sábado, 23 de novembro de 2019

iOS 4- v. 4.1

 

iOS 4.1



   Esta versão do iOS 4 foi lançada no dia 8 de setembro de 2010.  A versão incluiu a tecnologia de alta faixa dinâmica (HDR) para melhorar a qualidade das fotos, criou uma rede social de jogos do Game Center e a capacidade de enviar vídeos de alta definição. Esta apresenta também correções de bugs e melhorias de desempenho.

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Impacto da IoT nas Smart cities (parte 02)

Governo inteligente:
  • Analisar reclamações e preocupações apresentadas pelos cidadãos devido a melhores capacidades sensorial ajuda a resolver problemas e a prevenir o seu acontecimento no futuro.
  • A análise pormenorizada do ecossistema da cidade permite uma contribuição útil no sentido de melhorias futuras.
  • Simulações automáticas na cidade ajudam a identificar, testar e a propor a resolução de problemas no futuro. 

Um Governo Inteligente aprende com a informação recolhida e analisada, proveniente dos cidadãos, infraestruturas da cidade e ativos da cidade para tomar as melhores decisões estratégicas para todos.

Ambiente inteligente:
  • Monitorização da rede de águas através de sensores que detetam fugas.
  • Monitorização e avaliação das necessidades de energia na rede para gestão de produção de energia eólica.
  • Através de sensores, monitorização das necessidades de irrigação do solo.
  • Verificar poluição sonora para proteger ecossistemas circundantes.

A proteção do ambiente e o uso responsável de recursos naturais está entre os desafios mais exigentes para qualquer cidade. As crescentes capacidades da IoT podem influenciar positivamente quaisquer atividades relacionadas com o ambiente e a sua coexistência com as crescentes áreas urbanas.

Cidadãos inteligentes:
  • As plataformas de dados, assentes na nuvem com um interface acessível ao utilizador, permitem a qualquer cidadão conhecer a cidade e contribuir para o desenvolvimento da mesma.
  • As plataformas da Cidade Inteligente criam pontes entre as entidades urbanas, universidades ou empresas de tecnologia com vista a gerar redes de partilha de conhecimento e de experiências e lançar novas ideias-piloto com vista à introdução de melhorias na cidade.
  • A plataforma da cidade corre simulações da cidade que ajudam as pessoas a tomar decisões inteligentes

A consumerização foi em tempos o principal motor de melhorias ao nível da tecnologia da IoT em termos de facilidade de uso, de forma financeiramente acessível, do ecossistema IoT. Atualmente todos podem contribuir para um desenvolvimento próspero da cidade.


Para concluir, As tecnologias são cada vez mais importantes no desenvolvimento das Cidades Inteligentes. Custos de computação mais baixos, cobertura eficiente em termos de ligações novos sensores inteligentes e baratos, crescentes capacidades de Inteligência Artificial e o recurso cada vez mais comum à Internet das Coisas têm impacto na forma como as Cidades Inteligentes resolvem os problemas que surgirão no futuro.


A infraestrutura citadina munida destas faculdades melhora a sua capacidades de influenciar diferentes áreas da vida e da economia. Estamos a assistir ao desenvolvimento de um novo paradigma para Cidades Inteligentes alavancadas tecnologicamente, o que exige uma redefinição do modelo de Cidade Inteligente. Com base na nossa experiência, damos forma a um novo modelo de Cidade Inteligente alavancado na IoT.



Blogue pessoal sobre tech:
Imagem:
  • URL
  • consultada no dia 16/11/2019


C++ - Operadores de incremento


Os operadores de incremento (e decremento) têm como objetivo aumentar (ou diminuir) o valor de uma variável por 1.

Faz-se a partir de "++" ou "--" à frente ou atrás de uma variável (estar à frente ou atrás faz um pouco de diferença).

Como já devem ter reparado, o nome "C++" é "C" com um operador de incremento "++". Isto significa que o C++ "adiciona" algo à linguagem C. Dizendo ser de certa forma "superior". Muitos discordam e preferem a linguagem C, mas foi assim que nomearam C++, e foi por alguma razão!

