sábado, 11 de março de 2017

Operadores em JavaScript

 JavaScript é uma linguagem que se baseia fortemente no cálculo de expressões (numéricas, booleanas ou de cadeias). Tomemos como exemplo a expressão numérica “4+5”: neste caso estamos perante uma soma entre dois números (4 e 5), a que se dão o nome de operandos, que é feita através do uso de um operador (aritmético): o sinal “+”.

 Existem três grandes tipos de operadores: operadores aritméticos, booleanos e de comparação.

 Operadores aritméticos são responsáveis por realizar operações aritméticas (de soma, divisão, subtração…) em valores numéricos. Os principais operadores aritméticos são: o operador “+”, que realiza uma soma, o operador “-“, que calcula a subtração entre dois valores, o operador “*”, que faz o produto entre os operandos, o operador “/”, que calcula o quociente entre os membros da expressão em questão e, finalmente o operador “%”, que indica o resto de um quociente efetuado.


 Para além disso, temos dois operadores aritméticos extras: os operadores “++” e “- -“ que adicionam ou subtraem (respetivamente) 1 unidade a um número.

 Operadores booleanos (ou lógicos) combinam dois ou mais valores booleanos e resultam em true or false. Os operadores lógicos são: “&&”, que significa “e”, e que apenas retorna o valor true se todos os membros da operação forem verdadeiros, “||”, que significa “ou”, e que retorna o valor true se pelo menos um membro da operação for verdadeiro, e, por fim temos o operador lógico “!”, que significa “não”, e que retorna o valor true, se a operação for falsa, e vice-versa. Um exemplo do uso de operadores booleanos é o seguinte: !((40 > 10) && (20 < 15)), que retornará o valor booleano true, apesar da condição ser falsa, pelo facto de estar a ser usado o operador booleano “!”. 



 Por fim temos os operadores de comparação que comparam dois valores, retornando também os valores true ou false. Os operadores de comparação são: “==”, que aponta para a igualdade entre dois valores, “!=”, que retorna o valor true caso não se verifique a igualdade entre dois valores, “>” e “<” que resultam no valor true caso o segundo operando seja inferior ou superior (respetivamente), em relação ao primeiro, e, também temos os operadores “>=” e “<=”, muito semelhantes aos dois anteriores, tendo como principal diferença o facto de também retornarem o valor true caso nos encontremos numa situação de igualdade de operandos (tal como com “==”).

 Por fim temos os operadores de comparação que comparam dois valores, retornando também os valores true ou false. Os operadores de comparação são: “==”, que aponta para a igualdade entre dois valores, “!=”, que retorna o valor true caso não se verifique a igualdade entre dois valores, “>” e “<” que resultam no valor true caso o segundo operando seja inferior ou superior (respetivamente), em relação ao primeiro, e, também temos os operadores “>=” e “<=”, muitos semelhantes aos dois anteriores, tendo como principal diferença o facto de também retornarem o valor true caso nos encontremos numa situação de igualdade de operandos (tal como com “==”).


 Finalmente temos dois operadores de comparação muito semelhantes aos dois primeiros apresentados, os operadores “===” e “!==”, que não só avaliam a igualdade entre ambos os membros da expressão, como também avaliam a igualdade entre os tipos de dados que os compõe (booleanos, cadeias ou números). Um exemplo do uso deste tipo de operadores é o seguinte: (12===”12”), que retornará false porque apesar de se registar uma igualdade entre ambos os operandos, o seu tipo de dados não é o mesmo (o primeiro é um número e o segundo uma cadeia), por outro lado, se tal comparação tivesse sido feita com o operador “==”, esta teria retornado true porque não teria sido feita a comparação entre tipos de dados.

 Para mais informações sobre operadores, nomeadamente uma lista detalhada sobre os mesmos, segue aqui um artigo da W3Schools: https://www.w3schools.com/js/js_examples.asp.

fontes: https://www.w3schools.com/js/js_examples.asp (consultado a 06/03/2017)
https://www.sololearn.com (consultado a 06/03/2017)

Sem comentários:

Enviar um comentário