domingo, 29 de janeiro de 2017

Factos e curiosidades sobre o estúdio Pixar


Pixar é uma marca tão forte, que quando pensamos num estúdio de animação é o primeiro nome que nos vem à cabeça. De “Toy Story” ao “Monster’s University”.

O poderoso estúdio dedica horas para dar vida aos personagens favoritos da nossa infância. Se a Pixar é o estúdio do seu coração, prepare-te conhecer alguns segredos do império da animação.

1 – A pixar começou com George Lucas


A Pixar começou debaixo das asas de George Lucas, como um setor da Lucasfilm em 1979.
Na época a empresa era conhecida apenas como o “setor de gráficos” da Lucasfilm.


2 – O carro do The Pizza Planet está em todos os lugares


O carro do ‘The Pizza Planet’ fez uma aparição em praticamente todos os desenhos do estúdio Pixar, exceto em “Os Incríveis”.

3 – A origem do abajur no seu logo

A verdadeira primeira curta de animação da Pixar se chama “The Adventures of André & Wally B.”, apesar da empresa, só ficar realmente conhecida após o curta “Luxo Jr.”
Luxo Jr. conta a história de dois abajures e uma pequena bola de borracha. O resultado foi tão bom que o abajur se tornou o símbolo da empresa. Surgindo assim, o abajur esmagando a letra “I” do logo da empresa, nas introduções dos filmes.

4 – Luxo Jr. apareceu em Toy Story


O curta do Luxo Jr. pareceu-te familiar? Provavelmente porque você já a tenhas visto em “Toy Story 2”. Esta curta aparece de forma muito rápida na TV, quando Ham freneticamente muda os canais. Conseguiste ver? 



5 – Steve Jobs já comprou a Pixar


Steve Jobs não só foi o co-fundador e CEO da Pixar, como também já foi dono. Jobs comprou parte da Pixar da Lucasfilm em 1986 por US$ 10 milhões.

6 – Jobs também já salvou a Pixar


Jobs livrou a empresa da falência. Graças a ele ainda podemos apreciar os trabalhos do estúdio Pixar. 
Ele resolveu comprar a Pixar por completo, investindo cerca de US$ 50 milhões.

7 – A Pixar já ganhou muitos prêmios


A Pixar já levou para casa 27 Academy Awards, 7 Globos de Ouro e 11 Prêmios Grammy.

8 – O time da Pixar já criou efeitos para Star Trek




A Pixar trabalhou em efeitos especiais juntamente com a Industrial Light and Magic. Juntas criaram a cena Genesis Effect em “Jornada nas Estrelas II – A Ira de Khan” (1982) e nos efeitos especiais do Cavaleiro do Vitral em “O Enigma da Pirâmide”, o primeiro personagem da história do cinema, feito somente com computação gráfica.

9 – A bola do Luxo, aparece em praticamente todos os filmes da Pixar


A pequena bola de borracha azul e amarela com uma estrela ao centro a vermelho, do episódio “Luxo Jr.” fez aparições em praticamente todos os filmes da Pixar. No exemplo acima, ela aparece no filme “Os Incríveis”.
Da próxima vez que assistires a um filme da Pixar, presta atenção nisso.

10 – O grande contrato com a Disney



A Pixar fechou um contrato de US$ 26 milhões de dólares com a Disney em 1991. O objetivo do contrato era de produzir três filmes com recursos CGI (Imagens Geradas por Computador), e o primeiro deles foi Toy Story. Na época, em que a Pixar lutava financeiramente para se manter em pé.

11 – Uma voz, vários personagens


John Ratzenberger trabalhou dobrando as vozes (dos filmes em inglês) de pelo menos um personagem, em cada filme da Pixar. Economia? Não, é considerado pela empresa como seu “amuleto da sorte”.


12 – No início, a Pixar contratou muitos recém formados



No início da Pixar, a maioria dos animadores eram recém formados. Até então a animação 2D ainda era dominante e estúdio Pixar era localizado em San Francisco, a cerca de seis horas de viagem da indústria de animação, em Los Angeles, o que tornava difícil a contratação de animadores profissionais. Universitários recém formados foi a melhor escolha que tiveram, no entanto não decepcionaram.

13 – Tudo acontece dentro dos estúdios da Pixar



Quando o estúdio cria algum filme, o design, modelações, aferições, simulações, gravações dos modelos, dublagem – TUDO acontece dentro dos estúdios da Pixar.

14 – Os criadores de Toy Story 3 escalaram lixo para recriar uma das cenas



Para criar a cena do clímax final em “Toy Story 3”, onde os brinquedos escapam do incinerador de lixo, os animadores da Pixar envolveram-se em uma experiência similar. 
No estúdio, os animadores recriaram a cena com uma parede insuflável inclinada cheia de lixo, eles literalmente escalaram a parede, com o intuito de descobrir os detalhes e as dificuldades para adaptá-las à cena. Assiste á cena acima e tenta não te emocionar.

15 – Comédia, Drama, Emoção


Os animadores da Pixar são sem dúvida cruciais para a criação de um filme! Alguns animadores são especialistas em comédia, outros em cenas mais emotivas, outros em drama. O elenco de animadores da Pixar é escolhido de acordo com os personagens que eles construirão, para que cada um deles seja o mais realista possível. Olha, por exemplo, para cada uma das personagens do filme “Á procura de Nemo”, nesta simples imagem apresenta-se o mal, o medo e é claro, a alegria, animação e genuinidade de Dory.

16 – Dentro da Pixar existe uma curiosa sala secreta


Há uma sala secreta num dos escritórios da empresa, conhecido como ‘Lucky 7 Lounge’. O animador Andrew Gordon descobriu a sala por um acaso quando foi mudar a decoração. Antes as pessoas só conseguiam aceder á sala através da conduta de ar condicionado, mas Andrew resolveu criar um acesso através de uma estante que também é uma porta secreta. Avança até os 3:43 do vídeo para conhecer a sala!

17 – A Pixar já fez anúncios de TV



Quando a Pixar passava por momentos dificeis, antes de Jobs salvá-la, os animadores começaram a criar anuncios para empresas e marcas americanas famosas como Listerine, Lifesavers, e Tropicana. 

18 – Porque escolheram o nome Pixar?


A palavra ‘Pixar’ é uma combinação entre as palavras “pixer,” uma palavra que em espanhol significa “fazer filmes” e “radar.” O co-fundador da Pixar, Loren Carpenter, disse: “Radar termina com ‘ar’ e é este tipo de sentimento high-tech que queremos transmitir.” Com a união de duas palavras que remetem a filmes e tecnologia, surgiu o nome Pixar.

19 – Um comercial com “Carros” de verdade



Opel comercializou uma versão especial de carros chamada “The Incredibles”, e contou com a ajuda da Pixar para divulgar os veículos numa campanha ao estilo de “Carros”. Olha só o resultado do vídeo.

20 – ‘Tin Toy’ de 1988 foi a base de ‘Toy Story’



A curta “Tin Toy” de 1988 da Pixar, foi o primeiro filme em CGI que ganhou um Oscar. A curta foi a inspiração original para “Toy Story”. 
O filme contava a história de um personagem chamado Tinny, que também era um brinquedo. 


Data da consulta: 29.01.2017


Sem comentários:

Enviar um comentário