Incremento (++)
Aumenta (incrementa) o valor da variável por 1. Escreve-se com "++".

int num = 5;

num++;
num é incrementado, passa a ser 6.

Tem o mesmo significado que colocar "+= 1" à frente da variável:

int num = 5;

num += 1;
num é incrementado, passa a ser 6.

Mas também pode pôr-se atrás da variável.

int num = 5;

++num;
Qual a diferença?
Neste caso, nenhuma. A diferença nota-se quando queremos mudar o valor enquanto usamos a variável.
Quando "++" está depois da variável, o é usado o valor primeiro e só depois é feito o incremento.
Quando "++" está antes da variável, primeiro é feito o incremento e o valor "final" é usado.

int num = 5;

cout << num++ << endl;
cout << ++num << endl;
Neste caso, é feito o print da variável num para a consola duas vezes:

  • Na primeira, acontece print da variável antes de ser incrementada, ou seja, output é 5.
  • Como a variável foi incrementada (com "num++"), num é 6.
  • Na segunda, a variável é incrementada primeiro, logo num é 7, e o output é 7.

Decremento (--)
Diminui (decrementa) o valor da variável por 1. Escreve-se com "--".

int num = 2;

num--;
num é decrementado, passa a ser 1.

Tem o mesmo significado que colocar "-= 1" à frente da variável:

int num = 2;

num -= 1;
num é decrementado, passa a ser 1.

Assim como no "++", pode escrever-se atrás da variável, tendo o mesmo significado - se à frente, a variável é usada primeiro e depois decrementada; se atrás, a variável é decrementada primeiro e é usado o valor "final".

int num = 2;

cout << --num << endl;
Output é 1, dado que primeiro acontece o decremento da variável num e depois é usado o valor.

Referências

Python - News

NESTA PUBLICAÇÃO NÃO IREI ENSINAR NENHUM CONCEITO NOVO EM PYTHON, MAS SIM ACTUALIZAR OS MEUS LEITORES SOBRE UMA NOVIDADE RECENTE!

O GitHub é uma plataforma de hospedagem de código-fontepropriedade da Microsoft,  que permite que programadores, ou qualquer utilizador da plataforma contribuam em projetos privados e/ou Open Source, de qualquer parte do mundo.

O GitHub observou que no ano passado, os desenvolvedores da plataforma colaboraram em mais de 370 linguagens de programação. Classificou cada linguagem pelo seu número de colaboradores únicos. Embora o JavaScript ainda esteja no topo da lista de 2019, o Python passou do 4º para o 3º em 2015 e do 3º para o 2º deste ano:

Já na lista de linguagens de programação que mais crescem no Git Hub, o Google Dart lidera seguido de Rust em segundo lugar e com Python no oitavo lugar:


Será que Python consegue ultrapassar JavaScript na lista de 2020?  Vamos ter de esperar e contribuir!

Referências:

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Musica nos jogos


A música é um dos fatores mais importantes dos jogos estando, na minha opinião, logo a seguir à performance e à história do jogo.

A música nos jogos se utilizada bem pode ser uma ferramenta muito poderosa, a música pode servir para criar o ambiente pretendido naquele momento do jogo, também pode servir para dar indicações ao jogador ou, mesmo para identificar o jogo. Existem imensos jogos que são identificáveis apenas pela música, The Legend of Zelda, Super Mario, Minecraft, Geometry Dash, Dumb ways to die e Pac-Man são apenas alguns exemplos.

Os criadores de jogos muitas vezes avisam o jogador de certos acontecimentos apenas pela música, numa vitória pode começar a dar uma música rápida e com um tom alegre, cheia de notas agudas. Num ambiente de terror ou em que o jogador tem que estar atento a mùsica pode ser lenta e cheia de tons graves com picos agudos na mùsica. Existem bons exemplos de jogos que criam ambientes com a mùsica por exemplo, The Legend of Zelda Breath of The Wild nas zonas de mercados ou de cidades sem perigos há música alegre e calma a tocar de fundo mas, assim que inimigos aparecem um som característico do inimigo ouve-se e uma música agitada começa a tocar.

Existem exemplos de jogos em que a mùsica parece não estar em sintonia com o tipo de jogo, nesse caso a música foi mal colocada e, muitas vezes baralha o jogador.

Outro propósito que a mùsica pode ter num jogo é a indicação de progresso. Há jogos em que a música é sempre a mesma e está colocada num ciclo mas noutros jogos como Mario Kart a mùsica vai alterando com o progresso que o jogador fez no jogo, independente da rapidez do jogador a completar o jogo as músicas mudam sempre na mesma localização em jogo.

Estes foram apenas alguns usos da música em jogos e, num post mais à frente eu poderei voltar a abordar este assunto

OSCARS

 OSCARS

"Twinning an Oscar is an honor, but, between you and me it does not makes things easier."                                                                                                            -Robin Williams


https://pmcvariety.files.wordpress.com/2018/06/oscars-placeholder.jpg?w=1000

Quando estreia um novo filme toda a gente tem a noção que o objetivo desse é ser premiado em todo o tipo de categoria que possa existir.
O objetivo desta publicação é dar-vos uma noção da quantidade de nomeações que pode vir a receber e a grandiosidade que está no mundo de Hollywood e os detalhes que são trabalhados arduamente para nos chegar o melhor produto final possível.
São 24 categorias, vou agora enunciar algumas delas e o respetivo vencedor deste ano 2019:
  • Argumento Original (Green Book);
  • Argumento Adaptado (BlacKkKlansman);
  • Mistura Sonora (Bohemian Rhapsody);
  • Edição Sonora (Bohemian Rhapsody);
  • Melhor Curta Metragem de Animação (Bao);
  • Melhor Banda Sonora (Black Panther);
  • Melhor Filme Estrangeiro (Roma);
  • Melhor Edição (Bohemian Rhapsody);
  • Melhor Documentário (Free Solo);
  • Melhor Direção (Roma, Alfonso Cuarón);
  • Melhor Filme Animado (Spider Man: Into the Spider-Verse);
  • Melhor Ator Secundário (Mahershala Ali, Green Book);
  • Melhor Atriz (Olivia Colman, The Favourite);
  • Melhor Ator (Rami Malek, Bohemian Rhapsody);
  • Melhor Filme (Green Book).
Bom...como já podemos ver há muitas categorias na qual um filme pode ter sucesso mas de vez em quando aparece um ou outro que não deixa muito espaço para que os outros tenham essa oportunidade, por exemplo, Titanic e Ben-Hur ganharam 11 prémios da academia, o ano passado o filme com mais prémios foi Bohemian Rhapsody com um total de 4 prémios da academia.
Podem ter-se estado a perguntar porque é que umas vezes digo Oscars, e outras digo Prémio da Academia. Isto porque o Oscar é a estatueta dourada que simboliza o Prémio que a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas por isso ambos os termos estão corretos.
Vale a pena salientar que a atriz Meryl Streep foi a atriz com mais nomeações somando neste momento 21 nomeações.

Site Consultado: https://oscar.go.com/

Impacto da IoT nas Smart cities (parte 01)

As smart cities, como são normalmente chamadas, são cidades que usam a tecnologia para gerar eficiência nas operações urbanas, de tal que forma que mantém o seu desenvolvimento económico ao mesmo tempo que melhora a qualidade de vida da população. São cidades automatizadas e mais sustentáveis. São normalmente atribuídos 6 adjetivos às cidades inteligentes: atentas, eficazes, sensoriais, ágeis, protetoras e preditivas.

A IoT é considerada como uma das tecnologias mais importantes para este tipo de cidades. Pode ser usada em diferentes àreas:

Mobilidade inteligente: 
  • Pode ser disponibilizado aos taxistas o número de passageiros que estão a chegar ao aeroporto ou à estação de comboios que suporta intercidades em tempo real, de modo a permitir um planeamento da recolha de passageiros.
  • Possibilidade de adaptação automática dos transportes públicos de forma a dar resposta à procura dos passageiros.
  • Possibilidade de partilha autónoma de viaturas.

Tudo isto de forma a diminuir o congestionamento das cidades e impacto sobre o ambiente que o crescente tráfego produz.

Economia inteligente:
  • Análise do comportamento de cidadão e turistas permite um contribui para um melhor planeamento urbano. 
  • Analisar o consumo e a capacidade da rede energética, de condutas de água ou de esgotos ajuda a prever investimentos futuros e a um melhor ordenamento do território.
  • Análise do fluxo de tráfego de modo a determinar padrões e a ajustar as infraestruturas rodoviárias e de transporte da cidade.
Infraestruturas inteligentes:
  • A implementação das cidades com IoT permitem a monitorização de jovens, idosos e deficientes e uma melhor resposta em caso de necessidade de assistência.
  • As casas ligadas à rede podem automatizar ações de inspeção e manutenção de forma preventiva e previsível.
Sendo assim, conseguimos um maior contributo por parte das cidades para o bem-estar e felicidade dos cidadãos.



Na parte 02 irei falar nos conceitos de governo, ambiente e cidadão inteligentes.

Blogue pessoal sobre tech:


Fontes:

Imagem:
  • URL
  • consultada no dia 16/11/2019



C++ - While loop

Quando temos código que queremos que seja executado múltiplas vezes, o que fazemos?
Copiamos e colamos o código várias vezes?

Não. Usamos os loops (ciclos).

O while loop continua a executar o código enquanto uma condição é verdade.

Escrevendo:
Um "while", seguido de um valor lógico (condição) entre ( ) e um bloco de código (código entre { }).
while(true){
//código
}
Este loop é infinito, porque true é sempre true.

A condição é verificada no início de cada ciclo, ou seja, logo no começo, e a seguir do código ser executado.

Exemplo:
int num = 2;

while(num < 4){
    num += 1;
}

  • O inteiro num tem valor 2.
  • Começa o while loop e é logo verificada a condição, neste caso "num < 4". Como num é 2 e 2 é menor que 4, executamos o código.
  • A única coisa que o código faz é incrementar 1 ao valor de num, ficando 3.
  • Volta-se a verificar a condição, e como 3 < 4, executa-se o código novamente, mudando o valor de num para 4.
  • Verifica-se mais uma vez a condição, mas desta vez é falsa, 4 não é menor que 4: Acaba-se o loop.
  • num foi modificado, e continua com valor 4.

Do... while
Este loop é exatamente o mesmo que o while, com uma pequena diferença. O código é executado pelo menos uma vez, e apenas a partir daí passa a ser testada a condição para os próximos ciclos.

Escreve-se com um "do" seguido de um bloco de código. No fim do bloco de código (após o }), "while" seguido da condição, e um ";" para finalizar.
do{
//código
}
while(false);
O código é executado pelo menos uma vez, e verifica-se a condição. Neste caso, o loop para porque false é sempre false.

Tem o mesmo efeito que copiar e colar o código antes do while loop.

Programa exemplo
#include <iostream>
using namespace std;

int main()
{
    int num = 0;
    cout << "Escreve 5!" << endl;
    
    while(num != 5){
        cin >> num;
    }
    
    cout << "Boa!!! Escreveste 5!" << endl;
}
  • O programa começa por dizer ao utilizador para escrever o número 5.
  • Um while loop começa e enquanto num for diferente de 5, pede input do utilizador na variável num.
  • Quando o utilizador escrever 5 em vez de outra coisa, o loop termina e o programa parabeniza-o por escrever 5.
Escrevendo 3 e depois 5:
Escreve 5!
3
5
Boa!!! Escreveste 5!


Referências - 19/11/2019



Python - Manipulação de Strings

HOJE VOU ENSINAR A MANIPULAR TEXTO EM STRINGS DE DIVERSAS MANEIRAS!

Considero a publicação de hoje um bocado "seca" visto que esta parte da programação só é útil algumas vezes e são muitos comandos para diferentes funções pouco usadas, mas achei melhor ensiná-las na mesma porque podem ser importantes em alguma situação peculiar.

