Pesquisar aqui

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

O que esperar da IoT em 2020

Um novo ano começa e com ele vêm as previsões do que neste irá acontecer. Sendo assim, hoje trago as minhas.


É expectável que o 5G começa a ser implementado no presente ano (pelo menos alguns projetos-piloto). Mas esta não é a única nova tecnologia na zona das telecomunicações de 2020, temos também o wi-fi 6. Ambas as tecnologias prometem muito em termos de aumento de velocidade e de tráfego. Vamos ver se isto de facto se concretiza, porque as tecnologias quando surgem costumam ser sempre muito milagrosas, porém, quando são de facto implementadas, os resultados não costumam ser tão avassaladores como o publicitado. Mas continuando... A IoT poderá beneficiar e muito com as mesmas, visto que será criada toda uma infraestrutura capaz de alojar e conectar os milhares de novos dispositivos que serão certamente adquiridos este ano. Permitindo também uma conexão muito mais rápida entre todos, abrindo novas possibilidades para funcionalidades relacionadas com a Cloud.


Este será certamente mais um ano de grandes avanços naquela que tem sido uma das tecnologias mais mainstream dos últimos anos, a IA (inteligência artificial ou AI). O progresso da mesma significa também um progresso para a IoT que a usa nos seus hubs (google home, Amazon Echo, Samsung smartThings hub, etc...), câmaras (para detetar que está a tocar à porta, se o cão entra no quarto, etc...), termostatos (temperaturas que mais gostamos, que horas costumamos ligá-lo, etc...) e muitos mais dispositivos e funcionalidades. Pessoalmente acredito que a IA incorporada na análise de dados recolhidos por dispositivos ligados à Cloud (género de Big Data), usando as conclusões alcançadas para poupar tempo e trabalho ao utilizador, seja em casa, no carro, ou no trabalho é o futuro, não só da IoT, mas da tecnologia em geral. 


Por fim, este será um dos maiores anos para os carros autónomos que com o 5G poderão finalmente tornar-se possíveis. Claros que já existem carros como os Teslas, que são parcialmente autónomos, porém, ainda necessitam de um condutor com toda a sua concentração voltada para a estrada e só funcionam em determinadas situações. Podemos começar a ver protótipos bastante avançados de carros que usarão a IoT e a rápida conexão do 5G para se comunicarem entre si enquanto se deslocam na estrada, permitindo uma transmissão das tomadas de decisão de cada carro com os outros de forma muito rápida.


Para concluir, quero só lembrar os leitores que todo o progresso na tecnologia acontece devido às pessoas que todos os dias dão o máximo para vivermos numa sociedade melhor daquela que vivemos hoje. Quero incentivar-vos a serem também motores que puxam a humanidade cada vez mais para a frente. Acredito não só que 2020 vá ser um grande ano para a tecnologia, mas que toda a década o será, fico na expetativa...

imagens:


Sem comentários:

Publicar um comentário

Comente de forma construtiva...

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.