Pesquisar aqui

segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

Python - Dicionários (Parte 1)

JÁ FIZ PUBLICAÇÕES SOBRE 2 TIPOS DE VARIÁVEL COMPOSTA, LISTAS E TUPLAS, AGORA VOU FALAR DE DICIONÁRIOS, QUE É MAIS OU MENOS PARECIDO COM OS QUE USAMOS EM PORTUGUÊS, SÓ QUE EM VEZ DE ATRIBUIR-MOS UM SIGNIFICADO A UMA PALAVRA, ATRIBUÍMOS UM VALOR A UMA 'CHAVE'!

Um dicionário (do inglês 'dictionary'), é uma estrutura de dados que usa mapeamento, ou seja, associação de pares de valores, em que o primeiro é denominado 'chave' e o segundo 'conteúdo'.
Os dicionários são criados da seguinte forma:

dic = {chave1 : conteudo1, chave2 : conteudo2, ...}
Para mais informações oficiais sobre dicionários: docs.python.org/3/tutorial/datastructures.html

Por exemplo, quando queremos adicionar um número de telemóvel aos contactos, temos de associar um número a um nome, assim quando procuramos pelo nome e ligamos para ele, estamos a ligar para o número que está associado a ele, seguindo o exemplo:

dic = {"bruna" : 961845123, "nyck" : 930741258}

Assim se quisermos procurar pelo número da bruna basta executar:

dic["bruna"]

E o output do programa será:

961845123

Se quisermos, por exemplo, adicionar outro número ao dicionário, basta usar:

dic["gustavo"] = 969696420

Como existem ainda alguns comandos para trabalhar com dicionários, tive de dividir em dois esta publicação, assim a segunda parte sairá no dia 8 de Janeiro, até lá, lá têm umas bases!


Referências:




Sem comentários:

Enviar um comentário

Comente de forma construtiva...