quinta-feira, 26 de maio de 2016

NASA já está em Marte a conduzir todo o terreno


O envio de um rover para Marte deverá acontecer em 2020. Até lá os engenheiros do Jet Propulsion Laboratory (JPL) preparam o veículo para “aquilo que há-vir” com a ajuda da realidade aumentada.


tek rover marte 2020


A NASA está a desenvolver nos seus laboratórios um rover “especial de corrida” para passear na superfície de Marte. Com data de lançamento marcada para 2020, o veículo já está a ser testado, mas de uma forma especial: num modelo em 3D que ultrapassa as fronteiras do monitor de computador.

Tal acontece graças à realidade aumentada dos Hololens, numa parceria estabelecida já em 2015 com a Microsoft, e a intenção é criar uma forma precisa de explorar o planeta vermelho sem ter de viajar até lá, permitindo aos cientistas percorrerem Marte tal como se se tratasse de um qualquer local na Terra.

A experiência com os óculos da Microsoft é ajudada por, principalmente, duas soluções de software: a OnSight e a ProtoSpace.

O OnSight permite gerar um holograma da superfície de Marte com base nas imagens fornecidas pela sonda Curiosity. Além disso permite ter o contributo de cientistas planetários e geólogos especializados no planeta vermelho, que não estejam no JPL, em tempo real, na análise de diferentes aspetos da missão.

É com base nesta ferramenta que a NASA se prepara para avançar com uma experiência de realidade virtual Destination: Mars, dirigida ao público em geral e que tem estreia marcada para o verão no complexo para visitantes do Kennedy Space Center.

Mias inforamação aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário