sexta-feira, 11 de março de 2016

Cientistas dão passo gigante contra envelhecimento


    Uma investigação de um grupo de cientistas espanhóis permitiu aumentar em 65% a esperança média de vida dos ratos. No futuro, poderá ser possível tratar doenças ligadas ao envelhecimento precoce.

A investigação, iniciada em 2011 por uma equipa da Universidade de Oviedo, foi publicada, na segunda-feira, na revista "Nature Cell Biology" e demonstra o aumento da esperança média de vida em 65% nos ratos de laboratório. Tudo graças a duas moléculas experimentais (epz-5676 y epz-4777) que, atualmente, já estão a ser testadas em seres humanos no tratamento da leucemia mielóide crónica.

Ao diário espanhol "El Mundo", o investigador Fernando Garcia Osório explica que o objetivo desta investigação é prolongar a esperança média de vida a quem sofre de doenças associadas ao envelhecimento prematuro, atualmente sem cura.



Noticia completa aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário