Pesquisar aqui

quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

Sensores para os seus projetos de IoT

Toda a gente gosta de desenvolver um projeto pessoal e de ver o seu trabalho, esforço e dedicação culminar numa criação útil ou engraçada. Estamos numa era ode é muito fácil e barato começar a desenvolver os nossos projetos. Com ferramentas como o Arduino, CHIP ou Raspberry Pi juntamente com sensores e shields possuímos muitas possibilidades para deixar a nossa imaginação fluir e praticar os nossos conhecimentos e raciocínio. Mas o que torna cada projeto tão diferente de todos os outros não costuma ser os microcontroladores, mas sim os diversos sensores utilizados, por isso, vou dar 7 exemplos de sensores muito úteis para projetos sobre internet of things.

Sensor de temperatura:

Este sensor possui capacidade para medir uma temperatura entre -55 a 125 graus celsius. É um sensor digital, o que significa que é possível ver a leitura dos seus valores já em graus celsius em vez de ter que fazer conversões de valores analógicos.É muito preciso, com uma margem de erro de apenas 0,5ºC e caso esteja bem protegido (numa cápsula, por exemplo) funciona em líquidos. 

Sensor de vibração:

Qualquer toco físico neste sensor é transformado em energia elétrica que é transmitida ao microcontrolador na forma de uma anotação analógica. Podendo ser usado, por exemplo, para enviar alertas quando as vibrações são superiores a valor definido por programação.

Sensor de luminosidade (LDR):

Neste sensor, à medida que a intensidade da luz emitida sobre ele aumente, a sua resistência diminui. Dando uma indicação numéirca deste acontecimento para o microcontrolador, começando no 0 (quando há ausência de luz) crescendo até ao 1023 (sinal analógico).

Sensor de ultrasson:

Este sensor é capaz de medir distâncias através da variação do tempo percorrido por ondas sonoras por ele emitidas. Tem um alcance que varia entre 2cm e 4m, possuindo uma margem de erro de apenas 3mm.

Sensor do nível de água:

Neste sensor, conforme o nível de água for aumentando, também a tensão aumenta. Quanto maior for o recipiente em que este está inserido, maior deve ser o sensor, pois este funciona com contacto direto com a água.

Sensor de humidade do solo:

Para este sensor, quanto maior a quantidade de água presente no solo em que este está espetado, maior será o valor numérico por ele transmitido. É necessária calibração do nível de humidade a partir do qual queremos que este gere um alerta ou mande executar uma função (como regar). É um sensor de extrema importância para a agricultura.

Sensor de gás:

Este sensor consegue identificar gases inflamáveis como metano, hidrogénio ou propano. Para isso usa dióxido de estanho, um material de baixa condutividade que quando possui algum gás inflamável próximo do sensor, a condutividade do mesmo aumento conforme esse gás fica mais denso. É um ótimo sensor para segurança, inclusive acionando atuadores que controlem a fuga de gás.


Aconselho a quem estiver a planear fazer projetos com o conceito de internet of things que usa a Arduino IoT Cloud para controlar o seu projeto pela internet, no seu telemóvel ou computador. Podendo até ver em tempo real o valor dos sensores.

imagens:


fonte:

Sem comentários:

Publicar um comentário

Comente de forma construtiva...

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.