quarta-feira, 26 de abril de 2017

QR Code vira forma de “enterro” por falta de espaço na China

 "Os cemitérios do país têm promovido formas inusitadas de oferecer uma lembrança dos entes queridos
Pequim – Milhões de pessoas visitam nesta terça-feira, no chamado Dia de Varrer os Túmulos (Qingming, em mandarim), os túmulos de amigos e familiares queridos nos cemitérios da China, onde a falta de espaço em metrópoles como Pequim requer ideias revolucionárias.
Na capital do país, está cada vez mais claro: a escassez de espaço em uma cidade de quase 22 milhões de habitantes, a necessidade de proteger o meio ambiente e a ditadura tecnológica provocaram grandes mudanças na maneira de lembrar e honrar os mortos. E assim nasceram ideias que vão desde enterros ecológicos a caixas de correio para enviar cartas ao além e códigos QR ao invés de lápides."
Fonte: Notícia da Revista Exame

Sem comentários:

Enviar um comentário