Pesquisar aqui

segunda-feira, 9 de novembro de 2020

À quarta é de vez? - AMD Radeon RX 6900 XT (e como tornar uma placa da competição obsoleta em pouco mais que um mês)

E chegamos ao topo da montanha, a RX 6900 XT. Esta é a placa que talvez mais me surpreendeu pela positiva. Lembro-me de uns dias antes de estas placas terem sido anunciadas que a AMD não deveria sequer tocar na alta gama das placas gráficas, mas que deveria ser muito competitiva em termos das placas mais acessíveis. Mas é exatamente o contrário, e o melhor exemplo disso é a 6900 XT.


Porquê? É bastante simples, mas precisamos de retroceder um pouco no tempo: o lançamento da RTX 3090 pela Nvidia. Antes a Nvidia ficava-se sempre pelas oitentas como o topo da sua linha, com as placas Titan como o topo do topo, mas a um preço ainda mais exorbitante e não focado no gaming mas sim para processamento de dados que precisasse de uma enorme potência. Mas a Nvidia deixou a linha Titan e passou a para a RTX 3090, anunciando-a como a primeira placa gráfica pronta para jogar em 8K (quando mal existem monitores nessa resolução), e com um preço nunca visto na gama GTX/RTX, 1499 dólares.

Voltamos então ao presente, lançamento das novas placas gráficas da AMD. A 6900 XT chega para competir com a RTX 3090, e é apresentada com um TDP de 300W, o que é 50W a menos que a 3090, por isso a eficiência é significativa, isto é, caso a performance seja a mesma, que é, como podemos ver no gráfico abaixo.


Isto seria tudo normal tendo em conta o que tinha dito antes, a AMD a competir com a Nvidia em todos os níveis, mas há um fator que eu ainda não mencionei: o preço. Enquanto que, a RTX 3090 custa 1499$, a RX 6900 XT custa apenas 999$, um preço que humilha por completo a Nvidia e que torna a 3090 quase obsoleta quanto a gaming.

No caso desta placa, podemos esperar pelo dia do lançamento, 18 de novembro, mas tendo a diferença absolutamente massiva entre a RX 6900 XT e a RTX 3090, não é preciso esperar para saber que a AMD venceu neste nível.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Comente de forma construtiva...

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.