segunda-feira, 11 de abril de 2016

5 dicas para carregar a bateria do seu smartphone



As baterias dos smartphones estão cada vez melhores, com maior capacidade e muitas delas até com tecnologias que lhes permitem carregar sem fios ou de forma bastante mais rápida que o habitual.
No entanto, todos nós cometemos alguns erros quando carregamos o telemóvel:

1. Carregamento através de entradas USB

Se trabalha, estuda ou passa horas diariamente ao computador é comum precisar de carregar o smartphone e, então, a forma mais simples que encontra é ligá-lo à entrada USB do seu computador. Além de o carregamento através destas entradas ser muito lento, a baixa corrente fornecida não é benéfica para a saúde da bateria, já que tudo está optimizado para a corrente do carregador original.

2. Utilizar carregadores com corrente máxima inferior ao que é aconselhado pelo fabricante

Muitas vezes o conselho que se dá é que se utilize sempre o carregador fornecido com o smartphone, mas existem marcas que não vendem os smartphones com carregadores ou até se dá o caso deles se perderem. Nesses casos, a opção não precisa de passar por adquirir um novo carregador da mesma marca, já que em casa poderá ter outros que se adeqúem desde que o valor da corrente máxima seja igual ou superior ao recomendado pela marca do seu smartphone.

3. Deixar o smartphone a carregar durante horas a fio

O smartphone está a ficar sem bateria, coloca-o a carregar uma noite inteira, ou simplesmente esquece-se dele ali, ligado à corrente eléctrica durante o dobrou ou até o triplo do suficiente para carregar a 100%. Na verdade, a maioria dos smartphone não vai continuar a receber energia quando atinge o seu máximo, pelo que não há propriamente um perigo de sobrecarga. No entanto, as baterias de iões de lítio não devem nem ser deixadas descarregar totalmente nem permanecer com a carga máxima durante muito tempo, sob pena de se degradarem mais rapidamente do que o esperado.

4. Utilizar o smartphone enquanto carrega

A utilização do smartphone durante o carregamento também não é proibida, mas não é aconselhável. Durante o carregamento, se for levada a cabo uma tarefa que exija muito processamento, como jogar ou ver um vídeo, há uma tendência para que haja um sobreaquecimento do equipamento, que se torna ainda maior se este estiver a carregar. Além do mais, se lhe estiver a mexer enquanto carrega, o carregamento torna-se mais lento.

5. Deixar o smartphone a carregar ao sol

Voltamos à mesma questão do sobreaquecimento. Quando o equipamento está a receber energia eléctrica tem tendência a aquecer e existem alguns que atingem temperaturas até bastante elevadas. Se a isto juntarmos ainda o calor do sol pode mesmo haver o perigo do smartphone ficar danificado.

carregar_moto_g

Sem comentários:

Enviar um comentário