quinta-feira, 21 de maio de 2015

O Spotify vai ter vídeos

O Spotify oficializou o que há algum tempo se vinha a especular. Aquele que é o maior serviço de streaming de música por subscrição, nascido na Suécia, actualizou a sua plataforma e vai ter vídeos e conteúdos originais e exclusivos, incluindo podcasts. Para ter conteúdos de vídeo, que nem sempre estarão directamente ligados a música, o Spotify assinou parcerias com a Vice News, BBC, NBC, MTV, Comedy Central ou TED, ficando, no entanto, por esclarecer que tipo de vídeos vai usar destes parceiros.

O fundador do Spotify, Daniel Ek, confirmou esta quarta-feira, num encontro com jornalistas, que decorreu em Nova Iorque, a adição ao serviço, que, segundo números da empresa, ajuda a descobrir uma média de dois mil milhões de artistas por mês. Ek afirmou que adicionar conteúdos de vídeo era “inevitável”. “Acreditamos que irá manter os utilizadores felizes e ligados ao Spotify durante todo o dia", acrescentou. A ideia é que com estes conteúdos as “pessoas ouçam também mais música”.

O Spotify passa a sugerir vídeos e podcasts e, com base no que o utilizador passa a escolher, essas sugestões serão adaptadas aos seus interesses. "Hoje estamos a introduzir uma nova experiência Spotify que é mais acessível, pessoal, e utilizável do que qualquer coisa na música", resumiu Ek.

Além dos vídeos e podcasts, o utilizador passa a ter na app do Spotify a página Now (agora), onde são mostradas listas de músicas para cada momento do dia. Basicamente, de manhã as sugestões terão em conta a banda sonora ideal para começar o dia, enquanto ao final do dia as propostas podem ser de música mais relaxante. Apesar do utilizador poder criar as suas próprias listas, o Spotify pode gerá-las com base nos gostos prévios demonstrados pelo utilizador. A ideia é o serviço perceber o que o utilizador gosta e antecipar sugestões com base na informação anteriormente recolhida.

Outra das novidades é o Spotify Running. Com esta funcionalidade, o serviço tenta adaptar o ritmo da música ao ritmo do passo de corrida do utilizador. Através da sua app, o Spotify consegue detectar o tempo do passo de corrida e rapidamente sugere uma música que combina na perfeição com o exercício. Segundo o Sportify, são precisos apenas cinco segundos para encontrar a música perfeita para fazer exercício. A ideia é motivar o utilizador enquanto se exercita.


Sem comentários:

Enviar um comentário