segunda-feira, 6 de março de 2017

Televisão iraniana "veste" Charlize Theron e Anousheh Ansari com Photoshop



O resultado foi um momento de televisão bizarro que, no Facebook, já recebeu o Oscar para "melhor censura"...

Coube à engenheira iraniano-americana Anousheh Ansari aceitar o prémio para Melhor Filme Estrangeiro em nome do realizador Asghar Farhadi, que não apareceu na 89ª cerimónia de entrega dos Oscars em protesto contra as leis anti-imigração defendidas pelo Presidente dos EUA, Donald Trump. A estatueta dourada foi entregue pelas atrizes norte-americanas Charlize Theron e Shirley MacLaine.

Os decotes de Charlize Theron e e Anousheh Ansari não cairam bem à Iranian Labor News Agency (ILNA), que resolveu o assunto digitalmente, assim:


Em declarações ao The New York Times, Masih Alinejad, que fez o upload das imagens da televisão para o Facebook e é uma voz proeminente contra o uso compulsório do véu no Irão, classificou como "absurdo" o ponto a que a ILNA vai para manter os corpos das mulheres cobertos.

Na mesma rede social, a página My Stealthy Freedom ofereceu à televisão estatal iraniana o Oscar para "melhor censura".

Data da consulta: 06.03.2017

Sem comentários:

Enviar um comentário