sábado, 30 de maio de 2015

Reconhecimento facial para controlar alunos



Uma escola primária situada num bairro carenciado da cidade brasileira de Anápolis, está a testar com muito sucesso uma tecnologia que garante mais tempo de aula útil e aumenta a segurança dos pais. O equipamento regista a presença dos alunos através do reconhecimento facial e, não ocorrendo, avisa os pais de que as crianças faltaram à escola. 

A experiência está a ser levada a cabo na Escola Municipal Anapolino Faria e já deu excelentes resultados. Os professores ficam com mais tempo para passar conhecimentos porque já não têm que fazer a chamada oralmente e anotar as presenças e faltas dos alunos. 

Para registar a entrada na escola, basta que os alunos parem por poucos segundos em frente a um dos equipamentos instalados no estabelecimento de ensino. Depois, o sistema reconhece o rosto do aluno e marca-lhe automaticamente presença no livro de ponto digital. Caso contrário, uma mensagem automática é enviada para os telemóveis dos pais ou de outros responsáveis a informar que a criança não foi à escola. 

O equipamento avisa também os responsáveis da cantina sobre quantos alunos estão na escola, permitindo que seja confecionado um número certo de refeições, de forma a evitar desperdícios.

Sem comentários:

Enviar um comentário