sábado, 10 de março de 2018

Tecnologia permite a pessoas cegas conduzirem virtualmente

Racing Auditory Display, ou RAD é o nome do sistema de sons que permite a pessoas cegas controlarem automóveis em jogos de corridas.



Um estudante de engenharia informática da universidade de engenharia de Colômbia, nos Estados Unidos, criou um sistema de indicadores sonoros para jogos de corrida denominado por Racing Auditory Display (RAD). A tecnologia permite que pessoas cegas se divertam ao volante de um carro de corridas em videojogos.

O RAD funciona através de uma textura sonora associada ao motor do veículo colocado à frente do jogador e é aplicada em dois setores diferentes. O primeiro diz respeito ao posicionamento do carro na pista e está associada ao volante. O som do veículo irá mover-se para a esquerda e direita, consoante se aproxima nas extremidades do circuito. No fundo, quando o jogador vira o volante, está a controlar o som diretamente. Ou seja, quando ouve o som a deslocar-se muito para a esquerda, terá de compensar o carro para a direita, para mantê-lo no centro e evitar a colisão. O segundo setor refere-se ao entendimento da velocidade do carro e a trajetória na pista para se antecipar às curvas.

Embora o sistema pareça simples, para manter a fluidez de uma corrida competitiva, os sons distintos são debitados em simultâneo. Com a prática o jogador vai conseguir manter o carro na pista, a uma velocidade considerável, conseguindo superar todos os obstáculos da estrada, nomeadamente curvas mais abertas ou fechadas, onde é necessário abrandar ou cortar os cantos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comente de uma forma construtiva...