sábado, 12 de janeiro de 2019

As tags mais usadas em HTML

A linguagem de programação HTML é baseada no uso de tags. Utlizando essas tags quando programamos em HTML estamos a dar instruções relativas ao que queremos que o programa execute.

Aqui fica uma lista das tags mais utilizadas quando se programa em HTML

<html>

É a tag que inicia e fecha o documento e identifica que a linguagem de programação é html.

<head>

A tag <head> é a que contém toda a informação a ser apresentada no cabeçalho do documento (o que aparece no browser).

<body>

A tag body é a que define o conteúdo do documento html. Pode conter imagens, texto, tabelas, etc.

<h1> <h2> <h...>

A heading tag é usada para definir o cabeçalho de um documento html, utilizando respetivamente um número seguido do H que define o tamanho do cabeçalho, sendo o 1 o maior.

<p>

A tag <p> é a tag que é utilizada para fazer um paragrafo de texto num documento html, visto que a tecla Enter não faz parágrafos nesta linguagem.

<em> <b> <i> <small> <u> <strike>

Estas tags têm o objetivo de formatar o texto entre elas, respetivamente enfatizado, a bold, a itálico, pequeno, sublinhado e riscado.

<a href="...">

Esta tag é utilizada para criar hiperligações numa palavra ou letra, sendo colocada entre aspas o destino da hiperligação a que se chega quando se clica na palavra escrita entre a tag.


Fontes:
https://www.w3schools.com/tags/tag_em.asp
https://www.geeksforgeeks.org/most-commonly-used-tags-in-html/


O que é JavaScript?

O JavaScript é uma linguagem de programação que pode ser interátiva para o visitante da página web, ou seja, é processada pelo próprio navegador. Com o JavaScript pudemos criar efeitos especiais para as nossas páginas online, para além de podermos proporcionar uma maior interatividade com os usuários. Esta linguagem é focada em objetos , ou seja, trata-se de todos os elementos da página web como objetos distintos, facilitando a tarefa da programação.
Resumindo, o JavaScript é uma linguagem para quem deseja criar páginas Web dinâmicas e interativas.

Resultado de imagem para O que é Javascript?

TIOBE Index - As linguagens "premiadas" em 2018

TIOBE Index é uma lista que ordena e avalia as linguagens de programação de acordo com vários critérios, fazendo assim um ranking das melhores e mais populares linguagens de programação.

Entramos agora num novo ano e a TIOBE fez um resumo do último ano fazendo um ranking atualizado e premiando a Linguagem do Ano, isto é, a linguagem que mais subiu no ranking ao longo do ano.
A linguagem premiada este ano foi Python já que ganhou 3,62% de pontos de ranking ao longo do ano, situando-se no 3º lugar da tabela em janeiro de 2019.
Nos dois primeiros lugares do pódio encontram-se Java e C no primeiro e segundo lugares, respetivamente.
Podem consultar aqui as primeiras 20 linguagens do ranking, se quiserem ver a tabela inteira podem consultar o site da TIOBE.


Podem também consultar no site da TIOBE todas as Linguagens do Ano e bastantes outras informações interessantes.

Consultei o site TIOBE no dia 12/01/2019

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

O que é CSS?

O Cascading Style Sheets (CSS) é uma ferramenta composta por camadas utilizada para definir a aparência das páginas da internet, que adotam para a sua construção linguagens de marcação como o HTML. O CSS define como serão exibidos os elementos contidos no código de uma página da web e a sua maior vantagem é efetuar a separação entre o formato e o conteúdo de um documento.
Com a evolução dos recursos de programação existiam páginas da web que estavam cada vez a adotar mais estilos e variações mais elegantes para deixar os seus usuários mais interessados. Com isto, as linguagens de programação mais simples precisaram de ser aprimoradas daí nasceu o CSS, que com a sua forma fácil e rápida de alterar o estilo de todas as páginas web passou a ser uma excelente opção para os programadores.

