Pesquisar aqui

terça-feira, 10 de novembro de 2020

Como as máquinas tomam os nossos empregos

Desde a revolução industrial que homens e mulheres se queixam que máquinas vêm tomando os seus empregos mas porque? Resposta rápida, elas trabalham melhor não precisam de trabalho e nem de horários.

A partir do momento em que uma pessoa consegue fazer o trabalho de outra de maneira mais eficiente é claro para todos que a primeira vai ser substituída, mas quando se fala de máquinas o assunto é mais controverso. 

A maior parte da população já se apercebeu que substituindo trabalhos manuais, repetitivos e extensos são mais lucrativos do que ter uma sala cheia de pessoas a fazer esse trabalho ( dou como exemplo o trabalho de calculadora, aonde literalmente existiam salas cheias de pessoas, com uma caneta e um papel na mão, a fazer contas), para além de a longo prazo trazer benefícios económicos, a nível mundial, quando aplicado em grande escala.

Vemos exemplos disto mais á vista em fábricas aonde robôs são programados para desempenhar uma tarefa repetidamente e sem erro, mas é muito mais presente, por exemplo como verificamos no documentário social dillema, praticamente todas as redes sociais são geridas por algoritmos que determinam oque os usuários vêm e por aí em diante.

Em todas estas industria uma tecnologia que está a revolucionar e a, novamente assustar os trabalhadores é a habilidade dos algoritmos poderem ser programados para aprenderem sozinhos. Isto assusta alguns porque alguns programas já são capazes de recriar obras de arte, música, e até fazer designs de carros, desde a sua estrutura interna á sua aparência exterior. 
Uma forma lúdica de perceber como estas máquinas evoluem recomendo o seguinte vídeo:https://www.youtube.com/watch?v=R9OHn5ZF4Uo&t=467s&ab_channel=CGPGrey

Estas inteligências artificiais assustam de novo porque, até agora, todos os empregos que as máquinas tiravam eram simples e repetitivos, mas de repente passam a ser "criativos", capazes de criar coisas que até agora só os humanos eram capazes de o fazer, isto cria o medo destas IA passarem a fazer tudo por nós. 

Sem comentários:

Publicar um comentário

Comente de forma construtiva...

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.