Pesquisar aqui

segunda-feira, 5 de março de 2018

Java vs. JavaScript

    Com a aprendizagem de JavaScript, é comum as pessoas (pelo menos eu já ouvi várias vezes) referirem-se simplesmente como Java, para abreviar. O facto de terem sintaxes muito semelhantes também é um fator que pode contribuir para alguma confusão em iniciantes. Contudo, esta é uma distinção importante pois, embora tenham nomes parecidos, são duas linguagens de programação diferentes. 
    Só para começar, as duas não pertencem à mesma empresa. No entanto, existem várias diferenças para além desta, diferenças com consequências práticas mais extensas. Primeiro, o JavaScript não é capaz de criar aplicações independentes. Depois, para programar em Java é necessário um kit de desenvolvimento e um compilador. JavaScript, por sua vez, apenas necessita de um editor de texto compatível com o browser para conseguir correr. Java é uma linguagem mais potente do que JavaScript, no sentido em que é possível fazer uma maior variedade de coisas, desde aplicações a gestão de servidores, enquanto JavaScript serve exclusivamente para ser executado em páginas web. Estas linguagens ainda se distinguem na rigidez. Em Java, quando se cria um variável tem de se indicar o tipo e este não pode ser alterado. Tal não acontece em JavaScript.
    Assim pode-se ver que estas linguagens de facto não partilham mais que o nome e a sintaxe. Java é mais potente e com um maior alcance de funcionalidades. Contudo, JavaScript é mais flexível e relativamente fácil de aprender, tornando-a uma linguagem relativamente acessível para quem está a começar. Estas principais diferenças são mais que suficientes para as distinguirmos e vermos de facto que, para evitar dúvidas, é melhor dizer JavaScript e não abreviar.




Fontes: http://www.criarweb.com/artigos/164.php no dia 03/03/2018

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comente de forma construtiva...