Comecei por escolher a seguinte variável de texto:

frase = "Curso Python"

Cada caracter da string tem um número correspondente, começando no 0:


Agora irei enumerar com este exemplo 22 diferentes tipos de manipulação nesta variável string com o que cada uma faz explicado num comentário introduzido por "#":

 1
 2
 3
 4
 5
 6
 7
 8
 9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
print(frase)
print(frase[9]) #imprime o 10ºcaracter
print(frase[0:5]) #imprime do 0º ao 6ºcaracter
print(frase[:5])  #imprime do 0º ao 6ºcaracter
print(frase[0:12:2]) #imprime do 0º ao 12ºcaracter, saltando de 2 a 2
print(frase[7:]) #imprime do 6ºcaracter até ao final
print(frase[7:12]) #imprime do 6ºcaracter até ao final
print(frase[5::3]) #imprime do 5ºcaracter até ao final saltande 3 a 3
print(len(frase)) #imprime o numero de caracteres
print(frase.count("o")) #imprime o numero de vezes que aparece a letra "o"
print(frase.count("o", 0, 5)) #imprime o numero de vezes que aparece a letra "o" até ao 5ªcaracter
print(frase.find("Python"))  #imprime o caracter onde começa "Python"
print(frase.find("Android")) #imprime o caracter onde começa "Android", neste caso não existe
print("Curso" in frase) #imprime se a afirmação é verdadeira
print(frase.replace("Python", "Android")) #imprime a frase com "Android" em vez de "Python"
print(frase.upper()) #imprime a frase toda em maiúsculas
print(frase.lower()) #imprime a frase toda em minúsculas
print(frase.capitalize()) #imprime a frase só com a primeira letra em maiúscula
print(frase.title()) #imprime a frase com a primeira letra de cada palavra em maiúscula
print(frase.strip()) #imprime a frase sem os espaços
print(frase.rstrip()) #imprime a frase sem os espaços do fim, neste caso não tem
print(frase.lstrip()) #imprime a frase sem os espaços no inicio
print(frase.split()) #imprime a lista composta com as palavras da frase(divididas por espaços)

o output destes comandos todos será:


 1
 2
 3
 4
 5
 6
 7
 8
 9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
Curso Python
h
Curso
Curso
CroPto
ython
ython
 tn
12
2
1
6
-1
True
Curso Android
CURSO PYTHON
curso python
Curso python
Curso Python
Curso Python
Curso Python
Curso Python
['Curso', 'Python']

Assim, estão demonstrados 22 de dezenas de maneiras diferentes de manipular com texto Python!


Referências:



terça-feira, 19 de novembro de 2019

iOS 4- v 4.0.2

                                 
                               iOS 4.0.2


  Este iOS foi lançado no dia 11 de agosto de 2010, há nove anos, e o que foi modificado foi o formato dos arquivos PDF em que estes estavam vulneráveis uma exploração. Esta atualização esteve disponível para o iPhone 3G, 3GS e 4 e para o iPod Touch de 2ª e 3ª geração.
  Para realizar esta atualização, os requisitos eram um mac ou um PC com uma porta USB 2.0 e o iTunes 9.2 ou superior.




segunda-feira, 18 de novembro de 2019

A História: Baseada numa história verídica

A História: Baseada numa história verídica

Existem vários tipos de vídeo que se podem fazer, mas um desses tipos, provavelmente o mais comum e invejado é um com história.

Independentemente da situação que vamos recriar é normalmente muito desafiante fazê-lo com pouco erro. Existem muitos exemplos de filmes baseados numa história verídica e, se repararam poucos são os que não são adorados pelo público. Por ser algo tão desafiante que envolve tanta pesquisa e conversa com pessoas que possam confirmar o que será contado acaba por ser sempre ou quase sempre um produto final muito bem feito.Temos muitos exemplos desta situação: Rocketman, Bohemian Rhapsody, Patch Adams, Uma Mente Brilhante, etc.Num trabalho destes, como já disse tem de ser feita muita investigação, quando é sobre alguém em particular é significativamente mais difícil para o lado do ator que irá interpretar essa personagem e para quem trata da aparência deste porque caso algo corra mal o público vai criticar negativamente e isso ninguém quer. Normalmente onde costuma haver mais falhas é no sotaque que o ator tem de usar. No caso do filme Bohemian Rhapsody que retrata em grande parte uma época da vida de Freddie Mercury na qual pertenceu à mítica banda Queen Rami Malek teve de se adaptar de tal maneira que até tinha dentes postiços. Pode ser confirmado na imagem abaixo:






https://thejewelerblog.files.wordpress.com/2018/11/mercury3.jpg


No caso do filme A Teoria de Tudo vemos uma situação diferente: o ator (Eddie Redmayne) teve de personificar evolução da doença da personagem (Stephen Hawking) e o resultado é de 5 prémios da academia de Hollywood.Já que falamos em Oscars, falta aqui o Santo Graal destes e que se enquadra perfeitamente no assunto de hoje. Titanic, o filme com 11 Oscars retrata o acidente do grande e famoso navio que naufragou em 1912 de forma espectacularmente bem feita.

Por isso, pelo que já vimos um filme baseado numa história verídica é primeiro, um grande investimento, para terem ideia este exemplo do Titanic teve um orçamento a rondar os 200 milhões de dólares (181 milhões de euros) e depois envolve muita pesquisa toda ela muito bem feita.


Usar IoT para caçar fugas de água

É extremamente provável que já se tenha deparado com alguma fuga de água. Caso tenha essa experiência, sabe que os danos causados pela mesma são muito significativos, para além de serem extremamente incomodativos.

A empresa iioote desenvolveu identificou que este é um problema que podia ser resolvido, por isso desenvolveu uma solução (SenseIoT) preventiva de baixo custo e gasto energético. Esta aliás é a premissa da empresa, produzir diferentes soluções baseadas em IoT que tenham um baixo custo energético e monetário.

Afinal, como a SenseIoT funciona? Vários sensores de humidade e temperatura são instalados em zonas de maior risco de fugas, como casas de banho, cozinha, cave, etc... O sensor comunica os seus dados regularmente. Em caso de valores excessivos, baseados nos valores previamente monitorizados, o sensor manda imediatamente um alerta.

Os sensores são wireless e possuem uma bateria de aproximadamente 10 anos (depende da configuração). Para além disso, a instalação é extremamente simples, pelo que não preciso de chamar um técnico.

É possível configurar os sensores para esperarem maior humidade em certas regiões da casa, de modo a não receber alarmes desnecessários. Os dados recolhidos pelos sensores são de fácil compreensão e acesso, através de dispositivos móveis ou um PC.

Esta solução já está a ser aplicada na Suécia, em prédios completos. Tendo um custo de compra de 1500 euros e uma subscrição anual de 1000 euros. Caso deseje, pode também adquirir a monitorização dos dados por parte de outrem e ida ao local por parte de especialistas quando é detetada uma fuga.


Blogue pessoal sobre tech:
Fontes:



Imagem:

  • URL
  • consultada no dia 16/11/2019



C++ - Operadores de atribuição


Já sabem que podemos modificar variáveis.
Mas quando queremos por exemplo, adicionar 1 a um inteiro x, o que fazemos?

Podemos escrever
x = x + 1;

Mas existe outra forma mais fácil e eficiente de escrever esta mesma coisa:
x += 1;

O símbolo matemático (+, -, *, /, %) fica antes do =.

Soma (+=):
x += 1;

Subtração (-=):
x -= 1;

Multiplicação (*=):
x *= 2;

Divisão (/=):
x /= 2;

Módulo (%=):
x %= 2;

Programa exemplo
#include <iostream>
using namespace std;

int main()
{
    int x = 5;
    
    x += 3;
    cout << x << endl;
    
    x -= 4;
    cout << x << endl;
    
    x *= 90;
    cout << x << endl;
    
    x /= -30;
    cout << x << endl;
    
    x %= 2;
    cout << x << endl;
}

Output:
8
4
360
-12
0

Esta alternativa é muito útil porque é sempre mais fácil e rápido de escrever, especialmente quando o nome da variável é longo.