Resultado de imagem para o que é CSS

Conceitos básicos de programação

Para entender programação e saber programar é necessário começar por entender alguns conceitos básicos relacionados com o tema.


O que é um programa?

Um programa é um conjunto de informações executadas por um computador. Programar é o processo de escrever um código para uma aplicação. Código este que é escrito em linguagem de programação. Esse código vai dizer à aplicação para executar uma tarefa, dependendo do código.

O que é a linguagem de programação?

A linguagem de programação é, tal como as linguagens que conhecemos, um modo de comunicar com o computador que estamos a programar.

  • As cinco linguagens de programação mais populares segundo a Github:
  1. JAVASCRIPT
  2. PYTHON
  3. JAVA
  4. RUBY
  5. PHP

Para que serve a programação?

A programação tem sido muito útil para o desenvolvimento de software. Tudo o que usamos virtualmente ou num computador é resultado de programação.
HTML foi a linguagem de programação desenvolvida pelo físico Tim Berners-Lee que serviu como desenvolvimento e fundação das páginas Web, permitindo às pessoas editar e criar estrutura para os documentos a ser visionados online.



Fontes:
https://dev.to/lucpattyn/basic-programming-concepts-for-beginners-2o73
https://pt.wikipedia.org/wiki/Linguagem_de_programa%C3%A7%C3%A3o
https://www.e-konomista.pt/artigo/linguagens-de-programacao-mais-populares/
http://howtostartprogramming.com/getting-started/
http://www.maggiore.net/programming.asp




quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Programação - 4 maneiras de aprender novas linguagens

Saber programar é uma grande mais valia nos dias de hoje, onde existe bastante procura no mercado para programadores, procura esta que tem vindo a aumentar. Queres aprender uma linguagem e não sabes por onde começar?

Aprender uma linguagem de programação não é algo fácil de fazer e tal como qualquer outra língua, como inglês ou francês por exemplo, exige muita prática e tempo de estudo.
Apresento-te aqui uma lista de 4 formas de te iniciares na aprendizagem de uma nova linguagem:
  • Cursos online - sites como o SoloLearn têm cursos gratuitos com informação bastante útil e que te darão um bom início à tua aprendizagem.
  • Vídeo-Tutoriais - todos conhecemos o YouTube, talvez para fazermos alguma pesquisa ou mesmo para estudar, e a verdade é que é um ótimo recurso para assistir a tutoriais sobre programação. Existem inúmeros tutoriais criados pela comunidade que te podem ser úteis!
  • Livros - existem bastantes livros, tanto online como em qualquer livraria física, que são uma ótima e muito completa ferramenta para programadores iniciantes e também para programadores mais avançados.
  • Jogos didáticos - esta é a forma mais indicada de aprendizagem para os mais novos já que ajuda na concentração e associada a esta aprendizagem há um sentido de diversão ligado a ela.
Espero que tenham em conta estas 4 formas de aprendizagem para começarem a vossa nova aprendizagem!


Consultei o site BitDegree.org dia 10/01/19

Apache Cordova: O quê e como?

Apache Cordova (PhoneGap) é o primeiro programa de desenvolvimento de aplicações móveis de Nitobi. A Adobe Systems Nitobi foi comprada em 2011 e nomeou-a como PhoneGap, depois lançou um software de código aberto chamado Apache Cordova. 




O Apache Cordova é uma estrutura de desenvolvimento móvel de código aberto. Permite que use tecnologias padrão da web - HTML5, CSS3 e JavaScript para desenvolvimento em várias plataformas. Os aplicativos são executados em wrappers destinados a cada plataforma e dependem de ligações de API compatíveis com os padrões para aceder aos recursos de cada dispositivo, como sensores, dados, status da rede etc.


