Pesquisar aqui

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

"Uma Década em Curtas" com 15 filmes de portugueses

"O Centro Cultural Português (CCP) da Cidade da Praia acolhe de 22 a 25 deste mês a segunda edição de "Uma Década de Curtas", que reúne 15 curtas-metragens de 12 realizadores portugueses realizadas entre 1999 e 2009.
João Neves, director do CCP da Cidade da Praia, disse à Agência Lusa que o evento, que decorrerá simultaneamente no pólo do Mindelo, na ilha de São Vicente, é dividido em quatro secções temáticas, repartidas por outros tantos dias.
Segundo João Neves, a primeira intitula-se "País Saudade", que se realizará a 22 deste mês, com quatro obras que abordam a questão da identidade e da História: "Passeio de Domingo" (2009, 20 minutos) e "A Suspeita" (1999, 25 minutos), ambos José M. Ribeiro, "Antes de Amanhã", de Gonçalo Teles (2007, 16'), "Tony", de Bruno Lourenço (2009, 20'), e "Guisado de Galinha", de Joana Toste (2008, 5').
Dia 23, é a vez de "Afetos", com três filmes que abordam "a poesia dos afetos e a nostalgia da adolescência", que conta com "Entretanto", de Miguel Gomes (1999, 25 minutos), "Alpha", de Miguel Fonseca (2008, 28'), e "Corrente", de Rodrigo Areias (2008, 45').
A secção "Retratos", no dia 24, explora "a vida e as personagens de quotidianos que nos são próximos", com a exibição de "O Pedido de Emprego", de Pedro Caldas (1999, 8 minutos), "O Olhar para Cima", de João Figueiras (2000, 23'), e "A Drogaria", de Elsa Bruxelas (2001, 24').
A programação ficará concluída com "Fluxos", dia 26, com três filmes que registam "a relação das pessoas com o espaço e a forma como o estruturam": "Paisagem Urbana com Rapariga e Avião", novamente de João Figueiras (2008, 24 minutos), "Superfície", de Rui Xavier (2003, 13'), e "Europa 2007", outra "curta" de Pedro Caldas (2007, 29').

As sessões do certame, cuja organização conta também com o apoio da Agência Portuguesa da Curta-Metragem, fruto do acordo assinado com o Instituto Camões, terão entrada livre e começam às 18:30 locais (20:30 em Lisboa).
"Ao celebrar os seus 10 anos de existência, a Agência da Curta Metragem, que tem prestado um forte contributo ao crescimento que a produção portuguesa conheceu nos últimos anos neste género cinematográfico, nomeadamente na promoção, programação e distribuição, organizou um programa itinerante, reunindo alguns dos filmes mais emblemáticos do seu catálogo nessa década", disse João Neves à Lusa.
A primeira edição decorreu em maio e junho de 2010."

In Diário de Notícias online: Artes
à data de quarta-feira, 16 de outubro de 2011

Sem comentários:

Publicar um comentário

Comente de forma construtiva...