sexta-feira, 6 de março de 2015

Museu Vieira da Silva inaugura exposição com obras da histórica Galeria Sonnabend

Na mostra, intitulada "Sonnabend. Paris - New York", vão estar representados 15 artistas: Andy Warhol, Roy Lichtenstein, George Segal, Michelangelo Pistoletto, Robert Rauscenberg, John Chamberlain, Robert Watts, Claes Oldenburg, Tom Wesselmann, James Rosenquist, Jim Dine, Mario Schifano, Arman, Jasper Johns e Larry Bell.
De acordo com o Museu Vieira da Silva, a exposição, que fica até 3 de maio, assinala a importância da galeria parisiense nos seus primeiros cinco anos de funcionamento - entre 1962 e 1967 -, quando muitos daqueles artistas apresentaram obras na Europa pela primeira vez.
O galerista António Homem, nascido em Lisboa, em 1939, curador desta exposição, começou a trabalhar com a Sonnabend, em Paris, em setembro de 1968. Participou na fundação da mesma Galeria, em Nova Iorque, em janeiro de 1970, e na inauguração do novo espaço, no Soho, em Manhattan, em setembro de 1971.
Residente em Nova Iorque desde 1989, António Homem dirigiu aGaleria Sonnabend juntamente com a colecionadora Ileana Sonnabend até à morte desta, em 2007, data em que herdou a Galeria e a coleção, com Nina Sundell, filha do primeiro casamento de Ileana, com Léo Castelli.
A exposição resulta de uma colaboração entre a Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva, a Sonnabend Collection Foundation, de Nova Iorque, e a Fondazione Musei Civici di Venezia - Ca'Pesaro Galleria Internazionale d'Arte Moderna.

Sem comentários:

Enviar um comentário