Pesquisar aqui

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

O que é o Full Frame?

As câmaras que possuem um sensor 35mm são chamadas full frame e têm o mesmo tamanho que os sensores das antigas câmaras analógicas. Sendo este o tamanho base, câmaras com sensores menores são chamadas, de maneira mais comum, APS.

Como o sensor é maior, isso possibilita uma maior quantidade de megapixels, uma menor profundidade de campo em qualquer abertura (o que facilita desfoques criativos) e uma durabilidade acrescida. Por essas mesmas razões, o preço das máquinas com este tipo de sensores é mais elevado e é mais acessível a venda e a compra de máquinas com sensores menores que 35mm.

Factor de corte
Comparação entre sensores



Vantagens:

O full frame permite que os níveis de ruído sejam mais baixos em ISO elevado e um maior alcance dinâmico nas imagens capturadas. A densidade de pixels é menor nos sensores full frame, o que significa que os pixels podem ser tanto espaçados mais longe uns dos outros ou cada fotodíodo (dispositivo semicondutor que converte luz em corrente elétrica) pode ser fabricado a um tamanho ligeiramente maior. Tamanhos de pixel maiores podem capturar mais luz o que tem a vantagem de permitir que mais luz seja capturada antes da saturação do fotodíodo. Adicionalmente, é gerado menos ruído por pixels adjacentes e os seus campos EMF (EletroMagnetic Field) têm fotodíodos maiores ou maior espaçamento entre eles. Para um dado número de pixels, o sensor maior permite maiores pixels que proporcionam uma faixa dinâmica mais ampla e menor ruído em níveis ISO elevados. Como consequência, full-frame DSLRs podem produzir imagens de melhor qualidade em certas situações de alto contraste ou pouca luz.

Comparação de preços entre máquinas full frame e APS

Desvantagens:

Os custos de produção de um sensor full frame podem exceder vinte vezes os custos de um sensor APS.  Além disso, o rendimento é comparativamente baixo porque a grande área do sensor o torna muito vulnerável a contaminantes e inicialmente, quando foram produzidos pela primeira vez, estes sensores requeriam distintas durante a fase de fotolitografia, triplicando o número de máscaras e processos de exposição durante a síntese do sensor. Além disso, o facto de terem um maior sensor não significa directamente que sejam melhores, apesar de terem as suas vantagens.



Concluindo, a maior parte das DSLRs full-frame são destinadas principalmente para uso profissional e incluem mais recursos do que as DSLRs típicas para o consumidor. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comente de forma construtiva...