sábado, 27 de fevereiro de 2016

Em 2075, 60% da Terra vai sofrer vagas de calor extrema


Os cientistas do NCAR dizem que a humanidade ainda vai a tempo de evitar o aquecimento do Planeta. Os investigadores norte-americanos preveem para 2075 vagas de calor três graus mais quentes que aquelas que se registam atualmente.

As vagas de calor que têm assolado alguns locais da Terra a cada vintena de anos, mas poderão tornar-se anuais – e afetar 60% do planeta por volta de 2075. A previsão foi avançada por cientistas do Centro Nacional de Investigação Atmosférica dos EUA (NCAR).

Os investigadores norte-americanos recordam que as vagas de calor não só se vão tornar mais frequentes e disseminadas, como ainda poderão ser mais severas. Os peritos em meteorologia do NCAR estimam que as vagas de calor que vão ocorrer dentro de 60 anos poderão ser cerca de três graus celsius mais quentes que aquelas que se registam atualmente, noticia a Popular Science.



 

Sem comentários:

Enviar um comentário