Pesquisar aqui

sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

Python - Tuplas

NAS PUBLICAÇÕES 'PYTHON - LISTAS' FALEI DO TIPO MAIS COMUM DE VARIÁVEL COMPOSTA, MAS EM PYTHON AINDA EXISTEM MAIS DOIS, TUPLAS E DICTIONARY; ESTA PUBLICAÇÃO DESTINA-SE ÀS TUPLAS.

Do inglês 'tuple', é uma lista imutável, ou seja, nas listas podem ser adicionados ou removidos elementos a qualquer momento, enquanto que nas tuplas não pode ocorrer esses processo, ou seja, não permite adição, remoção ou qualquer alteração da ordem dos elementos.

As listas geralmente têm elementos do mesmo tipo, como por exemplo uma lista de e-mails, já as tuplas têm elementos distintos como por exemplo o dia, o dia da semana, o mês e o ano, ou seja uma data:

tuple1 = (13, 'sexta-feira', 'dezembro', 2019)

Outra diferença entre listas e tuplas, é que as listas são delimitadas por parêntesis retos '[ ]' enquanto que as tuplas são delimitadas por parêntesis curvos '( )'.


Alguns comandos que estudamos nas listas podem ser utilizados nas tuplas, tirando aqueles que alteram elementos:


t = ("x", "y", 10, 20, "c")

print(t)
print(t[0])
print(t[-1])
print(t[1:3])

O output deste programa seria:


("x", "y", 10, 20, "c")
'x'
'c'
('y', 10, 20)

Nota: uma virgula é o que define uma tupla, e não os parêntesis que são opcionais como podemos verificar a seguir:


t1 = 1, 2, 3 #tupla sem o uso de parentesis

t2 = (1, 2, 3) #tupla com o uso de parentesis

t3 = 1, #tupla com um único elemento

t4 = () #tupla vazia

Assim aprendemos mais um tipo de variável composta em Python! Vai nos ser bastante útil em alguns exercícios específicos no futuro.


Referências:



Sem comentários:

Publicar um comentário

Comente de forma construtiva...

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.