Caminhos de Desenvolvimento:

O Cordova oferece dois fluxos de trabalho básicos para criar um aplicativo para dispositivos móveis. Embora muitas vezes se possa usar o workflow para realizar a mesma tarefa, cada um deles oferece vantagens:

  • Sistema de trabalho de plataforma cruzada (CLI): use este fluxo de trabalho se quiser que a sua aplicação seja executada em tantos sistemas operacionais móveis quanto possível, com pouca necessidade de desenvolvimento específico da plataforma. A CLI copia um conjunto comum de recursos da web em subdiretórios para cada plataforma móvel, faz as alterações de configuração necessárias para cada um, executa scripts de construção para gerar binários do aplicativo. A CLI também fornece uma interface comum para aplicar plugins ao seu aplicativo. A menos que você tenha necessidade de um plano de trabalho centrado na plataforma, o plano de trabalho entre plataformas é recomendado.

  • Sistema de trabalho centrado na plataforma: use esse sistema se quiser concentrar-se em criar uma aplicação para uma única plataforma e precisar de modificá-lo a um nível inferior. Precisa de usar essa abordagem, por exemplo, se quiser que a sua aplicação misture componentes nativos personalizados com componentes Cordova baseados na Web. Como regra geral, use esse fluxo de trabalho se precisar modificar o projeto no SDK. Esse fluxo de trabalho depende de um conjunto de scripts de shell de nível inferior que são personalizados para cada plataforma suportada e de um utilitário Plugman separado que permite aplicar plug-ins. Embora possa usar esse fluxo de trabalho para criar aplicações de plataforma cruzada, geralmente é mais difícil porque a falta de uma ferramenta de nível superior significa ciclos de compilação e modificações de plug-in separados para cada plataforma.

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

O HTML 5.2

O HTML5.2 foi uma atualização para a especificação principal do HTML5 lançada em 2017, pelo World Wide Web Consortium (W3C), e inclui aprimoramentos para as áreas da segurança e comércio.

Esta versão, recomendada pelo W3C, oferece um guia atualizado e estável para HTML. Além dos novos recursos, foram corrigidos bugs e removidas tecnologias que já não são consideradas parte da moderna plataforma web.




Novos recursos e outras alterações no HTML5.2


Os novos recursos principais do HTML5.2 incluem:
  • Política de segurança de conteúdo, que define um mecanismo usado pelos desenvolvedores da Web para poderem controlar os recursos que uma página pode procurar ou executar. Outras decisões políticas relevantes para a segurança também foram impostas. Os desenvolvedores podem bloquear aplicativos para reduzir os riscos de vulnerabilidades de injeção de conteúdo, como o script entre sites.
  • API (Application Programming Interface) de solicitação de pagamento, padronizando uma API para que os comerciantes possam utilizar um ou mais métodos de pagamento com integração mínima. Os navegadores podem atuar como intermediários entre as partes de uma transação (o beneficiário, o que pags e o provedor do método de pagamento). A API destina-se a facilitar o comércio na web e a reduzir os riscos.
  • Aplicativos de internet avançados acessíveis, permitindo que pessoas com deficiências tenham uma boa experiência de utilizador com aplicativos. Uma estrutura é fornecida para melhorar a acessibilidade e a interoperabilidade.
  • A definição do elemento principal foi atualizada para oferecer suporte a padrões modernos de design interativo.


Recursos removidos na versão 5.2 incluem:
  • A função ShowModalDialog, que foi substituída pelo elemento de diálogo;
  • Elementos de menu e menuitem, originalmente destinados a representar um grupo de comandos;
  • O atributo dropzone, destinado a indicar o conteúdo que pode ser descartado em um elemento.





Sites:

Notepad++ - Um editor de texto e código

Lançado em 2003, o Notepad++, é ainda hoje um dos mais utilizados editores de código para iniciantes e não só!

O Notepad++, talvez pela sua simplicidade e riqueza de plug-ins e funcionalidades, é dos editores de código mais utilizados por iniciantes. 
Baseado no Scintilla e escrito em C++ o Notepad++ foi um projeto hospedado na plataforma SourceForge, ganhando duas vezes o prémio de escolha da comunidade por parte da mesma, com o objetivo de oferecer uma simples e eficiente ferramenta para edição de código sem exigir muito por parte dos processadores
Este programa contava com 52 linguagens de programação na sua versão 6.6.6, número que tem vindo a aumentar ao longo do tempo e tem ainda uma ferramenta interessante na qual podemos "ensinar" a nossa própria linguagem fazendo deste um programa extensível pela comunidade.
Por isto, este é o editor recomendado para grande parte dos aspirantes a coders.



