas decisivas no golfe, e do lançamento do arco e flecha, por exemplo.


O novo sensor CMOS ful-frame retroiluminado Exmor RS é a chave do sucesso desta câmara. Possui uma altíssima velocidade e obturador anti-distorção, livre de vibrações indesejadas e completamente silencioso, e capacitada para fazer disparos contínuos sem black-outs de até 20 fps para até 241 imagens em RAW ou 362 em JPEG.

O novo processador Bionz X proporciona uma rapidez de processamento de dados à altura do novo sensor. Com 693 pontos AF de detecção de fase de plano focal cobrindo aproximadamente 93% da moldura, a câmara garante maior precisão e foco ininterrupto em cenas onde o foco pode ser difícil de alcançar.

Além das fotografias em alta qualidade, a Alpha 9 está capacitada para fazer filmagens em 4K (3840x2160p).

Para a transferência de arquivos de imagem para um servidor FTP em alta velocidade, a Alpha 9 possui uma porta Ethernet (terminal LAN com fio). E a sua nova bateria Z tem uma capacidade 2.2 vezes maior do que a dos modelos que a antecederam.

A nova Sony Alpha 9 estará à venda na Europa a partir de Julho, com um preço aproximado de 5300 Euros.


Site Consultado (8/6/2017): http://www.pcguia.pt/2017/05/sony-apresenta-a-alpha-9/


domingo, 7 de maio de 2017

Planos de Filmagem

O plano cinematográfico diz respeito à proporção em que as personagens ou objetos que estão a ser filmados são enquadrados. O tipo de planos escolhidos para a filmagem de uma dada cena é bastante importante, já que permite enfatizar determinadas características na cena  e ressaltar emoções nos espetadores.

O plano é definido pela distância que é dada entre a câmara e o objeto que está a ser filmado. Entre os vários planos existentes segue-se o exemplo de alguns:

Grande Plano Geral (GPG) : Enquadra uma ambiente ou espaço

Plano Geral (PG): Enquadra uma personagem num determinado ambiente ou espaço

Plano Conjunto (PC): Enquadra um grupo de personagens

Plano Americano (PA): Enquadra as personagens da cabeça até aos joelhos

Plano Médio (PM): Enquadra as personagens da cabeça até à cintura

Plano Próximo (PM): Enquadra uma personagem da cabeça até ao peito


Grande Plano (GP) ou Close: Enquadra o rosto de uma personagem da cabeça até ao ombros

Plano Muito Grande (MGP) ou Super Close: Foca-se no rosto da personagem



50 dicas e truques para o Adobe Premiere


Data da consulta: 07.05.2017

Storyboards

  Storyboards ou Esboço sequêncial são organizadores gráficos tais como uma série de ilustrações ou imagens arranjadas em sequência com o propósito de pré-visualizar um filme, animação ou gráfico animado, incluindo elementos interativos em websites. Sendo um roteiro desenhado, seu layout gráfico se assemelha a uma história em quadrinho.

  A criação do storyboard é atribuída a um dos primeiros cineastas, o francês Georges Méliès (1861-1938). O processo de storyboarding, no formato em que é conhecido atualmente, foi desenvolvido por Webb Smith do Walt Disney Studios durante o começo da década de 1930, depois de anos de utilização de processos similares em outros estúdios de animação.



Resultado de imagem para storyboard

fonte: http://whatis.techtarget.com/definition/storyboard

Novo Presidente Francês



  A décima-primeira eleição presidencial da Quinta República Francesa em 2017 foi realizada nos dias 23 de abril e 7 de maio 2017. Emmanuel Macron ganhou no segundo turno contra Marine Le Pen e foi eleito presidente, recebendo assim um mandato de cinco anos. Ele sucede a François Hollande, que preferiu não concorrer a um segundo mandato.

