sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

O QUE É ABERTURA DA LENTE E COMO USAR A SEU FAVOR ?




A abertura da lente é uma das ferramentas de trabalho a que o fotógrafo tem acesso em sua rotina e que serve como um dos maiores diferenciadores que as fotos podem ter, visto que variam de acordo com a visão única e exclusiva de cada profissional.
Em fotografia, entender o que é e para que serve esse mecanismo é considerado como um dos fatores de maior importância para se obter fotos diferenciadas e criativas, mantendo, ainda, um elevado padrão de qualidade nas imagens capturadas.
A seguir, vamos conhecer um pouco mais a fundo sobre essa importante ferramenta e suas variações, apreciando a sua utilização no dia a dia fotográfico.

O QUE É ABERTURA DA LENTE?

Imprescindível aos fotógrafos que querem registrar fotos com criatividade, abertura da lente de câmeras é o controle dos parâmetros fotográficos que causa efeito sobre a profundidade observada no campo da imagem que está sendo registrada.
Determinando a quantidade de luz que vai da lente até o sensor, o tamanho da abertura está totalmente relacionado com essa trajetória sendo que o ajuste é feito através de um diafragma, que se encontra situado no meio da lente.
O tamanho desta abertura pode variar de acordo com o modelo da lente utilizada pelo profissional da fotografia. Sua representação é dada pela letra f, que sempre tem um numeral em sua sequência.

TAMANHO DA ABERTURA DA LENTE “F”

f expressa, com exatidão, o tamanho da abertura da lente em relação a sua distância focal. Vamos ver um simples exemplo: Uma lente com indicação f/2 determina que o diâmetro da abertura da lente utilizada seja o mesmo que a distância dividida por dois.
Apesar de um pouco complicado de se entender, a princípio, já que são grandezas inversamente proporcionais, os números f seguem a regra básica de que, quanto menor o número apresentado na indicação, maior será a abertura da lente, sendo que o contrário, ou seja, quanto maior o f for, menor será a abertura, é verdadeiro.
Vale ressaltar que em aberturas consideradas como grandes, por exemplo, em uma lente f/1.8, uma maior quantidade de luz consegue atingir o sensor, enquanto que, numa f/16, que é uma abertura bem menor do que a primeira citada, essa luz alcança o sensor em menor quantidade.

ABERTURA MÁXIMA DA LENTE

Outro fator importantíssimo para os fotógrafos é a luminosidade, ou abertura máxima da lente, que também é indicada através da letra “f”.

ALGUMAS MÁXIMAS:

A maior abertura registrada é de f/1.0-1.2, podendo ser alcançada apenas em lentes de distância focal de 50 mm a 85 mm fixas;
As super Lentes Telefotos de distância focal fixa conseguem alcançar abertura máxima de f/2.0;
As lentes zoom, normalmente, utilizam a máxima de f/2.8.
É necessário adequar, portanto, o uso das lentes, conhecendo suas especificações e máximas primeiramente, a situação em que o fotógrafo precisa fotografar, para obter um bom resultado final, usando a capacidade de sua lente e todas suas variações a seu favor.

EFEITO NA PROFUNDIDADE DE CAMPO

A abertura da lente afeta, diretamente, na quantidade de luz que chega até o sensor na hora da foto, porém, não modifica apenas isto, visto que a profundidade de campo, registrada na imagem, também está completamente ligada a este fator.
Observe, mais uma vez, a esta regra, também inversamente proporcional: Quanto menor a abertura da lente, maior será a profundidade de campo alcançada na fotografia enquanto que, quanto maior a abertura, menor será esta profundidade, ainda que numa mesma paisagem.
Vale lembrar, ainda, que a distância focal também é responsável pela modificação da profundidade de campo, sendo que, para pontos de foco que estejam próximos a câmera, esta capacidade será visivelmente reduzida.

Sem comentários:

Enviar um comentário