Consultei a Wikipédia e o site oficial do Notepad++ no dia 09/01/19

O que é o código ASCII?

Como é que ao clicar numa tecla do teclado o nosso computador sabe exatamente que caracter pretendemos escrever?

O código ASCII (American Standard Code for Information Interchange) é um código binário (ou seja utiliza cadeias de 0s e 1s) que codifica um total de 255 caracteres, sendo o formato de ficheiros de texto mais comum nos computadores e na Internet.

Antes de 1960 a maioria dos sistemas de computadores tinha uma maneira particular de representar os caracteres alfanuméricos. Ou seja, cada marca de computador e, até, cada modelo, usava um código próprio para representar cada letra, número e todos os símbolos que usamos.

Inicialmente a tabela ASCII integrava apenas 127 caracteres mas conforme mais pessoas foram utilizando o código, adicionaram-se mais caracteres completando os atuais 255.

Como tal, cada caracter tem o seu código:
Os códigos 65 a 90 representam as maiúsculas e os Os códigos 97 a 122 representam as minúsculas. Basta alterar o 6° bit para passar das maiúsculas para as minúsculas, isto é, acrescentar 32 ao código ASCII em base decimal.
Tabela ASCII completa
Fonte: https://stackoverflow.com/questions/17362509/how-to-use-symbols-of-extended-ascii-table-in-c


Fontes:
https://www.quora.com/What-is-ASCII-CODE-and-where-its-used-and-why
http://www.ufpa.br/dicas/progra/arq-asc.htm
https://br.ccm.net/contents/54-o-codigo-ascii

A evolução do HTML


  O HTML (HyperText Markup Language), surgiu em 1991 (na altura denominado de HTML 1.0), no CERN. Esta linguagem foi desenvolvida por Tim Berners-Lee, com o objetivo de facilitar a partilha de documentos.
  Originalmente o html possuía 20 elementos (tags),dos quais 13 ainda fzem parte do HTML 4.01.
  No mesmo ano surge a WWW (World Wide Web), que procura fornecer dados para a todos os cantos do mundo.
  Em 1994, é lançado o HTML 2.0, que define o primeiro conjunto oficial de padrões para HTML, tornando-se também o padrão básico a ser usado pelos navegadores, até ao HTML3.2.
Em 1996, tornou-se possível criar tabelas de forma a melhorar a organização, e a primeira especificação de CSS tornou-se oficial.
Em 1998, saiu a versão HTML 4.01, que incluía CSS, com o objetivo de facilitar o controlo de elementos como, cores, fontes e fundos.
Em 2008, foi anunciado o desenvolvimento do HTML5, no entanto este só foi lançado em 2014.
  Apesar de toda esta evolução é fácil acreditar que ainda irão surgir muitas alterações, uma vez que o mundo contínua em constante mudança.


Imagem relacionada


Fonte: https://blog.rackspace.com/internet-history-html-evolution
           https://pt.wikipedia.org/wiki/HTML5


domingo, 6 de janeiro de 2019

O que é HTML?

HTML, sigla para Hyper Text Markup Language, consiste numa linguagem de código utilizada para a produção de páginas web ou aplicações, permitindo a criação de documentos que podem ser lidos em qualquer tipo de computadores sendo transmitido pela internet.
Quando se combina HTML com CSS e JavaScript os usos destas linguagens de programação são imensos. Como por exemplo navegação pela internet, criação de páginas web, criação de vídeo jogos, armazenamento online, etc...

Imagem relacionada

Mensagem em destaque

Impacto da IoT nas Smart cities (parte 02)

Governo inteligente: Analisar reclamações e preocupações apresentadas pelos cidadãos devido a melhores capacidades sensorial ajuda a res...