quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Cut-out fogo


Depois da explicação e exemplificação que o professor Pitta deu na aula, resolvi fazer uma pesquisa e deixo-vos aqui o que encontrei no Youtube e que partilho convosco. Para a realização deste animação, começa-se por constatar que a câmara está apontada para baixo e trabalha-se numa mesa aqui coberta com papel/cartolina preto/a.
Quando se está a criar uma animação stop-motion, deparamo-nos com grandes desafios. Uma que me despertou especial atenção foi a animação do fogo. Isto é algo que se pode fazer de formas diferentes.



animatefire.jpgO que temos são recortes de chamas em papel . Temos três cores diferentes de papel. Na parte de trás temos recorte transparente, gel de iluminação laranja, ou acetato, o que lhe confere um pouco de brilho.

Temos o conjunto de chamas posicionado logo abaixo da câmara, bem centrado. Tira-se uma fotografia e pegamos noutro set de chamas. Afastamos o nosso primeiro conjunto de chamas e substituímos pelo segundo, que não precisa estar perfeitamente combinado, porque se trata de um recorte diferente. Então tira-se a próxima fotografia.

Desloca-se este conjunto de chamas e utiliza-se um terceiro conjunto de chamas. Coloca-se sem a preocupação de combinar com os anteriores, pois são todos diferentes e tira-se nova fotografia. Assim, volta-se novamente ao primeiro conjunto de chamas. Vamos combiná-lo, e tirar a respetiva fotografia.

Poderíamos passar o dia todo nisto, mas basta usar um pequeno atalho. Cortam-se e colam-se os frames para repetir as seis imagens que acabamos de gravar. Juntam-se todos os frames, repete-se as ações de copiar e colar várias vezes e acaba-se por se obter um fogo a arder.


Sem comentários:

Enviar um comentário