Referências

Python - Reproduzir MP3

ATÉ AGORA APRENDEMOS ALGUNS CONCEITOS BÁSICOS DE PROGRAMAÇÃO EM QUE O OUTPUT SÃO SEMPRE VALORES, MAS AGORA VOU DEMONSTRAR COMO PROGRAMAR PARA REPRODUZIR UM FICHEIRO MP3!

Durante a publicação de hoje irei resolver o seguinte exercício de duas maneiras diferentes: Faça um código em Python capaz de reproduzir um ficheiro MP3.

Primeiramente temos de criar o nosso ficheiro Python, que nomeei 'MP3.py' e escolher o ficheiro MP3 que iremos utilizar e criar uma cópia do mesmo para dentro do projeto no nosso IDE (no meu caso, Pycharm) e dar-lhe um nome simples, em minúsculas, sem acentos e de preferência sem espaços, eu irei utilizar a música "Radio Ga Ga" da banda Queen:


Depois disso, importamos uma biblioteca chamada pygame, que falarei especificamente em publicações futuras:

import pygame

Para mais informações sobre a biblioteca: www.pygame.org
Ao inicio, o Pycharm não vai reconhecer a biblioteca, por isso clicamos com o lado esquerdo do rato em cima de "pygame" e na "lâmpada vermelha" seleccionamos "Install package pygame"


De seguida irá fazer a instalação dos ficheiros e já podemos começar a programar: "iniciamos"("init()") a biblioteca, "carregamos"("load(queen-radiogaga.mp3)") o ficheiro MP3, e damos "play"("play()") até ao ficheiro acabar ("wait()"):

import pygame

pygame.init()
pygame.mixer.music.load("queen-radiogaga.mp3")
pygame.mixer.music.play()
pygame.event.wait()

ou então, também podemos utilizar o seguinte bloco de código:


from pygame import mixer

mixer.init()
mixer.music.load("queen-radiogaga.mp3")
mixer.music.play()
input("'Stop' para a música acabar!")

Concluindo, aprendemos a criar um programa que "lê" e reproduz um ficheiro MP3 em Python!

Referências:



domingo, 17 de novembro de 2019

iOS 4 - v. 4.0.1




iOS 4.0.1


   Só a partir do iOS 4 é conseguimos obter informações sobre cada uma das versões. Esta versão foi lançada a 15 de julho de 2010, como a primeira atualização para o iOS 4. Esta atualização alterou a forma de descobrir (calculando) a intensidade dos sinais das operadoras para melhor a precisão de cada um dos sinais.

História dos VideoJogos Parte 2


Como prometido hoje irei falar sobre a história entre os anos 90 e os 2000.

Os anos 90 começam com o lançamento da Super Nintendo (SNES) em 1991 seguida pelo lançamento de dois outros títulos icónicos em 1993, Mortal Kombat e Doom. Em 1995 a Sony lança a sua primeira consola, a Playstation 1 e em 1996 a Nintendo lança ainda outra consola, a Nintendo 64. O ínicio dos anos 2000 foi marcado pelo lançamento de muitas consolas. Em 2000 a Playstation 2 atingiu o mercado, em 2001 o Gameboy Advance e o Nintendo GameCube também aparecem. Em 2004 mais uma consola da Nintendo aparece, a Nintendo DS e, um ano mais tarde a Microsoft lança a sua primeira consola, a Xbox 360. Em 2006 aparece mais uma Playstation, a Playstation 3 e, no mesmo ano a Wii atinge os mercados. Houve uma pausa no lançamento de consolas e em 2011 a Nintendo 3DS aparece seguida pela Wii U em 2012 e a Xbox One em 2013. Nos últimos anos inúmeras consolas foram lançadas. Nos anos 2000 também apareceram a Steam em 2003 e um dos jogos mais jogados de sempre, Minecraft em 2010.

Hoje em dia há jogos gigantes e consolas a serem lançados quase todos os dias e, a indústria dos videojogos é uma das maiores de sempre.

Mensagem em destaque

IoT está a transformar o mundo dos videojogos

Os videojogos ou games evoluíram muito desde o "pong", tornando-se uma das formas mais populares de entretenimento, gerando recei...