Pesquisar aqui

quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Será que o Android Auto é útil?

 Em janeiro de 2014 na Consumer Eletronics Show (CES), o Google anunciou a formação da Open Automotive Alliance, um grupo que incluía a gigante da tecnologia e montadoras de automóveis como Audi, General Motors, Hyundai, Honda e a Nvidia, dispostos a criar sistemas de entretenimento unificados que combinassem sofisticação e segurança em uma plataforma baseada em Android.

 Em junho do mesmo ano foi anunciado o Android Auto, sistema operacional desenvolvido para carros e baseado na plataforma Android. O sistema oferece num só ecrã sistemas e aplicações como navegação GPS, música, SMS, telefone, e pesquisas online. Poderá ser controlado tanto por botões físicos quanto por um sistema touchscreen, além do controle por voz. O sistema consegue comunicar com dispositivos Android com sistema na versão Lollipop 5.0 ou superior, e será conectado ao sistema através de um cabo USB. O usuário terá acesso ao sistema do carro, podendo indicar a velocidade do automóvel, controlar o sistema de som, e ter acesso às informações disponíveis, como nivelamento, pressão dos pneus e problemas internos do veículo.

  



 



Sem comentários:

Publicar um comentário

Comente de forma construtiva...

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.