O Presidente da República Francesa é eleito para um mandato de cinco anos num sistema de dois turnos promulgado nos termos do artigo 7º da Constituição. Se nenhum candidato obtiver a maioria absoluta (isto é, incluindo as cédulas em branco e nulos) de votos no primeiro turno, um segundo turno será realizado duas semanas mais tarde entre os dois candidatos que receberam mais votos.


Resultado de imagem para novo presidente frances eleito

fonte: http://www.delas.pt/emmanuel-macron-e-o-novo-presidente-frances/ 

O novo portátil da Microsoft

Esta terça-feira, num evento da Microsoft destinado à educação, Panos Panay apresentou o Surface Laptop – a mais recente adição à linha Surface, depois dos modelos Pro, Book e Studio. O novo portátil confirma o talento da Microsoft na concepção de computadores e pode reforçar a presença da empresa em escolas e universidades.






Se ao longo dos anos a maçã ganhou alguma visibilidade nas salas de aula, o PC nunca deixou de ser maioritário; contudo, este veio a tornar-se sinónimo de hardware maçudo e de sistema operativo complexo. A Microsoft, que tem vindo a rejuvenescer-se com um excelente de equipamentos de excelência, apresenta-se agora a alunos e professores com um portátil elegante e fino, que corre uma versão leve do Windows 10.

Windows 10 S

 A Microsoft vai começar a comercializar o Windows 10 S, uma nova versão do Windows 10 pensada primariamente para hardware de baixa gama. É verdade que o Windows 10 “normal” corre bem em computadores baratos; mas, com o passar do tempo e com o uso, esses dispositivos vão ficando mais lentos. Com este Windows 10 S, a Microsoft promete um sistema operativo rápido do primeiro ao último dia.



O Windows 10 S foi desenvolvido para ser rápido e energicamente pouco exigente. Assim, este sistema operativo só permite correr aplicações descarregadas da Windows Store, o que é uma forma de a Microsoft controlar o software mais guloso para o processador e para a bateria.

Concurso de Fotografia Re-Olhar

O projeto ‘Cultiva a leitura com…’ está a promover também um concurso de fotografia. De 15 de abril a 15 de maio o desafio é para que se deixe ler, observar e partilhar a sensibilidade. O objetivo é promover e valorizar a leitura aliando-a à expressão fotográfica. Pretende-se também que os participantes se inspirem nos textos de José Luís Peixoto, colocados nas árvores em frente à Junta de Freguesia, ao antigo posto de Correios e ao Posto de turismo de Luso-Bussaco. Este conjunto de textos chama-se “Germinar da Leitura”.

O concurso destina-se a todo o público e serão apenas admitidos a concurso os trabalhos originais e entregues pessoalmente na Biblioteca do Posto de Turismo de Luso num envelope fechado. Cada autor pode apresentar até três trabalhos e terão que ter dois elementos fundamentais: fotografia e a sinopse descritiva da relação entre a fotografia e o texto do “Germinar da Leitura” que serviu de inspiração à mesma.

As fotografias deverão ser impressas em papel fotográfico num dos formatos 25X20cm ou 20X30cm. As molduras não poderão ser manipuladas digitalmente ou incluir molduras, assinaturas, datas ou outros dados, bem como outros efeitos. As fotografias a concurso serão expostas no Posto de Turismo entre 01 de junho e 30 de setembro e serão avaliadas pelo público visitante. Cada visitante poderá votar num único trabalho durante os meses de junho e julho.

O primeiro prémio, para a fotografia mais votada pelo público, terá um cheque-livro no valor de 100 euros, o segundo de 60 euros e o terceiro cheque-livro será de 30 euros. Os primeiros dez classificados receberão ainda um livro de José Luís Peixoto.

O resultado será tornado público no site da Junta de Freguesia, bem como do projeto Cultiva a Leitura com… A entrega dos prémios será a 08 de setembro, no Posto de Turismo.
Consultei este site a 07/05/2017

Fujifilm FIF: Viseu já tem um festival internacional de fotografia

   Haverá 14 exposições espalhadas por vários locais da cidade, desde o nobre Solar do Vinho do Dão (onde estará patente a coletiva Inspiring Positive Change e a mostra central Piles of Trash) a lojas abandonadas do centro histórico. Assente em ensaios fotográficos, traz a Viseu fotógrafos mundialmente reconhecidos e premiados.
   O polaco Tomasz Lazar é o cabeça de cartaz do festival, onde apresenta uma exposição sobre a azáfama da estação de Shinjuku, em Tóquio, uma das mais movimentadas do mundo, com rostos cansados e sonolentos sobrepostos nas janelas das carruagens. Também ele marcará presença em Viseu e dará uma masterclass com o título Choosing the right subject (dia 14) . Dos temas ambientais tratará, por exemplo, a franco-italiana Matilde Gattoni, que registou os efeitos do aquecimento global e da subida das águas dos oceanos, ou o espanhol Pedro Armestre, cuja exposição individual é dedicada aos fogos florestais.

Consultei este site a 05/05/2017

Adobe Premiere: Principais Transições de Vídeo e Audio

 Transições são, essencialmente, técnicas de junção de dois clips de audio ou video, de forma a criar uma composição coesa. No Adobe Premiere, podemos encontrar as transições na barra de efeitos.
 Existem inúmeras transições de vídeo disponíveis, como a "wipe", "zoom" ou "slide", no entanto acabamos por só necessitar de saber dois tipos de transições de vídeo: "cut" (corte) e "dissolve" (dissolver), por serem os mais utilizados globalmente.

 O método de edição mais básico é o do corte, pois não necessita da adição de quaisquer efeitos, representando apenas o corte de um clip de vídeo para outro. Este método é de fácil execução, no entanto, para não chocarmos o espectador, devemos aplicá-lo em situações dinâmicas, em que haja movimento das personagens ou do objecto que estamos a filmar de forma a suavizar a transição, camuflando-a com a ação da cena.


 Por outro lado, temos o método de dissolução ("dissolve") que pode ser dividido em dois sub métodos: em efeitos de desvanecimento (ou "fades") e em efeitos de dissolução.

 Um efeito de desvanecimento é usado para revelar um clip a partir de uma tela branca (ou preta), ou então dissolver um clip para uma tela branca (ou preta). No Premiere, este efeito tem o nome de "Dip to White" e de "Dip to Black".


 Por fim, temos os efeitos de dissolução que permitem a que se faça uma transição de cena misturando ambos os clips que a compõe. Este efeito é usado como forma de dar ao espectador a ilusão da passagem do tempo. No Premiere, este efeito tem o nome de "Dissolve", havendo múltiplas variantes do mesmo.

 Para os mais curiosos sobre os usos de cada uma das transições disponíveis, segue aqui um vídeo informativo disponibilizado pelo utilizador "RocketJump Film School":


 Por outro lado, os efeitos de audio são, em número, muito escassos, havendo apenas três: "Constant Gain" que faz com que o volume do segundo clip de audio aumente até alcançar o volume do primeiro, tomando assim o seu lugar, o "Exponential Fade" que faz com que o audio do primeiro clip perca o volume dando lugar ao novo clip de audio e, por fim, temos o efeito "Constant Power" que faz com que os volumes de ambos os clips se mantenham idênticos, aumentando a fluidez da transição.

 Para adicionarmos transições no Premiere basta arrastar o efeito desejado para um ponto de edição, ou seja, para o ponto que liga dois clips dentro de uma mesma faixa. Para além disso, podemos adicionar os nossos efeitos padrão desejados sem termos de recorrer à barra de efeitos, premindo apenas a tecla de atalho Ctrl + D. Segue-se aqui, então, outro vídeo informativo que sintetiza o que foi dito, apresentando também, para os mais interessados, mais técnicas e métodos de inserção de transições num projeto em Adobe Premiere:


fontes :https://www.youtube.com/watch?v=nUDbB_IkmUo (consultado a 7/05/2017)