quarta-feira, 30 de maio de 2018

Inteligência artificial mais eficiente que médicos

Felizmente a tecnologia tem sido desenvolvida no âmbito de nos dar melhor qualidade de vida. Temos procurado maneiras de que possa prevenir doenças ou, pelo menos, nos avise sobre as doenças de maneira precoce.
Num estudo publicado na revista Annals of Oncology, investigadores na Alemanha, EUA e França treinaram uma CNN ou Rede neuronal convolucional para identificar cancro da pele, mostrando mais de 100.000 imagens de melanomas malignos (a forma mais letal de cancro de pele), bem como moles benignos (ou sinais).
Os resultados obtidos pela inteligência artificial foram comparados com 58 dermatologistas e foram perdidos menos melanomas e moles benignos, que são diagnosticados como malignos, comparado ao grupo de dermatologistas.


Notícia completa aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comente de uma forma construtiva...