sábado, 10 de dezembro de 2016

Fotografia a Preto-e-Branco - algumas considerações


 Fotografar a preto-e-branco apesar de, muitas vezes parecer algo ultrapassado (devido à possibilidade de se fotografar a cores), é importante para o desenvolvimento de qualquer fotógrafo. Pois a ausência de cor acaba por ser menos uma distração, ficando portanto o fotógrafo mais atento à luz, trabalhando-a de forma mais criativa, conseguindo passar emoção muito mais facilmente.

 
 Como forma de guiar principiantes pela arte de fotografar a preto-e-branco, o fotógrafo Jim Harmer compilou alguns dos seus principais truques no que toca à tiragem de fotografias. Na fotografia a preto-e-branco devemos sempre fotografar em RAW, pois nos dá uma maior margem de manobra na posterior edição da mesma, recorrendo-se a ferramentas como o Photoshop ("Camera Raw") para o fazer, podendo até mesmo as colorir posteriormente.

 Algo que se deve ter em conta ao fotografar a preto-e-branco são os limites e as sombras do que fotografamos, pois são estes dois fatores que caracterizarão a nossa fotografia. Para além disso devemos procurar capturar texturas nas fotografias, dando através de um contraste elevado e do uso de HDR (High Dynamic Range), maior volume e profundidade ao sujeito.

 
 Por fim, Jim recomenda que para quem se interesse pela fotografia de longa exposição, este estilo de fotografia é uma excelente forma de se iniciar pois, não só ambas as vertentes combinam extremamente bem, como também, nos permite dar mais atenção à luz que é a base deste género fotográfico - facilitando um desenvolvimento pessoal como fotógrafo.

 
 Para os mais interessados segue aqui o link com o artigo de J. Harmer que contém em mais detalhe todas as informações tratadas neste post: http://improvephotography.com/832/black-and-white-photography-tips/




Sem comentários:

Enviar um comentário